Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

13º salário do INSS: Pagamento da 2ª parcela para quem ganha mais que o piso

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já recebem a segunda parcela do 13º salário.

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que possuem o NIS terminado em 1 e 6 já recebem a segunda parcela da antecipação do 13º salário do instituto.

Nesta sexta-feira (2) recebem também a segunda parcela do abono natalino os segurados que tenham o número do NIS terminado em 2 e 7. Vale ressaltar que este grupo é o que recebe o benefício com valor superior ao piso nacional.

Além disso, a segunda parcela é sujeita cobrança da alíquota do Imposto de Renda, aplicada quando o beneficiário é contribuinte da Receita Federal. Desta forma, 50% do abono é descontado conforme o percentual.

Os segurados que recebem até um salário mínimo também estão recebendo seu abono. Para esses beneficiários, o calendário foi iniciado no dia 24 de junho e será estendido, também, até o dia 7 de julho.

De modo geral, tem direito ao 13º salário do INSS, os segurados que recebem aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. Estão excluídos do abono natalino pela legislação, os cidadãos amparados por benefícios assistenciais, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e da Renda Mensal Vitalícia (RMV).

A antecipação do 13º salário do INSS foi mais uma medida do Governo Federal para apoiar os cidadãos e cooperar com a movimentação da economia do país em tempos de crise decorrente da pandemia da Covid-19.

A iniciativa injetará cerca de R$ 52,7 bilhões na economia do país, conforme previsto pela Secretaria da Previdência do Ministério da Economia.

Calendário da segunda parcela do 13° salário do INSS

Benefícios com valor máximo de um salário mínimo

Dígito final2ª parcela – Junho
124 de junho
225 de junho
328 de junho
429 de junho
530 de junho
601 de julho
702 de julho
805 de julho
906 de julho
007 de julho

 

Benefícios superiores a um salário mínimo

Dígito final2ª parcela – Junho
1 e 601 de julho
2 e 702 de julho
3 e 804 de julho
4 e 906 de julho
5 e 007 de julho

Veja também: INSS: Qual o valor do teto máximo? Confira

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.