Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.3/5 - (9 votes)

Auxílio Brasil: não existe prazo de entrada após inscrição no Cadúnico

De acordo com o Ministério da Cidadania, não existe um prazo de entrada no Auxílio Brasil para quem se inscrever no Cadúnico

O Governo Federal concluiu há duas semanas os pagamentos da quarta rodada do Auxílio Brasil. De acordo com as informações oficiais, mais de 18 milhões de pessoas receberam o benefício nos últimos dias. Para o mês de março, não foi disponibilizado, ainda, o número total de beneficiários.

Nas redes sociais, é possível perceber que existem muitas dúvidas acerca do programa em questão. A mais comum delas é sobre o processo de inscrição no Cadúnico e o prazo que se leva para entrar no benefício. O fato, no entanto, é que essa é uma pergunta que não tem uma resposta única para todo mundo.

Em primeiro lugar, é preciso deixar claro que as pessoas que possuem um cadastro no Cadúnico não estão automaticamente garantidas no Auxílio Brasil. Milhões de cidadãos que estão nesta lista não recebem o benefício por diversos motivos. O principal deles é o fato de a renda per capita ultrapassar o limite exigido.

Mas mesmo que você entre no Cadúnico e obedeça todas as regras básicas do projeto, é preciso esperar mais um pouco. Não há um prazo para entrada no Auxilio Brasil, e quem define isso é o Ministério da Cidadania. Essa é a pasta que vai definir se você vai entrar ou não no programa.

Muitos brasileiros  questionam se vão conseguir entrar no Auxílio Brasil após o cadastro no Cadúnico hoje. Essa é uma pergunta que não possui uma resposta exata porque cada pessoa tem a sua própria lógica. Tem gente que vai entrar rápido, tem gente que vai demorar para entrar e outros indivíduos nem mesmo irão conseguir fazer parte do benefício em algum momento.

Regra da fila de espera

O presidente Jair Bolsonaro vetou o dispositivo que obrigava o Governo Federal a acabar com a fila de espera para o programa. Caso esse dispositivo estivesse valendo, o Governo Federal seria obrigado a inserir todo mundo que entra no Cadúnico e obedece às demais regras de entrada . Assim, ninguém iria precisar ficar esperando por essa entrada.

De todo modo, o dispositivo não passou e agora o Governo Federal não tem obrigação legal de pagar esse benefício assim que as pessoas entram na fila de espera.

O Auxílio Brasil

Como dito, o Auxílio Brasil atendeu no último mês de fevereiro mais de 18 milhões de pessoas. Esse número é 3,5 milhões maior do que se viu no final do ano passado, no antigo Bolsa Família, segundo dados oficiais.

De acordo com o Governo Federal, a ideia central do Auxílio Brasil é justamente ajudar as pessoas que estão passando por uma situação de vulnerabilidade social neste momento. A tendência é que o número de usuários suba.

Mas ainda não há uma confirmação oficial acerca do assunto. O Governo Federal deverá fazer um anúncio sobre o tema nos próximos dias. Os pagamentos da próxima rodada do Auxílio Brasil começam dia 18 de março.

4.3/5 - (9 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

3 Comentários
  1. NEUZA MARIA Diz

    Eu moro sozinha estou desempregada e não aprovaram meu auxílio disse q eu tenho uma pessoa da família q recebe bolsa família eu gostaria de saber quem se eu moro sozinha

  2. Darlene Diz

    Preciso de ajuda pix darlenrbar31@gmail.com …. Obrigada

  3. Paulo Diz

    Bom dia é e tem gente que trabalha ganha um bom salário e está recebendo o auxílio Brasil e muitos pais assim como eu que criam seus filhos sozinhos até hoje nem o retroativo de 2020 receberam ainda e o governo não fala nada sobre esse assunto até parece que foi esquecido

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.