Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Emergencial: entenda o que é o “bloqueio definitivo”

De acordo com o Dataprev, muita gente está tendo o bloqueio definitivo do Auxílio Emergencial. Entenda o que seria isso

O Governo Federal está seguindo normalmente com a sua política de reanálises das contas do Auxílio Emergencial. Com isso, é natural que mais bloqueios aconteçam no programa. De acordo com o Ministério da Cidadania, muitos desses cancelamentos são definitivos, e isso muda toda a história para quem recebe. É importante entender isso.

De acordo com o Dataprev, essa situação define se o cidadão pode ou não contestar o resultado da negativa. Na prática, se o trabalhador tiver um bloqueio definitivo, ele não vai poder questionar o resultado. Essa é a regra. É por isso que é muito importante prestar atenção nesses termos.

Nas redes sociais, muita gente está reclamando justamente deste ponto. São trabalhadores que dizem que passaram por um bloqueio e que não tiveram a oportunidade de contestar o resultado. De acordo com essas pessoas, o próprio site da consulta do Auxílio não dá a opção de contestação. O botão para isso, sequer aparece na tela. Muita gente não sabe o que fazer.

De acordo com o Dataprev, isso acontece justamente nos casos dos bloqueios definitivos. Significa dizer portanto que o motivo para o cancelamento foi tão claro que nada que o trabalhador possa fazer vai mudar a visão do órgão. Dessa forma, eles afirmam que nem adiantaria pedir uma revisão do benefício. Eles não irão mudar.

Isso, no entanto, está causando muita confusão entre os beneficiários. Muitos deles, por exemplo, estão dizendo que o Dataprev estaria se apoiando em justificativas irreais para cancelar os benefícios. Eles estão cobrando uma resposta do órgão para esta situação. No entanto, não há previsão de mudanças neste sentido. Pelo menos não até agora.

Bloqueios

De acordo com as informações oficiais, mais de 2 milhões de brasileiros tiveram bloqueios nos seus benefícios desde o inícios dos pagamentos do Auxílio Emergencial. Vale lembrar que o Governo Federal começou estes repasses ainda no último mês de abril.

Boa parte desses cancelamentos aconteceu depois de análises do Dataprev. Este é o órgão que fiscaliza as contas de todos os 37 milhões de beneficiários do programa. E eles fazem isso com certa regularidade. Eles olham essas informações todos os meses.

Uma outra parte desses bloqueios aconteceu por causa da Controladoria Geral da União (CGU). A maioria dos cancelamentos para este grupo aconteceram ainda no último mês de junho. Foram mais de 600 mil cortes. Todos de uma só vez.

Explicações para cancelamentos no Auxílio

Ainda na última sexta-feira (24), o Senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), disse que enviou um ofício para o Ministério da Cidadania. Neste documento, ele pede esclarecimentos sobre esses bloqueios no Auxílio.

Entre outras coisas, ele quer saber o motivo dos cancelamentos e a quantidade de pessoas que perderam o benefício por estado. O parlamentar disse que decidiu fazer isso depois de receber uma série de reclamações de eleitores do seu estado. O Governo Federal ainda não respondeu essas perguntas. Pelo menos não até a publicação desta matéria.

Enquanto o Ministério não responde a este ofício, o Auxílio Emergencial segue realizando os seus pagamentos. Nesta semana, aliás, o Governo Federal está seguindo com os repasses para pessoas que estão em situação de vulnerabilidade.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
17 Comentários
  1. Cláudio Nantes de Araujo Diz

    Meu auxílio foi broqueado constaria de saber por qual motivo pós me encontro dese dês de 2016

  2. Andréia Batista arnaud amaral Diz

    O meu diz q tenho emprego formal mas nem estou trabalhando?

  3. Rosalina moreira Lima Diz

    Meu auxílio foi cancelado e tem o botão de contestação mais não carrega ja fiz de tudo e nada de carregar

  4. Janaína Gomes Diz

    Não tive direito pois diz que estou trabalhando de carteira assinada,sendo que não estou e não tem a opção de contratação e outra nem fizeram uma terceira análise como foi feito em alguns casos um absurdo.

  5. Genario da Silva nascimento Diz

    O meu fou bloqueado na teceria parcela

  6. Gilberto de Jesus Gomes Gomes Diz

    Bom dia eu já desisti do auxílio emergencial fui cancelada alegando que estou inelegível , na verdade isso tudo é uma propaganda do governo incompetente desse cidadão que se denomina presidente da República.

  7. Maria Regina Camilo Diz

    Fui bloqueada mas ali sou aprovada o que aconteceu não tem onde nós explicar o pq fomos bloqueado não trabalho desde novembro março peguei covid fiquei até abril no hospital.nao tenho registro não pago INSS não tenho imposto de renda tenho filha menor que depende de mim agora pelas sequelas do covid vou passar por cirurgia meu deus isso é um direito nosso ..aí dão esse valor a pessoas que não precisam ..

  8. Simone Aparecida lima Tavares Diz

    Infelizmente quando eu abro pra tentar fazer .Á contestação nem aparece o botão.E não consegui contestar,É um absurdo porque eu não estou recebendo nenhum outro tipo de benefício E ainda continuo desempregada.Gostaria que eles.dê um outro prazo para a Contestação.

  9. Reginaldo Adriano Delecrodi Diz

    Eu só gostaria de saber porq o meu auxílio foi cancelado ? Diz eles q eu tenho emprego formal só se for o presidente porq eu não tenho não trabalho registrado não e porq eu não consigo contestar aparece a msg assim o praço se espirou m manda uma resposta ok

  10. Isabel cristina paiva de farias Diz

    Também tive meu auxílio bloqueado estou desempregada é eles alega que eu recebo meio salário mínimo pelo contrário eu recebo ajuda de parentes

  11. MARIA MAGNA VANGELA BEZERRA GARCIA Diz

    O.meu. foi.bloqueado na terceira parcela alegando q tava com restrições na Receita,ja fiz essa regularização esta tudo ok peranta.a receita e mesmo assim continuo s receber,e nao consigo contestar.

  12. Sem auxílio injustamente Diz

    Eu sou uma pessoa que perdi meu auxílio emergencial injustamente……continuo sendo mãe que mora e cuida sozinha de uma filha de 07 anos….desempregada sem nenhuma ajuda…estamos vivendo de doações…..a casa que eu moro é alugada nem minha que não é….estamos morando de favor…..qualquer hora e qualquer dia minha casa está de portas abertas e minha vida financeira nos bancos está aberta pra quem quiser olhar…..da uma olhada e vão ver o quanto eu preciso desse auxílio…..o pior de tudo que se bloqueou o auxilio o bolsa família também vai ser bloquafo né…..passei 07 anos tentando esse beneficio e nunca tinha conseguido….em junho do ano passado eu fiz a inscrição novamente…levou 09 meses pra eu conseguir o bolsa família, em março 2021eu recebi a primeira parcela valor 180,00….em abril voltei a receber o auxílio emergencial …..recebi abril e maio de 2021 …junho foi bloquado e não consegui fazer contestação……euso queria saber ……baseado em quê o meu auxílio foi bloqueado……

  13. Wilmara Terezinha Chacarski Diz

    Eu mesma tive meu auxílio cancelado na terceira parcela de 2020. Disseram que constou que sou funcionário público na ativa.
    O que não é verdade.
    Não consegui contestar de forma alguma. Nem botão de contestação apareceu.
    Eu moro sozinha, sem casa própria e estou desempregada, faço faxinas para me defender.
    Sem renda fixa, fui despejada e não tenho direito ao auxílio?

  14. Valdomiro Rodrigues Diz

    Sou mais um injustiçado… queria apenas uma explicação pq fui bloqueado do auxílio emergencial que eu tenho direito …… DESEMPREGADO

  15. Herculano Lopes Soares Diz

    A resposta que eu muitos que tiveram o auxílio emergêncial bloqueados, não vamos dar para a Dataprev e nem pra CGU, nós vamos dar nas próximas eleições, Bolsonaro e a sua cúpula vão perder é feio, nunca mais ele vai pensar em se candidatar a Presidência da República, se aceitação por ele já está baixa imagine com isso, eu mesmo não voto mais nele de jeito nenhum.

  16. Taisa De Cacia Fadel Diz

    Aí tá escrito q fui 🚫 por causa do salário q passou de meio salário mínimo

  17. Taisa De Cacia Fadel Diz

    Só q qdo eu acesso o dataprev a palavra contestação aparece aí eu aperto o botão e não abre

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.