Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio emergencial: CAIXA fará somente mais um pagamento nesta semana

A Caixa Econômica Federal vai liberar mais um pagamento do auxílio emergencial nesta semana, conforme prevê o calendário de pagamentos do benefício. Segundo o banco, os valores vão variar de R$150 a R$375, de acordo com o perfil de cada beneficiário..

Os beneficiados desta semana são os nascidos em abril e maio. Quem nasceu neste mês recebe hoje (13). Já quem nasceu em maio receberá quinta (15).

Eles receberão o pagamento por meio de conta poupança e poderão movimentar os recursos digitalmente. Os saques em espécie serão liberados somente em maio.

Veja o calendário de depósitos do auxílio emergencial 2021 do mês de abril:

  • 06 de abril: Nascidos em janeiro
  • 09 de abril: Nascidos em fevereiro
  • 11 de abril: Nascidos em março
  • 13 de abril: Nascidos em abril
  • 15 de abril: Nascidos em maio – Liberação sexta-feira
  • 18 de abril: Nascidos em junho
  • 20 de abril: Nascidos em julho
  • 22 de abril: Nascidos em agosto
  • 25 de abril: Nascidos em setembro
  • 27 de abril: Nascidos em outubro
  • 29 de abril: Nascidos em novembro
  • 30 de abril: Nascidos em dezembro

Ao todo, o benefício será pago para 45 milhões de trabalhadores. O custo, para isso, é de R$ 44 bilhões. Todo o montante será direcionado para o brasileiro vulnerável, para quem está passando dificuldade.

O valor pago será de R$250 para casais com ou sem filhos. Já o valor de R$150 será para quem reside sozinho (família unipessoal). Por fim, receberá o maior valor, de R$375, mulheres chefes de família (famílias monoparentais).

Consulta auxílio emergencial 2021

O Governo Federal liberou na última sexta-feira a consulta do auxílio emergencial 2021. De acordo com informações do Ministério da Cidadania, ao acessar o portal, o trabalhador já pode ter ciência, se terá ou não direito ao valor do auxílio emergencial.

A consulta será bastante fácil e simples. Para isso, basta que o cidadão acesse o site e informe o CPF, nome completo, data de nascimento e nome da mãe.

É importante destacar que mesmo sendo aprovado para receber a primeira parcela, o governo federal poderá cortar o benefício depois. Acontece que o governo federal revisará, mensalmente, todos os cadastros aprovados antes de realizar um novo pagamento, para garantir que o dinheiro não seja recebido por quem não se encaixa nas regras previstas em lei.

Veja também: Consulta Dataprev auxilio emergencial 2021

Participe: Grupo Facebook para tirar dúvidas e últimas notícias sobre Auxilio Emergencial

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.