Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

6 Dicas para se destacar na redação da entrevista de estágio

É comum que um jovem, enquanto cursa faculdade, precise fazer um estágio para colocar em prática o que aprendeu. Porém, em uma das etapas do processo seletivo de algumas empresas, pode aparecer uma redação. 

Caso você tenha dificuldade para elaborar um texto ou esteja em uma seleção que precise produzir algo escrito e não sabe por onde começar, então está lendo o artigo certo.

A partir de agora, você entenderá como se sair bem na redação. Além disso, conhecerá algumas dicas para aprimorar seu texto e se destacar dos outros candidatos.

Assuntos mais comuns nas redações da entrevista de estágio

Antes de mais nada, é importante ressaltar que sempre quando for escrever um texto formal, preste muita atenção à temática proposta. Em casos muito raros, o tema livre é encontrado, porém os recrutadores definem um caminho a ser seguido.

Como nos vestibulares em geral, existem alguns assuntos que são comuns de serem encontrados nessas redações. Por exemplo:

  • vida profissional – o foco deste tema é mostrar sua trajetória no mercado de trabalho. Procure, sobretudo, definir uma ordem cronológica e realçar os pontos-chave da sua área de atuação. Além disso, você pode abordar um pouco da sua experiência, caso tenha, em relação à vaga pretendida;
  • quem sou eu – esse é o tema mais comum de encontrar nas entrevistas de estágio. A princípio, o objetivo desse assunto é fazer com que o candidato apresente alguns dados sobre sua vida pessoal e seu histórico profissional. Com isso, é possível expor seus objetivos e metas de carreira para o futuro;
  • a empresa – com menos frequência, esse tema aparece muito ligado à pergunta “Por que você quer trabalhar na empresa?” ou “Por que você se candidatou para essa vaga?”. Assim, seu propósito é avaliar se o estudante conhece a companhia ou sabe informações da vaga. Por isso, escreva sobre a área de atuação, missão, impacto no mercado e valores.

6 Dicas para se destacar na redação

1. Estruture bem o seu texto

Antes de mais nada, você precisa estruturar bem o seu texto. Para isso, faça um rascunho dos assuntos que você pretende abordar na redação. Anote as ideias e produza um mapa mental para entender a linha de pensamento a ser tratada.

Após isso, defina o título relacionado ao tema central do texto e escreva uma introdução objetiva que conduza o leitor aos argumentos que você abordará. 

Essa redação costuma possuir um estilo específico muito presente nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) ou de outros vestibulares: texto dissertativo-argumentativo

Portanto, sua defesa deverá se basear em argumentos e ideias para contextualizar o assunto e sustentar sua tese. Por fim, encerre o texto com uma conclusão que sintetize o que foi discutido anteriormente.

2. Escreva com uma linguagem simplificada

Basicamente, aqui entra o famoso ditado “menos é mais”. Isto é, um texto rebuscado, cheio de palavras difíceis e sem coesão entre as partes, se torna cansativo e confuso, podendo levar à sua eliminação do processo seletivo.

Assim, quando estiver escrevendo uma redação, seja para a entrevista de estágio ou para outra ocasião, evite usar uma linguagem muito complicada. Os recrutadores avaliam, sobretudo, a coesão que os seus argumentos apresentam, e não os enfeites do texto.

3. Varie o vocabulário, mas seja objetivo

Essa é uma das dicas mais importantes para produzir um texto. Repetição de palavras torna a leitura da redação muito exaustiva e, até mesmo, desagradável. Portanto, use palavras variadas junto com seus sinônimos no momento de escrever.

Evitar a repetição de termos é algo que ajuda a legibilidade do seu texto, porém cuidado para não perder objetividade. Para que essa perda não aconteça, procure expor seus argumentos e opiniões com uma linearidade de informações. Elabore um texto claro e mais leve.

4. Não use gírias nem abreviações

Com o avanço da internet e da tecnologia, é comum escrevermos de maneira abreviada e usarmos gírias para facilitar a comunicação. Entretanto, ao produzir uma redação em uma situação formal, como uma entrevista de estágio, não utilize esses recursos.

No caso específico das gírias, deixe-as na língua falada. Quando escrever algo formalmente, você não usará esses tipos de expressões. Por exemplo, imagine que você está mandando um e-mail para seu gestor ou se reportando a um cliente, dificilmente escreverá um “valeu mermão”.

5. Evite metáforas, analogias e palavras estrangeiras

As metáforas e analogias são artifícios muito eficazes para dar exemplos sobre algum pensamento ou ideia. Porém, é preciso muito cuidado ao usá-las, já que você pode fugir do tema proposto. Caso consiga dispensá-las, faça.

Outro ponto que precisa ser levantado é o das palavras estrangeiras. Os estrangeirismos são muito comuns na nossa vida, principalmente com a evolução da internet. Com isso, você precisa ter muita cautela para não escolher palavras estrangeiras que tenham um significado brasileiro específico.

Não é adequado empregar esses termos na sua redação, além de haver a possibilidade de usá-los de maneira errada. Então, procure sinônimos na nossa língua, traduza o termo ou explique o que você quer dizer. Essas são formas de minimizar erros simples.

6. Não produza frases longas e fuja da redundância

Da mesma forma que a anterior, essa é mais uma dica sobre o que não fazer na redação da entrevista de estágio. As frases longas são o vilão de quem quer apresentar um texto claro e objetivo. As ideias se perdem e o texto se torna confuso. Portanto, produza frases curtas.

É muito comum na nossa fala que expliquemos o mesmo assunto mais de uma vez e isso passa despercebido. Entretanto, no momento da escrita, a redundância fica muito mais visível e repetitiva para quem está lendo. Não faça isso no texto.

7. Revise o texto antes de entregar

A última dica, e a mais importante de todas, nunca entregue um texto sem antes revisá-lo. Isso ajuda a minimizar, sobretudo, erros simples que acabam passando despercebidos na hora de escrever. 

Além disso, frases incompletas, deslizes gramaticais e ortográficos também podem ser corrigidos na hora da revisão. Este é um ótimo momento para verificar se a apresentação das ideias está realmente de acordo com o tema proposto.

Curtiu o assunto? Então deixe seu comentário e aproveite para conferir outras dicas sobre entrevistas e gestão de tempo.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.