Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Adjunto adnominal: o que é e como identificá-lo

Os substantivos são termos que geralmente precisam ser determinados ou qualificados. Essa necessidade de determinar ou qualificar um substantivo evita que seu texto fique ambíguo. Além disso, seu texto ficará mais claro e coerente.

Adjunto adnominal

Adjunto adnominal é a função sintática dos termos que acompanham o substantivo (adjetivo, locução adjetiva, pronome, artigo e numeral). Esses termos qualificam, especificam, determinam ou indeterminam o substantivo que acompanham.
Ex.:
1. A menina de vestido azul comprou uma moto.
2. O cachorrinho da menina subiu em sua moto.
No exemplo 1, temos os substantivos “menina” e “moto”. “Menina” aparece determinado pelos adjuntos adnominais “a” e “de vestido azul”. Perceba que esses termos qualificam, determinam, especificam a qual menina estamos nos referindo. Pois não se trata de uma menina qualquer, e sim da menina de vestido azul. O mesmo se dá com o substantivo “moto”, pois não é “esta moto”, “aquela moto”, “a moto”, “sua moto”, etc., mas de “uma moto”, portanto o artigo indefinido “uma” é adjunto adnominal de “moto”.
Já no exemplo 2, temos o substantivo “cachorrinho” e novamente o substantivo “moto”. De qual cachorrinho estamos falando? “O da menina”. Logo, “o” e “da menina” são os adjuntos adnominais do substantivo “cachorrinho”. E de qual moto estamos falando? Da “sua” moto. Ou seja, o pronome possessivo “sua” é o adjunto adnominal do substantivo “moto”.

Como identificar o adjunto adnominal

Como os adjuntos adnominais acompanham os substantivos, o primeiro passo para identificar o adjunto adnominal é localizando os substantivos da oração. Em seguida, verifique quais desses substantivos são núcleos. Núcleo é um termo principal que sem ele a frase geralmente não faz sentido.
Ex.: O homem de chapéu comprou um computador novo.
Perceba que esse período tem três termos principais, que carregam as informações principais da frase:
Homem comprou computador.
Temos aí dois substantivos (homem, computador) e um verbo (comprou). São essas as palavras que carregam o sentido primário da frase. Como o verbo não está relacionado ao adjunto adnominal, as palavras que destacaremos são “homem” e “computador”. São esses dois substantivos que serão determinados pelos adjuntos adnominais.
E como identificar esses adjuntos? Um jeito simples é perguntando:
Qual homem? O de chapéu.
Qual computador? Um novo.
Portanto os adjuntos adnominais da frase “O homem de chapéu comprou um computador novo” são: “o”, “de chapéu”, “um” e “novo”.
Outros exemplos:
O livro está sobre a mesa de vidro.
A casa amarela pegou gogo.
Aquele homem é meu pai.

Na dúvida, lembre-se que sempre que um artigo, um adjetivo, uma locução adjetiva, um pronome ou um numeral acompanharem um substantivo, eles serão adjuntos adnominais.

Gostou do texto? Deixe seu comentário e faça-nos também sugestões sobre as dúvidas que você tem referentes ao uso da língua portuguesa.

 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.