Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Atualidades: Entenda o que é Balança Comercial

A diferença entre as exportações e importações de um país, economicamente falando, chama-se Balança Comercial. Estão inseridos na balança a compra e venda de todos os produtos, bens e serviços. 

Através dela consegue-se ter um panorama da situação econômica do país. Por exemplo, quando se há mais exportações, pode-se afirmar que a balança é positiva ou possui superávit comercial. 

Em contrapartida, se o país importar mais que exportar, compreende-se que a balança é negativa. Podendo receber o nome de déficit comercial. 

O termo poderá aparecer em provas de vestibulares de todo país, assim como no Enem. Por isso vale a pena ficar ligado, acompanhe!

Características da Balança Comercial

As primeiras ideias de que uma nação necessitava de uma balança comercial positiva acontecem no século XV. Quando o comércio entre Estados expande-se. 

Hoje em dia, um país ter uma balança positiva é relativo, por conta do ciclo econômico que o país atravessa. Por exemplo, quando uma nação encontra-se em expansão comercial, o déficit comercial ajudará a sustentar os preços internos baixos. 

Em contrapartida, o superávit em tempos de recessão e crise pode ser bom. Uma vez que aquecem o mercado interno, criando empregos, trazendo investimento estrangeiro e aumentando a produção. 

Os países desenvolvidos são caracterizados pela compra de produtos e venda de bens industrializados. Além disso, possuem tecnologia e conhecimento científico, mantendo quase sempre um superávit comercial. 

Todavia, os países em desenvolvimento enfrentam o processo reverso, pois eles exportam matéria prima e importa os produtos já industrializados. 

Nesse processo, ocorre o chamado aumento de valor agregado. Significa que o processo de transformação da indústria faz a matéria retornar mais cara do que quando ocorreu sua venda. 

Fatores Importantes

Muitos fatores podem influenciar a balança comercial, sobretudo:

  • O nível de renda da economia nacional: Depende das condições da nação em produzir e entregar o produto ao mercado. 
  • O nível de renda da economia mundial: Se economia mundial anda bem, a tendência é que as importações aumentem, favorecendo a economia de algumas nações. 
  • Taxa de câmbio: Quando o valor da moeda interna pode valer mais, ou igual à moeda estrangeira. Possibilitando a chegada de produtos importados mais baratos. 
  • Protecionismo: Taxas e impostos que podem ser estabelecidos sobre certos produtos para aumentar o preço, visando deixa-lo menos atrativo para determinados mercados.

E então, gostou do conteúdo?

Não deixe de ler também outro artigo interessante: Crise de 29: Entenda como ocorreu a Grande Depressão

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.