Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Arte Bizantina: vai cair no ENEM!

Arte Bizantina: um resumo

A arte bizantina é uma manifestação artística característica do mundo romano do século V d.C.. 

O tópico é cobrado com muita frequência pelas principais provas de artes do país, com um destaque para o vestibular da UEL e a prova do ENEM. 

Arte Bizantina: Introdução 

A chamada arte bizantina surge por volta do século V d.C., com a consolidação do Cristianismo no mundo antigo e, especialmente, no mundo romano. 

Esse movimento artístico sucede aquele denominado de “arte cristã primitiva”, uma vez que ocorre em um momento de aceitação, expansão e consolidação da religião cristã. Assim, para acompanhar o crescimento da nova religião, um novo movimento artístico cristão é criado. 

Vale destacar que a arte bizantina recebe esse nome devido ao fato de que o seu centro de difusão foi a cidade de Constantinopla, capital do Império Romano do Oriente, também chamado de Império Bizantino.

Arte Bizantina: Pintura 

As diferentes manifestações da arte bizantina possuem como objetivo principal a expansão da fé cristã e o ensinamento dos principais dogmas da Igreja e das principais passagens da Bíblia aos fiéis. Assim, a pintura bizantina é uma pintura simples, já que os artistas queriam que a mensagem fosse entendida facilmente por uma grande massa de fiéis que não possuía instrução.

Outra característica marcante da pintura bizantina é o costume de retratar os imperadores e imperatrizes do Império como indivíduos sagrados. Dessa forma, os governantes eram, muitas vezes, retratados ao lado de Jesus e de Maria, representando a origem divina de seus poderes.

As figuras da pintura bizantina são, ainda, extremamente rígidas e simétricas. Os personagens não apresentam nenhum tipo de movimento e são, na maioria das vezes, retratados em posição frontal, ou seja, não de perfil.

Arte Bizantina: Mosaicos

Os mosaicos são característicos da arte bizantina. O seu processo de construção era realizado com a colocação de pequenos pedaços de pedras coloridas sobre cimento fresco. O principal objetivo do uso dos mosaicos era a decoração das igrejas do período.

Arte Bizantina: Arquitetura

Para que o cristianismo pudesse, de fato, se consolidar, era necessária a criação de novas igrejas em toda a Europa. Assim, é nesse contexto que irá surgir a arquitetura bizantina. 

O estilo bizantino se destaca pelas igrejas baixas e marcadas pela existência de uma rosácea na parte frontal da construção. Ainda, a igreja do período é pouco iluminada, devido à ausência de vitrais. 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.