Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Emergencial: veja quem recebe 5ª parcela nesta terça, 24

De acordo com o calendário oficial do Auxílio Emergencial, mais dois grupos recebem a quinta parcela do benefício nesta quarta, 24

Mais dois grupos de trabalhadores recebem nesta terça-feira (24) a quinta parcela do Auxílio Emergencial do Governo Federal. De acordo com o calendário oficial do programa, agora é a vez dos informais que nasceram no mês de maio. Além deles, os usuários do Bolsa Família que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) terminando em 5 também irão pegar o dinheiro.

No caso dos informais, esse pagamento vai acontecer de maneira digital. Isso quer dizer portanto que eles irão poder movimentar a quantia apenas pela internet. Para fazer isso, eles irão ter que usar dispositivos como o aplicativo Caixa Tem ou mesmo o Internet Banking.

De acordo com as informações da própria Caixa Econômica Federal, neste primeiro momento, esses brasileiros podem fazer uma série de movimentações. Entre elas, podemos citar o pagamento de boletos ou mesmo a realização de compras online e presenciais. Neste segundo caso, no entanto, é preciso verificar os estabelecimentos que aceitam esse dinheiro.

De qualquer forma, as pessoas que nasceram no mês de maio poderão sacar essa quantia em breve. De acordo com o calendário oficial do programa, isso vai poder acontecer a partir do próximo dia 9 de setembro. Nesta data os indivíduos deste grupo poderão portanto retirar esse montante em caixas eletrônicos.

Essa regra não vale para os usuários do Bolsa Família. Os indivíduos que possuem o NIS terminando em 5 poderão retirar o dinheiro no exato dia da liberação. Isso quer dizer portanto que eles podem pegar essa quantia em espécie a partir de agora. Segue sendo a mesma regra que eles seguiam no programa original.

Auxílio Emergencial

O Governo Federal começou os pagamentos do Auxílio Emergencial ainda no ano passado. O objetivo era atender os informais que estavam em situação de dificuldade financeira nesta pandemia do novo coronavírus no Brasil.

Naquele primeiro momento, o programa se estendeu até o último mês de dezembro. E depois de três meses de cancelamento, eles decidiram retomar os repasses ainda em abril. De lá para cá, o Planalto realizou mais quatro liberações de valores que variam entre R$ 150 e R$ 375.

Agora, o Governo começou a pagar as parcelas da prorrogação do benefício. Nesta semana, por exemplo, eles estão seguindo com os repasses do quinto ciclo do programa. A expectativa é que o projeto siga até, pelo menos, o próximo mês de outubro.

Nova prorrogação?

O Governo Federal ainda não descartou a possibilidade de uma nova prorrogação no Auxílio Emergencial. De acordo com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, isso pode acontecer a depender da evolução da pandemia do novo coronavírus no Brasil.

Então se a situação pandêmica piorar, há sim a chance de prorrogação do programa por mais alguns meses. E isso poderia acabar mexendo mais uma vez com o calendário do novo Bolsa Família, que deve começar em novembro.

De acordo com o Ministério da Cidadania, o Auxílio Emergencial atende hoje algo em torno de 37 milhões de brasileiros. Isso inclui cerca de 27 milhões de informais e 10 milhões de usuários do Bolsa Família.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.