Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.9/5 - (9 votes)

Auxílio Brasil: Veja como ser aprovado para receber a parcela de R$600 com ESTES passos

Desde que os pagamentos ampliados do Auxílio Brasil foram anunciados, muitas pessoas passaram a se interessar pelo programa. Através da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) n° 1/2022, o valor do benefício mínimo foi elevado para R$ 600.

Desde que os pagamentos ampliados do Auxílio Brasil foram anunciados, muitas pessoas passaram a se interessar pelo programa. Através da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) n° 1/2022, o valor do benefício mínimo foi elevado para R$ 600.

Nesta perspectiva, é importante informar que não há inscrição direta para participar do Auxílio Brasil. As famílias são selecionadas por meio do Cadastro Único (CadÚnico), sistema de dados utilizado pelo Governo Federal.

Com a aprovação da PEC, também será possível incluir cerca de 2 milhões de novas famílias que já estão na fila de espera do programa social. Sendo assim, é necessário que as interessadas estejam inscritas no CadÚnico ou mantenham seus dados atualizados.

Atualmente, o Auxílio Brasil paga R$ 400 para 18,1 milhões de famílias. Contudo, a partir do próximo mês o benefício será de R$ 600 para mais de 20 milhões de famílias. Os novos contemplados do programa permanecerão independente do prazo de vigência da PEC.

Inscrição no Auxílio Brasil de R$ 600

Para receber o Auxílio Brasil de R$ 600 as famílias devem cumprir alguns requisitos, como:

  • Estar inscrita no Cadastro Único;
  • Possuir renda de até R$ 105,01 por pessoa da família para linha de extrema pobreza; ou
  • Possuir renda de até R$ 210,00 por pessoa da família para linha de pobreza.

Como ser aprovado no programa

Além das regras básicas para entrar no programa, o Ministério da Cidadania usa critérios de prioridade para atender as famílias. Os interessados devem seguir esses passos para buscar a aprovação no Auxílio Brasil:

  • Fazer a inscrição no Cadastro Único em uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município; ou
  • Atualizar os dados do Cadastro Único diretamente no CRAS, entregando documentos de renda, endereço e certidões de identificação dos membros da família;
  • Manter a frequência escolar das crianças e adolescentes;
  • Manter atualizados os cadastros em plataformas de reconhecimento social do município.

Em casos de dúvidas, é possível acessar o aplicativo do Cadastro Único e conferir se o cadastro está desatualizado. Caso a resposta seja sim, será necessário procurar um CRAS para regularização.

3.9/5 - (9 votes)
3 Comentários
  1. Anne Jully Moraes da Silva Diz

    Reativa meu bolsa família

  2. Nicola Abrilio Diz

    Muita informação aqui no Google são desencontradas,não confere com o que diz lá no plenário.
    Seria bom se postassem informações concretas e não informar com dúvidas os leitores Bem assim penso.

  3. José adrAdriano Ferreira dos Santos Diz

    Auxílio

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.