Você rói as unhas? Então leia este texto!

Você rói as unhas de forma frequente? Possui esse hábito? Saiba que ele pode ser muito ruim para a sua saúde, e não só bucal.

Neste texto, trouxemos uma lista de consequências que o hábito de roer as unhas pode provocar. Saiba mais lendo até o fim!

Você rói as unhas? Veja as consequências!

As consequências do hábito de roer as unhas estão relacionadas não só à saúde bucal, como também a saúde de todo o nosso corpo.

Afinal, pare e pense: a nossa boca é uma “porta de entrada” para o interior do nosso organismo. Isso quer dizer que se permitimos que bactérias cheguem nela com facilidade, estaremos expondo todo o nosso corpo, concorda?

Por isso, começar a refletir sobre o assunto é muito importante. Vejamos algumas considerações:

1. Desgaste do esmalte do dente

Ficar roendo as unhas, constantemente, provoca um atrito entre a unha e os dentes. Isso faz com que o esmalte dental passe a ser desgastado com o passar do tempo. Esse desgaste, por sua vez, pode aumentar as chances de fraturas e quebras nos dentes. Fique atento!

2. Levar mais bactérias à boca

Como mencionado anteriormente, o hábito de roer as unhas também pode fazer com que você leve bactérias para a boca com mais facilidade. Ou será que você sempre lava a mão e debaixo das unhas antes de roê-las?

3. Aumento das chances de cáries

As bactérias presentes nas mãos e o desgaste que acontece no dente podem aumentar as chances de desenvolvermos problemas relacionados às cáries.

4. Aumento da sensibilidade dentária

Novamente, o desgaste no esmalte do dente pode deixar a camada inferior mais exposta. Quando essa camada está exposta, começamos a sentir mais sensibilidade ao comer alguma coisa gelada ou quente, por exemplo.

Com o passar do tempo, isso pode ir piorando, impactando a qualidade de vida e até mesmo a alimentação do indivíduo.

5. Desalinhamento dos dentes

Se você rói as unhas, saiba que esse comportamento também pode causar o desalinhamento dos dentes, devido à força repetitiva que é feita sobre eles. Portanto, cuidado!

6. Problemas na mandíbula

Algumas pessoas podem começar a sofrer com problemas na mandíbula, devido aos movimentos repetitivos de roer as unhas. Esses problemas podem estar relacionados ao desgaste da articulação da mandíbula, provocando dor, dificuldades para mastigar, etc.

7. Feridas na gengiva e nos lábios

Acidentalmente, se você rói as unhas, possivelmente, já cortou os lábios ou a gengiva sem querer. Isso pode aumentar as chances de proliferar bactérias e até mesmo infecções na boca, além de provocar as tão desconfortáveis aftas.

Converse com o seu dentista sobre o assunto!

Se você rói as unhas, mas não sabe o que fazer, converse com o seu dentista sobre o assunto. Ele poderá orientá-lo quanto às medidas que podem ser tomadas neste caso.

Além disso, procurar ajuda psicológica, para casos envolvidos com ansiedade, por exemplo, também pode ser um caminho para combater o problema e, assim, proteger a sua saúde.

Cuidado com os hábitos negativos, como este de roer as unhas, pois por mais que eles pareçam inofensivos, quando estudamos a fundo, vemos que eles podem trazer consequências. Cuide-se!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.