Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Aumente sua renda e fuja do desemprego

Veja dicas de como começar um negócio e aumentar sua renda.

Fuja do desemprego!

Aumente sua renda

Aumente sua renda (Pixabay)

Aqui você verá como algumas profissões estão sendo rapidamente substituídas e que a demanda por mão de obra com um conhecimento técnico tem aumentado rapidamente.

Segundo o Jornal Valor Econômico a taxa de desemprego no Brasil ficou em torno de 13,5% em 2020, sendo a maior desde 2012.

Segundo o IBGE este índice foi agravado pelo reflexo da crise econômica que se instalou no país, fruto das repercussões da pandemia do COVID-19.

Para fugir da crise do desemprego e aumentar sua renda, muitas pessoas recorrem a trabalhos informais.

Assim, a economia informal como modelo de negócios surge como estratégia de boa parte da população brasileira para o início do desenvolvimento de atividades laborais com o intuito de obter renda.

De acordo com estudos, há pelo menos três décadas as atividades econômicas que não são reportadas ao governo, também denominadas de economia informal, tem apresentado um acelerado crescimento no volume de recursos financeiros.

O Índice da Economia Subterrânea divulgado pela Fundação Getúlio Vargas, que compreende toda a produção de bens e serviços deliberadamente não reportada aos governos, menciona que a economia informal movimentou R$ 578 bilhões em 2009, o que representou cerca de 18,4% do PIB brasileiro.

Em 2014 atingiu um volume de R$ 826 bilhões, o que corresponde a 16,1% PIB brasileiro (ETCO, 2015), cerca de 60% maior que o índice de países desenvolvidos, onde o mesmo gira em torno de 10% do PIB.

Uma síntese do IBGE mostra que em 2020 o crescimento do trabalho informal foi ainda maior.

Diante deste cenário, o empreendedorismo tem atravessado uma fase de enorme atenção por ser o instrumento de variadas inovações e por contribuir para o crescimento econômico e para a geração de emprego e renda, tornando-se um dos elementos chave das políticas públicas em inúmeros países (DORNELAS, 2001).

Além disso, o empreendedor torna-se responsável por fomentar atitudes no universo dos negócios locais, visto que ele é o representante de pequenas e médias empresas e responsável pelas transformações econômicas da sua região, sendo em grande parte, um dos principais geradores de emprego (SANTESSO, 2012).

Veja algumas dicas para empreender com seu próprio negócio e aumentar sua renda.

1 – Faça algo que goste e te dê prazer

Claro que você sempre poderá fazer algo novo no mercado.

Mas, sem dúvida, fazer algo que goste e lhe dê prazer pode ser uma alternativa mais fácil num primeiro momento.

Comece pelo básico. Procure algo que você já saiba fazer.

Invista em cursos de aperfeiçoamento profissional. Existem muitas opções EAD no mercado. Sobre isso um confira um artigo bem legal que publicamos recentemente em nosso site.

2 – Planejamento

Planejar o seu negócio é muito importante para que você reduza riscos.

Já investindo aos poucos, faça um planejamento estratégico, tenha um capital de giro.

Com um bom planejamento o seu negócio terá muito mais chance de ser bem sucedido.

3 – Organização de espaço e tempo

Muitas pessoas estão trabalhando em casa nos últimos tempos. Principalmente depois da pandemia do novo COVID-19.

Se você optar por essa opção, separe um espaço exclusivo para você trabalhar, e encare o seu horário de trabalho com disciplina e responsabilidade.

4 – Trâmites legais

É claro que você pode iniciar de maneira informar, mas assim você perderá muitos benefícios que poderão lhe dar a chance de crescimento.

Portanto, busque conhecer os trâmites legais para se formalizar.

Ter um CNPJ te possibilitará a comprar de fornecedores atacadistas, por exemplo. Assim, você poderá comprar melhor, e vender melhor.

5 – Seja MEI

Para se formalizar, se a sua ideia é abrir um pequeno negócio, você pode ser MEI.

O MEI pode lhe trazer várias vantagens, e o valor recolhido de imposto mensalmente é bem acessível.

Confira no Portal do Empreendedor todas as informações.

Gostou das dicas?

Quando começar a empreender com sua próprio negócio e fizer sua renda extra venha aqui nos contar.

 

REFERÊNCIAS

DORNELLAS, José Carlos de Assis. Empreendorismo: transformando ideias em negócios. Rio de Janeiro: Elsevier, 2001.

ETCO – Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial. Índice de Economia Subterrânea. Disponível em: < http://www.etco.org.br/tag/indice-de-economia-subterranea/>.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.