Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Aplicativos de supervisão do Banco Central otimizam recursos e facilitam análises 

Os aplicativos de supervisão do Banco Central do Brasil (BCB) otimizam recursos e facilitam análises. Veja mais pontos destacáveis!

Aplicativos de Supervisão desenvolvidos pelo Banco Central do Brasil (BCB) ganham destaque internacional, de acordo com informações oficiais.

Aplicativos de supervisão do Banco Central do Brasil (BCB) otimizam recursos e facilitam análises 

O destaque foi dado pelo Financial Stability Institute (FSI), criado pelo Bank for International Settlements (BIS) e pelo Comitê de Basileia, informa o Banco Central do Brasil (BCB) em sua plataforma oficial.

Destaque internacional para as ferramentas do Banco Central do Brasil (BCB)

As ferramentas de supervisão criadas pelo Banco Central do Brasil (BCB)  se destacaram, entre 71 aplicativos analisados, criados por 20 diferentes países. Sendo assim, são aplicativos que permitem o aumento da velocidade das análises, com grande quantidade de dados.

Financial Stability Institute (FSI)

Conforme informação da instituição, o BCO Financial Stability Institute (FSI), criado pelo Bank for International Settlements (BIS) e pelo Comitê de Basileia, destacou, na edição nº 37 do FSI Insights, duas ferramentas de supervisão criadas pelo Banco Central do Brasil (BCB), dentro de um universo de 71 aplicativos analisados de 20 diferentes países: a Amostragem Determinada por Aprendizado de Máquina (ADAM) e o EVE. 

Tecnologias de Inteligência Artificial e Big Data para a realização da supervisão

A instituição informa que essas ferramentas se enquadram no conceito de Suptech, que é a utilização de tecnologias de Inteligência Artificial e Big Data para a realização da supervisão. Atualmente, o Banco Central do Brasil (BCB) já desenvolveu oito ferramentas dentro do conceito “Suptech”, informa a própria instituição em sua plataforma oficial.   

O aumento da velocidade das análises é uma grande vantagem 

Sendo assim, entre as vantagens trazidas por esses aplicativos ao processo de supervisão, estão o aumento da velocidade das análises; a realização de análises com grande quantidade de dados que não poderiam ser feitas por pessoas; a captura de novas situações e insights; a diminuição do erro humano nas análises realizadas, e, ainda, a captura permanente da inteligência da supervisão ao longo do tempo, informa o próprio Banco Central do Brasil (BCB) em sua plataforma oficial.

Análise de governança e modelos de negócios

Além disso, há liberação de mão-de-obra da supervisão para atividades de alto nível, como análise de governança e modelos de negócios, o que é um diferencial tecnológico criado pelo Banco Central do Brasil (BCB), assim como o Pix e o Open Banking Brasil.

Dessa forma, o Banco Central do Brasil (BCB) está ganhando reconhecimento por seus projetos; bem como, também pela clareza das informações divulgadas pela própria instituição sobre o andamento de suas inovações tecnológicas.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.