Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

3 dicas simples e eficientes de estudo para concursos públicos 

Existem tantas técnicas de estudo para concursos públicos, que os concurseiros ficam sem saber qual é a melhor e mais eficiente.

Claro que isso é bem particular. Mas para você testar, selecionamos três dicas que costumam ajudar muitos estudantes que estão em busca da tão sonhada aprovação em concursos públicos. Fique por dentro!

Estude por etapas em sessões mais curtas

Alguns estudos demonstram a eficiência de estudar por etapas. Segundo especialistas, sessões curtas e regulares de estudos, se mostram muito eficientes ao invés de estudar por horas seguidas. 

Mesmo que em seu planejamento de estudos tenham várias matérias, procure quebrar os assuntos abordados durante a semana. 

Ao estudar dessa forma, o cérebro tem grandes chances de codificar informações em suas sinapses. O mesmo se aplica ao aprendizado de novos temas. 

O estudo deve se tornar rotina

Estudar duas ou três vezes por semana pode ser muito eficaz para quem está cursando uma universidade ou ensino técnico, por exemplo. 

Em contrapartida, para quem está se preparando para concursos públicos, vestibulares e para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) a regularidade nos estudos deve ser bem maior. 

Ter uma rotina de estudos, é fundamental para qualquer concurseiro que deseja atingir boas colocações e por conseguinte a aprovação. 

A dica é tornar as sessões de estudos consistentes, reservando certos momentos para revisão. O cérebro, segundo especialistas, responde à rotina.

Estude pensando em ensinar

Os alunos que estudam um certo tema com o intuito de poder ensiná-lo posteriormente em uma sala de aula têm um desempenho mais satisfatório do que aqueles que estudam somente para uma prova. 

Ao estudar com o ensino em mente, fazemos nosso cérebro reorganizar as informações de maneira mais lógica e coerente. 

Dessa maneira, conseguimos entender o conceito muito mais fácil e de maneira simples. Incentivar os estudantes a pensar que eles precisam dar uma curta aula sobre um determinado assunto os direcionam a imaginar sobre o assunto dessa maneira. 

E então, gostou das dicas? Compartilhe com quem precisa saber disso!

Não deixe de ler também – Dicas de como estudar de forma produtiva com pouco espaço

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.