Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.5/5 - (2 votes)

A Baixa Idade Média: assunto EXTREMAMENTE cobrado em provas!

A Baixa Idade Média: um resumo para as provas!

A Baixa Idade Média é uma das duas fases em que é dividido o período conhecido como Idade Média.

Ela marca a transição da época medieval para a época moderna e, por isso, é um período de fortes transformações.

Dessa maneira, esse assunto aparece com uma grande frequência nas principais provas do país. E é justamente por isso que o artigo de hoje trouxe um resumo com tudo o que você precisa saber sobre esse tópico.

Baixa Idade Média: Introdução e Definição

O período conhecido como Idade Média pode ser dividido em duas fases: a Alta Idade Média e a Baixa Idade Média.

No artigo de hoje estudaremos a segunda fase. A Baixa Idade Média é, dessa forma, o segundo período da Idade Média.

Ela se inicia no século XI e conhece o seu fim no século XV, com a crise do feudalismo, as Grandes Navegações e o início da Idade Moderna.

É importante ressaltar que alguns autores afirmam que o início da Baixa Idade Média aconteceu no século XII. Não existe um consenso dos historiadores sobre esse tópico.

Baixa Idade Média: Principais características

A Baixa Idade Média possui algumas características principais que marcaram o período.

A primeira delas é a crise do sistema feudal. A partir do século XI, o feudalismo começou a enfrentar um declínio, principalmente graças à ampliação das áreas produtivas e o desenvolvimento de técnicas agrícolas.

Além disso, com o fim das invasões germânicas, o povo agora podia contar com constrições mais estáveis de vida. Dessa maneira, um crescimento da população e o aumento do consumo obrigaram a sociedade feudal a desenvolver a sua produção agrícola, o que consistia no fim do uso do feudalismo.

Baixa Idade Média: As Cruzadas

É característica também da Baixa Idade Média o acontecimento das Cruzadas.

As Cruzadas forma expedições militares organizadas pela Igreja Católica para retomar Jerusalém daqueles que eram chamados de infiéis.

Além disso, mercadores e comerciantes também tinham interesse nas Cruzadas pois, com elas, novas rotas de comércio de mercadorias orientais seriam criadas e controladas pelos europeus.

Ao todo, foram organizadas 8 cruzadas oficiais.

Baixa Idade Média: O Renascimento Comercial e Urbano

Igualmente, o Renascimento Comercial e Urbano é também uma característica da Baixa Idade Média.

Com o fim do feudalismo, a produção gerava, agora, um excedente, que seria comercializado.

Além disso, as Cruzadas possibilitaram a aquisição de diversos produtos luxuosos do Oriente e sua consequente venda.

Com o aumento do comércio, logo novas cidades passaram a ser construídas e em uma quantidade muito maior quando comparada aquelas existentes na Alta Idade Média.

A população sai dos feudos e vai viver nos burgos, ou seja, nas pequenas cidades de comércio intenso.

 

 

4.5/5 - (2 votes)

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.