ATENÇÃO! Governo anuncia data de entrega dos cartões do Bolsa Família e ÓTIMA NOTÍCIA é confirmada para beneficiários:

A Caixa Econômica Federal informou que irá distribuir cartões de débito para cerca de oito milhões de beneficiários do Bolsa Família (antigo Auxílio Brasil). A medida permitirá que os usuários realizem compras, paguem contas e transfiram dinheiro pelo aplicativo WhatsApp. A presidente do banco, Rita Serrano, fez o anúncio no fim do último mês de abril, quando a mandatária celebrava os primeiros 100 dias de sua gestão à frente da instituição estatal.

“A movimentação dos recursos por meio de um cartão com todas as características de uma conta corrente reduz as filas nas agências e promove a inclusão bancária e digital de milhões de pessoas, além de ser uma ação que incentiva a educação financeira”, disse a instituição financeira em nota divulgada à imprensa.

A decisão de ofertar os cartões de débito aos beneficiários do Bolsa Família foi tomada após uma análise feita pela Caixa Econômica Federal, que constatou que cerca de 7,6 milhões de beneficiários de programas sociais não possuem cartões com a funcionalidade débito. 

Segundo o Governo, já foram emitidos 890 mil cartões do Programa Bolsa Família, sendo 749 mil de débito (com chip) para beneficiários que recebem em poupança social digital e 141 mil cartões sociais para beneficiários com parcelas disponibilizadas para saque na plataforma social. Sendo assim, o Governo anuncia que a data de entrega poderá acontecer a qualquer momento.

“Dessa forma, a Caixa irá disponibilizar os cartões de débito gratuitamente para as famílias beneficiárias de programas sociais que ainda não possuem essa funcionalidade”, explicou Maria Rita Serrano.

Bolsa Família 2023

O Bolsa Família é um programa do Governo Federal brasileiro que tem como objetivo combater a pobreza e a desigualdade social no país. Ele é destinado a famílias em situação de extrema pobreza ou pobreza, ou seja, podem ser contempladas pelo programa famílias com renda mensal per capita de até R$ 218.

Para receber os recursos do programa social, as famílias que se encaixam na faixa de renda do Bolsa Família precisam estar inscritas no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal. Para isso, basta procurar um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e levar a documentação da família.

Além de se enquadrar na faixa de renda e estar com os dados atualizados no CadÚnico, as famílias também devem cumprir algumas regras para que o benefício não seja cancelado. Sendo assim, as crianças e jovens matriculados na educação básica devem manter a frequência escolar mínima predeterminada pelo programa e todos os membros da família precisam estar com a carteira de vacinação em dia. 

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, hoje o programa também exige que as gestantes realizem o acompanhamento pré-natal para continuar recebendo os recursos. Mais informações sobre o Bolsa Família podem ser obtidas nos canais oficiais do referido Ministério. 

Calendário de pagamento do benefício social

Em maio o Bolsa Família será pago aos beneficiários nos últimos dez dias úteis do mês, levando em consideração o Número de Identificação Social dos cidadãos. Veja a seguir o calendário de pagamento divulgado pela Caixa Econômica Federal:

NIS final: Data de pagamento:
1 18/05
2 19/05
3 22/05
4 23/05
5 24/05
6 25/05
7 26/05
8 29/05
9 30/05
0 31/05

Apesar do valor mínimo do programa ser de R$ 600, cada família recebe uma quantia diferente, levando em consideração a formação familiar. No aplicativo Caixa Tem é possível conferir os valores e a data de pagamento do Bolsa Família. Além disso, na plataforma os beneficiários também podem movimentar o dinheiro. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.