Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

App mostra valor menor para o Auxílio Brasil? Entenda o que aconteceu

Alguns usuários estão relatando que o valor do Auxílio indicado no app do programa está menor, mas não há motivo para preocupação

No próximo dia 18 de janeiro, o Governo Federal deverá seguir com os pagamentos turbinados do Auxílio Brasil. Pelo que se sabe até aqui, algo em torno de 18 milhões de famílias deverão receber esse dinheiro. Vai ser portanto um aumento de cerca de 2,7 milhões de pessoas, de acordo com o Ministério da Cidadania.

Com a proximidade desses repasses, crescem ainda mais as dúvidas sobre essas liberações. No decorrer desta quarta-feira (5), alguns usuários estão relatando sustos ao consultar o app do Auxílio Brasil e verificar que o valor indicado para os pagamentos de janeiro caiu em relação ao que eles estavam recebendo antes.

“Eu recebia R$ 89 no Bolsa Família. Agora no Auxílio Brasil estou vendo que o meu dinheiro caiu para R$ 45. Isso é um absurdo. Se era para diminuir, por que não deixaram tudo como estava antes?”, perguntou um internauta no Youtube. Apesar da indignação, de acordo com o Ministério da Cidadania, não há motivo para preocupação.

Pelo que se sabe até aqui, os valores do Auxílio Brasil seguem os mesmos de sempre. Mas o que mudou agora é o pagamento de um complemento que vai fazer com que todo mundo que ganha menos de R$ 400 suba para esse patamar. Então na verdade não importa o quanto cada um ganha no programa. Todos deverão pegar esse adicional.

Na prática, mesmo que o app mostre no sistema que você vai receber menos de R$ 400, o fato é que você vai ganhar um adicional para que esse patamar suba para os R$ 400. De acordo com essa lógica, o senhor do comentário do Youtube deverá receber R$ 355 de complemento para chegar nesse patamar.

“Ninguém vai ganhar menos do que R$ 400”

O fato é que o Ministério da Cidadania está garantindo que ninguém vai receber menos do que R$ 400 no Auxílio Brasil este ano. Isso já está confirmado e o dinheiro já foi inclusive liberado pelo Congresso Nacional.

O presidente Jair Bolsonaro também já transformou a MP do programa em lei. A PEC do Precatórios também já está valendo. E isso garante espaço dentro do orçamento justamente para esses pagamentos turbinados do Auxílio Brasil.

Dinheiro pode cair em contas diferentes

Durante os repasses de dezembro, alguns usuários acabaram passando por uma situação não comum e também não planejada. O dinheiro acabou se dividindo e caindo em duas ou até mesmo três contas diferentes.

Isso poderá se repetir agora em janeiro. Isso porque o sistema ainda não está atualizado. Então se cair menos dinheiro do que o esperado, é importante procurar em outras contas para saber se a outra parte não caiu em outro lugar.

Consulta ao Auxílio pelo CRAS

Oficialmente o Governo Federal ainda não divulgou os nomes dos 2,7 milhões de brasileiros que irão entrar para o Auxílio Brasil neste mês de janeiro. Mas o fato é que alguns usuários já estão pegando essa informação ao ligar para o seu Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Quem não quiser fazer isso, pode tentar esperar por uma resposta oficial do próprio Governo. De acordo com o Ministério da Cidadania, o resultado deve sair nos aplicativos oficiais do Caixa Tem e também do próprio Auxílio Brasil.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.