Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.3/5 - (124 votes)

Veja como se inscrever no CadÚnico para receber o auxílio de R$400

A intenção é viabilizar a inclusão em programas de assistência social e de distribuição de renda.

O Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) é uma ferramenta utilizada pelo Governo Federal para identificar e coletar dados de famílias de baixa renda do país. A intenção é viabilizar a inclusão em programas de assistência social e de distribuição de renda.

Veja também: NOVO cartão Vivo Itaucard oferece dinheiro de volta

No entanto, embora as famílias sejam cadastradas em situação de vulnerabilidade não é lhes dado direito a inclusão automática em algum programa. Para isso, é necessário ainda corresponder os critérios de elegibilidade das políticas públicas.

Além disso, para se inscrever no CadÚnico é necessário ter uma renda per capita mensal de até meio salário mínimo (R$ 550, atualmente), ou uma renda de até três pisos nacionais (R$ 3.300, atualmente).

Caso a família se encaixe nessas condições, será necessário escolher um representante, sendo ele maior de 16 anos e de preferência do sexo feminino. No momento do cadastro, deverá apresentar ao menos o seu título de eleitor e CPF.

No mais, deverá ter em mãos ao menos um dos documentos listados a seguir de cada membro do núcleo familiar:

  • Título de Eleitor;
  • Certidão de Casamento;
  • Certidão de Nascimento;
  • Carteira de Identidade (RG);
  • Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI) para famílias indígenas e quilombolas;
  • Carteira de Trabalho;
  • CPF;
  • Comprovante de residência recente (conta de água ou luz dos últimos três meses).

Vale ressaltar que a inscrição deve ser realizada presencialmente no CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) mais próximo. O responsável familiar terá que responder um questionário relativo a informações da família, como renda, condições da residência e gastos com alimentação, por exemplo.

Feito isto, após 15 dias o titular da família deverá solicitar o seu Número de Identificação Social (NIS), sendo ele o principal dado para verificação da inclusão em programas e benefícios sociais do governo.

Confira a lista com os benefícios e programas que as famílias podem receber através do CadÚnico:

  • Água para todos;
  • Aposentadoria para Pessoas de Baixa Renda;
  • Auxílio Emergencial;
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  • Bolsa Estiagem;
  • Bolsa Família — novo Auxílio Brasil;
  • Bolsa Verde (Programa de Apoio à Conservação Ambiental);
  • Carta Social;
  • Carteira do Idoso;
  • Casa Verde e Amarela;
  • Crédito Instalação;
  • ENEM;
  • Identidade Jovem (ID Jovem);
  • Isenção de Pagamento de Taxa de Inscrição em Concursos Públicos;
  • Programa Brasil Alfabetizado;
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti);
  • Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais;
  • Programa Nacional de Crédito Fundiário;
  • Programa Nacional de Reforma Agrária;
  • Programas Cisternas;
  • Rural;
  • Serviços Assistenciais;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Telefone Popular.
4.3/5 - (124 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

9 Comentários
  1. Bruna Pereira Rodrigues Diz

    Queria muito receber pois tenho filho e nunca recebi bolsa família como faço pra cadastrar e receber ?

  2. Paulo Roberto de Souza Diz

    Atualização do cadunico 2021 pela Internet

  3. Ivanilda Aparecida Ramos Diz

    Me escrevi no crás ate hoje não tive resposta desde de fevereiro 21 moro sozinha não tenho emprego

  4. Vanessa Costa Vieira Diz

    Nunca recebi bolsa família o que devo fazer para conseguir esse?

  5. Patrícia camila Santos Diz

    Como saber se fui aprovada no bolsa família

  6. Patrícia camila Santos Diz

    Como faço para mim saber se fui aprovada no bolsa família pelo CPF

  7. Elizeia Pacheco Diz

    Tenho sessenta anos vários problemas de saúde sou cadastrada no CRAS José zen em São José dos pinhais pr e recebi todas as parcelas do auxílio emergencial pra poder sobreviver se não receber não terei como comprar comida ,pagar ,luz e remédios . tenho um filho que mora comigo desempregado.

  8. Leidiane Dos Santos Sousa Diz

    Mim escrevi no bolsafamilia até hoje não recebi nada tem 6 meses ja

  9. Valdecir Das Neves Diz

    Moro no assentamento censo funtado na comunidade do orgânico

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.