Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Atualidades: o incêndio da cinemateca de São Paulo

O evento será abordado pelas suas provas

O incêndio da cinemateca de São Paulo: um resumo

No mês de julho de 2021, um incêndio atingiu a cinemateca de São Paulo, o maior acervo audiovisual da América Latina. 

O evento é extremamente recente e, dessa maneira, poderá ser abordado por questões de atualidades de diversas provas do país, com um destaque para o ENEM e para os vestibulares.

Assim, para que você se prepare de forma adequada para os seus exames, o artigo de hoje trouxe um resumo com tudo aquilo que você precisa saber sobre o incêndio. 

O incêndio da cinemateca de São Paulo: introdução

A cinemateca de São Paulo foi fundada no ano de 1940, com o objetivo de preservar produção audiovisual do Brasil e de desenvolver atividades que promovam, divulguem e restaurem o seu imenso acervo. 

O local abrigava mais de 250 mil rolos de filmes e mais de um milhão de documentos sobre diversos temas extremamente importantes. 

A cinemateca de São Paulo: como funcionava?

De maneira diferente do prédio que se localiza no bairro de Vila Mariana, que conta com salas de cinema, exposições e um museu, aquele da Vila Leopoldina não dava acesso ao público. Parte significativa dos documentos armazenados eram de propriedade da Embrafilme, compostos por arquivos em papel, equipamentos de filmagem antigos e cópias de filmes.

Devemos destacar que determinados itens possuíam mais de cem anos  de idade e seriam utilizados para a montagem de um museu que retrataria a história do cinema brasileiro.

O incêndio da cinemateca de São Paulo: o que aconteceu?

No dia 29 de julho de 2021, o prédio que fica na zona oeste da cidade de São Paulo pegou fogo e, com isso, praticamente tudo que se encontrava no interior do local foi destruído.

O incêndio começou por volta das 18:30 e, felizmente, não provocou vítimas: os poucos funcionários que se encontravam no prédio conseguiram sair sem ferimentos. 

Segundo a Secretaria de Cultura, o imóvel que abrigava a cinemateca havia passado recentemente por uma inspeção, na qual os seus sistemas teriam sido todos renovados

Uma investigação foi solicitada à Polícia Federal para tentar apurar as causas do incêndio.

O incêndio da cinemateca de São Paulo: histórico de incidentes

Porém, não foi a primeira vez que um incêndio atingiu a cinemateca. Na verdade, este é o terceiro incidente envolvendo o local e o segundo deste tipo. 

No ano de 2016, um incêndio de menores proporções atingiu o local e cerca de 500 obras foram destruídas.

No ano de 2020, por sua vez, o prédio foi atingido por uma enchente.

Após oito meses da instituição ter sido entregue ao governo federal, funcionários promoveram uma manifestação tentando mostrar a situação de abandono em que se encontrava a entidade. Porém, eles não obtiveram sucesso e nada foi feito para alterar a situação enfrentada pela cinemateca. 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.