Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4/5 - (59 votes)

Auxílio emergencial 2021 volta com os pagamentos para ESTE grupo

O benefício será destinado aos cidadãos que tiveram sua contestação aprovada acerca do pagamento da sétima e última parcela do programa.

O Ministério da Cidadania anunciou por meio da Secretaria Nacional do Cadastro Único (SECAD), que um novo lote do Auxílio Emergencial será liberado. Os contemplados terão acesso aos recursos a partir do dia 3 de dezembro.

Veja também: Auxílio de R$1.200 NACIONAL vai começar pagamentos; veja quem pode

O benefício será destinado aos cidadãos que tiveram sua contestação aprovada acerca do pagamento da sétima e última parcela do programa. Sendo assim, os beneficiários receberão valores retroativos do auxílio emergencial.

Segundo a SECAD, mais de 20 mil segurados que realizaram o pedido de contestação tiveram os seus dados analisados. Desse total, apenas 11.279 foram considerados elegíveis para o recebimento das parcelas retroativas.

Vale ressaltar que após o processamento desse novo lote, não haverá mais possibilidade de contestação do benefício. A Dataprev já liberou as consultas para os cidadãos verificarem a sua situação com relação a este pagamento.

Para isso, basta acessar o site Consulta Auxílio Emergencial, informando o número do CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento. Mesmo com o encerramento do programa, as informações continuam disponíveis.

O Auxílio Emergencial será prorrogado?

Vale salientar que para tornar a prorrogação do coronavoucher possível algumas expectativas do Governo Federal precisam ser anuladas, a destacar a aprovação da PEC dos Precatórios. A medida visa criar espaço no Orçamento da União de 2022 liberando recursos para o financiamento do Auxílio Brasil.

O novo programa social está substituindo o Bolsa Família. Com o dinheiro dos precatórios será possível que o presidente da república, Jair Bolsonaro, cumpra sua promessa de viabilizar mensalidades médias no valor de R$ 400 para cerca de 17 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade.

Diante disso, somente se os planos para o Auxílio Brasil derem errado, o Governo deverá editar uma nova Medida Provisória para liberar mais uma rodada do Auxílio Emergencial. Todavia, apoiadores de Bolsonaro pressionam o chefe do Executivo a conceder uma nova prorrogação.

Isso porque, 2022 é ano eleitoral e o presidente da república pode ser mal visto considerando as mais de 20 milhões de pessoas desamparadas economicamente. Contudo, para saber mais sobre esse caso é preciso estar atendo as informações das próximas semanas.

4/5 - (59 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

25 Comentários
  1. Solange Diz

    Queridos, ao invés de reclamar, vão atrás de solução! Entre no cadastro único e faça tudo certinho pra receberem o auxílio Brasil! Demora um pouco mais sai! Deus abençoe nossas famílias e nossa nação 🙏🇧🇷❣️

  2. Jnetto Ribeiro Diz

    Vai tnc Brasil e seu corruptos fdp várias pessoas passando fome na merda desse país, e vcs aí seus corruptos comendo caviar vão se f…..

  3. LEONIDA ALMEIDA Diz

    Está bem difícil : desempregado há 4 anos, 62 anos de idade, não aposentado, moro com minha esposa de um casamento de 40 anos, tbm desempregada, não temos nenhuma renda, só ajudas de parentes. E agora?
    A pandemia ainda tá aí.
    Deveriam nos cadastrar no Cadunico automaticamente……. já viram a desgraça que vcs causaram com as filas nos CRAS para cadastramento ? Não é justo fazer isso com o seu tbm ELEITOR.
    TÔ COM FOME e sem dinheiro pra comprar, sem falar nos novos preços nos mercados. Mas pra vcs isso pouco importa…..vcs estão bem…. parabéns

  4. Carmen Lucia Dos Santos Pinto Diz

    Eu estou desempregada dês do início 2020 faço alguns bicos, fui cortada do auxílio porque falei a verdade não pus mentira no meu cadastro, meu filho mora na minha casa tem família 2 filhas, estava trabalhando de carteira assinada, por isso não tive mais direito, era assalariado, foi demitido, agora como que se faz ele não me sustentava,. Fiquei muito triste com isso tudo, não recebo nada do governo,

  5. Patricia da Silva Moreira Diz

    Estou com cinco parcelas bloqueadas, até agora não me falam nada. Estou desempregada, cheguei a receber as duas primeiras parcelas eles alegam que meu filho trabalha, só que ele é casado, tem a família dele,o CPF dele entrou em meu cadastro,pois sou mãe solteira.

  6. Beatriz Lírio Diz

    Continuo recebendo 149,00 e só. E sou mãe solo.

  7. Marlucia Arruda Diz

    Eu acho uma pouca vergonha, esse auxílio emergencial, conheço pessoas casadas que receberam os dois e todos trabalhando. E disseram que só podia receber um em cada casa, estou desempregada já fez três anos e não tive direito, a dataprev analizou o meu cadastro e informou que Eu não me encaixava pra receber, só não sei que analise foi essa, estou quase passando fome vivendo de favor, porque não sou casada, e não estou trabalhando.

  8. Jeová Diz

    Trabalhar ninguém que agora fazer filho pra pegar 150 reais as pessoas querem v
    VAGABUNDOS

  9. MÔNICA Diz

    Tenho 65 anos, sou cardíaca, tenho doença crônica e autoimune, moro numa ocupação, não recebo nenhum benefício do governo, vivo com 300,00 de ajuda de um parente e fui cortada da 7a parcela. Por morar sozinha, recebia 150,00 e era uma ajuda. Cada dia mais o governo diminui os grupos que julga merecer assistência. Cada um que “se vire nos 30” para sobreviver. Por isso, nem Lula e nem Bolsonaro ! Eu quero trabalhar? Algum empresário quer me contratar? Ou pratica o preconceito do Etarismo ? Isso pode, né?

  10. Izabel candida de Almeida lima Diz

    Engraçado ñ sou carteira assinada tenho filhos e ñ tenho direito no auxílio Brasil fui operada 2vez esse ano to maio apanhada pois na. Do INSS consegui nada

  11. Rosiene martinho da silva magalhaes Diz

    Sou mae solteira viuva e nao recebi como tal recebi só 250 de auxilio e agora nao to recebendo é nada

  12. BiduBilli Diz

    Sou vagabundo também quero mamar na teta do governo como fasso para receber auxílio

  13. Sonia Diz

    Engraçado eles liberam esse auxilio brasil.mas nao liberam o auxilio emergencial ,sem contar que tem muita gente que nao precisa .com casa propia o marido trabalha ganha bem vivi ate que uma vida estavel.conheço muitas assim.e ainda tem esse beneficio liberado.agora pra nos que nao recebemos bolsa familia e nem o bolsa brasil.nenhum beneficio eles nao querem pagar .agora pergunto isso é justo?

  14. Kedma Diz

    A promessa dos 400 não foi comprida pois o meu valor veio igual ao mês passado ,além de ter diminuído o valor! Esse povo me inoja e votarei tudo nulo na prova eleição porque ninguém merece !

  15. Janaina Diz

    Sou mãe solteira e recebi só 150 não recebo pensão do pai da minha filha e nem um dos programas sociais foram aprovados pra mim sendo que minha bebê tem alguns problemas de saúde que tem direito até ao bpc e msm assim não aprovam nada pra gente ,agora que tiraram o auxílio emergêncial está mais complicado que nunca cuidar dela sem ter as coisas

  16. Mariana Diz

    Tbm queria receber pois tenho dois filhos pequenos e o pai foi embora cuido deles sozinha

  17. Juliana aparecida Borges Diz

    Sou mãe solteira tenho duas filhas que depende de mim meu benefício era 82 agora foi pra 130 estou desempregada tá difícil de mais com o auxílio eu compro o gás e o resto tô me virando do jeito que posso . faço um biquinho quando aparece só pra não faltar o básico o arroz e o feijão.

  18. Juliet Diz

    Eu acho tanta hipocrisia do governo jair Bolsonaro dizer q não vivemos um estado calamidade com tanta gente passando fome e necessidade…pra ele q vive no mundinho de rico dele é fácil falar qro ver ele viver e passar pela situação q os brasileiros estão passando aí sim ele pode dar a opinião hipócrita dele sai da zona de conforto e vive a realidade depois ele pode fala a vontade.

  19. Valdelia Diz

    Porque o meu auxílio tá vindo 198 se tao falando que iríamos receber 400?

  20. Val Diz

    Governo de vergonha,bloquearam milhares de mães solteiras e ainda falam de prorrogação.

  21. Wilgraziane da Silva Soares Diz

    Eu quero receber de novo pro favor tenho uma menina pequena pra cuidar

  22. Sheylla Diz

    O presidente deve pensar mesmo ,que ano que vem é eleição ,caso ele queira se candidatar ao cargo de presidente novamente ,já deveria ter autorizado a prorrogação do auxílio emergencial ainda este ano ,sem perder tempo.,pois a maioria dos eleitores está em situação venerável e caso tenho uma nova prorrogação ,ele deve pagar novembro e dezembro juntos ,pagamento único ao povo do auxílio emergencial ,essa é minha opinião

  23. Ivanildo De Andrade Silva Diz

    Sou autônomo, cadastro como MEI,em 2020 recebi normalmente, só que em 2021 me excluíram alegando que minha renda era superior ao valor que é exigido pelo governo, só que eu não tenho uma renda definida pois sou autônomo,tentei fazer a contestação mais não consegui e desde então não tive mais direito ao auxílio.

  24. Marineide Gomes da Silva Diz

    Quero saber se tenho direito a receber.meu.auxilio

  25. Osana Diz

    Que não fez o cadastro e pode fazer a primeira vez para poder receber a primeira vez nunca pegou antes pode pegar agora fazer o novo cadastro?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.