Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.8/5 - (9 votes)

Auxílio emergencial 2021: veja quando começa a 7ª parcela do benefício

De acordo com o calendário oficial do Auxílio Emergencial, Governo Federal já tem data para começar a pagar 7ª parcela

O Governo Federal conclui na última semana o calendário de pagamentos da 6ª parcela do Auxílio Emergencial. E o fato é que os usuários do programa já querem saber se falta muito tempo para o início dos repasses do próximo ciclo. De acordo com as informações oficiais, já há uma data para isso.

Veja também: Auxílio Brasil vai ser pago quando? Saiba quem receberá o benefício

Segundo o calendário do Auxílio Emergencial, a 7ª parcela vai começar a ser paga oficialmente no próximo dia 18 de outubro. Vai ser exatamente nesta data que os usuários do Bolsa Família poderão pegar esse dinheiro. Neste primeiro momento, nós estamos falando especificamente daqueles que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) terminando em 1.

Já para os informais, os pagamentos da 7ª parcela devem começar no dia 20 de outubro. Nesse dia, a liberação do dinheiro vai acontecer para aqueles que nasceram no mês de janeiro. Esse grupo inclui as pessoas que se inscreveram no Auxílio Emergencial através do site oficial ou aqueles que fazem parte do Cadúnico mas que não estão no Bolsa Família.

De acordo com as informações oficiais, o Governo Federal quer fazer os pagamentos para todos os grupos entre os dias 18 e 31 de outubro. Isso quer dizer portanto que todas as pessoas que fazem parte do programa receberão o dinheiro da 7ª parcela dentro deste intervalo de tempo.

Segundo dados do próprio Ministério da Cidadania, o Auxílio Emergencial atende atualmente algo em torno de 35 milhões de pessoas no Brasil. Esse número chegou a ser maior em abril, quando o projeto chegava no bolso de algo em torno de 39 milhões. E a quantidade de beneficiários deverá seguir caindo.

Liberação digital

Vale lembrar que essas datas consideram apenas os dias das liberações digitais para esses grupos. Então nessas ocasiões, o Governo vai fazer o depósito digital nas contas dessas pessoas. No entanto, apenas uma parte delas vai poder sacar o benefício.

Ao contrário dos usuários do Bolsa Família, os informais recebem primeiro a quantia digital. Somente alguns dias depois é que eles conseguem o direito de sacar o benefício também. A liberação dos saques da 7ª parcela deverá acontecer entre os dias 1 e 19 de novembro.

Para os usuários do Bolsa Família, essa regra não existe. De acordo com as normas gerais do Auxílio Emergencial, eles podem optar por sacar o dinheiro desde o dia da liberação digital. É assim que funciona desde o início dos pagamentos, ainda no ano passado.

Prorrogação do Auxílio

Em tese, o que se sabe é que essa 7ª parcela do Auxílio Emergencial é a última. A ideia inicial do Governo era pagar o projeto até julho. Só que com a piora na situação da pandemia, eles decidiram esticar o benefício justamente até este mês de outubro.

Esse prazo está acabando. No entanto, de acordo com informações de bastidores, é provável que o Governo Federal esteja neste momento encomendando uma nova prorrogação do benefício. Uma confirmação sobre esse assunto deverá sair em breve.

Isso, no entanto, não muda os planos do Governo Federal de iniciar os pagamentos do Auxílio Brasil em novembro. O programa, que deverá substituir o Bolsa Família, deverá passar por uma série de modificações que começarão a valer a partir do próximo mês.

3.8/5 - (9 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.