Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Banco Central alerta sobre golpes financeiros – saiba quais são os mais comuns

Saiba quais são os golpes financeiros mais comuns aplicados na atualidade, conforme informações do Banco Central do Brasil. Veja mais!

Banco Central alerta contra golpes financeiros 

O Banco Central, por meio de seu site oficial, alerta a pessoa física ou jurídica para possíveis golpes. O BC ressalta que caso você receba uma comunicação do Banco Central e tenha dúvidas sobre a sua veracidade, é possível confirmá-la em um dos seus canais de atendimento: telefone 145 ou Fale Conosco (disponível no site oficial).

É importante que fique atento às principais modalidades de golpe no mercado e tome os cuidados sugeridos pelo Banco Central (BC). Confira algumas desses golpes:

Pedido de pagamento inicial para liberar empréstimo

Conforme informa o BC, o golpista diz que trabalha em um banco ou financeira e oferece empréstimo com taxa de juros muito baixa ou outra condição especial. Para ter acesso ao crédito, você tem que pagar um valor antecipado (depósitos, transferências, Pix, etc).

Pedido de dinheiro por aplicativo de mensagem

O aplicativo de mensagem (whatsapp ou telegram, por exemplo) de um amigo ou familiar é clonado e o golpista envia mensagens para você pedindo que transfira ou faça um Pix de um valor para conta de outra pessoa. Esse golpe é bastante comum, fique atento!

SMS, e-mail ou ligação pedindo atualização cadastral

Você recebe mensagem falsa de banco ou instituição financeira pedindo para atualizar seu cadastro. A mensagem possui um link que leva para uma página falsa da instituição na internet. Nesse momento, o golpista consegue clonar sua conta e transfere valores da sua conta para conta de outras pessoas, usando Pix ou outro tipo de transferência, informa o Banco Central.

Compras pela internet

O golpista possui loja virtual “de fachada” e oferece produtos e serviços em condições super vantajosas. Outro tipo de golpe é um falso leiloeiro que faz leilão de produtos a preços muito abaixo do mercado. Nesses casos, você faz a transferência para o falso vendedor ou leiloeiro e não recebe os produtos como prometido. Confirme o site da loja para evitar esse golpe, alerta o BC.

Compras feitas com cartão de crédito que você não possui

O golpista emite um cartão de crédito em seu nome sem sua autorização e o utiliza para realizar compras não autorizadas por você.

Pagamento de taxa sobre cheques sem fundos antigos

Você recebe ligação de uma empresa de cobrança dizendo que existe uma dívida de cheque sem fundo emitido por você há muito tempo. A empresa diz que está cobrando o valor em nome do Banco Central do Brasil. Cuidado com esse tipo de contato!

Cartão clonado para entrega a motoboy

Você recebe ligação do golpista falando em nome de um banco que informa que seu cartão de crédito foi clonado e que o motoboy do banco vai buscar o cartão clonado em sua residência e que você deve entregá-lo junto com a senha, para que ele seja cancelado. O cartão então é usado para compras e saques sem sua autorização.

Máquina de cartão adulterada

Estabelecimento comercial utiliza máquina de cartão adulterada que rouba dados e senha de seu cartão quando você vai pagar a conta.

Golpista prestativo na agência

O golpista percebe que você está com alguma dificuldade no caixa eletrônico e oferece ajuda. Nesse momento, ele troca o seu cartão por um falso e decora a senha que você digitou no terminal, informa o BC em seu site oficial.

Todos os golpes podem utilizar ou não o nome do Banco Central, por isso, sempre se atente e confirme informações antes de realizar transações financeiras. Essas (e outras) informações sobre os golpes estão disponíveis no site oficial do Banco Central.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.