Vale mais que dólar, euro, libra e real: qual é a nota mais valiosa do mundo? Descubra agora!

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Vale mais que dólar, euro, libra e real: qual é a nota mais valiosa do mundo? Descubra agora!

As cédulas de dinheiro têm um valor intrínseco que vai além do seu poder de compra. Algumas delas se tornam verdadeiras preciosidades, com um valor muito acima do seu valor nominal. Uma dessas notas é conhecida como Grand Watermelon, que é considerada a nota mais valiosa do mundo.

Neste artigo, vamos explorar a história e curiosidades por trás dessa cédula impressionante.

O Valor da Grand Watermelon

Imagine ter uma nota com valor de mais de R$ 16 milhões na sua carteira. Atualmente, carregar um papel-dinheiro com esse valor é impossível para quem utiliza o real ou outras moedas convencionais como o dólar, o euro e a libra. No entanto, existe uma nota que custa um pouco mais que esse valor: a Grand Watermelon.

A Grand Watermelon é uma cédula americana criada no século XIX (19) e é considerada a nota mais valiosa do mundo. Ela foi vendida em um leilão por impressionantes 3,29 milhões de dólares em janeiro de 2014, o que corresponde a aproximadamente R$ 16,3 milhões pela cotação atual.

A História da Grand Watermelon

A Grand Watermelon recebeu esse nome devido aos grandes zeros que lembram uma melancia. Embora não esteja mais em circulação e nem funcione como meio de troca no mercado, ela ainda desperta o interesse de colecionadores e entusiastas de história monetária.

Em 2018, a Grand Watermelon foi arrematada em um leilão em Baltimore, Maryland, por 2,04 milhões de dólares, cerca de R$ 10,1 milhões. Atualmente, sabe-se da existência de apenas sete notas de Grand Watermelon, e apenas três permanecem em mãos privadas, sendo as outras quatro mantidas em coleção permanente do governo.

Características da Grand Watermelon

A Grand Watermelon é uma das cédulas de papel-moeda mais raras dos Estados Unidos. Ela apresenta um retrato do General da União George Meade e foi gravada por Charles Burt, do Departamento do Tesouro dos EUA. Meade é mais conhecido como o comandante vitorioso das forças da União na Batalha de Gettysburg, em 1863.

Embora não seja mais possível ter uma Grand Watermelon em mãos, seu valor histórico e colecionável a tornam uma peça única e fascinante. Apenas alguns sortudos têm a oportunidade de apreciar essa nota valiosa de perto.

Curiosidades sobre a Grand Watermelon

Além de ser uma das notas mais valiosas do mundo, a Grand Watermelon também possui algumas curiosidades interessantes. Confira:

  1. Nome: A cédula recebeu o nome de Grand Watermelon por causa dos grandes zeros que se assemelham a uma melancia.
  2. Leilões: A Grand Watermelon já foi leiloada em diferentes ocasiões, alcançando valores astronômicos.
  3. Raridade: Existem apenas sete notas de Grand Watermelon conhecidas atualmente, tornando-a extremamente rara.
  4. Valor histórico: A cédula retrata o General George Meade, um importante comandante da Guerra Civil Americana.

Ademais, a Grand Watermelon é a nota mais valiosa do mundo, com um valor estimado em mais de R$ 16 milhões. Essa cédula americana do século XIX desperta o interesse de colecionadores e entusiastas de história monetária devido à sua raridade e valor histórico.

Embora não esteja mais em circulação, a Grand Watermelon é um lembrete do poder que uma simples nota de dinheiro pode ter além do seu valor nominal. É uma verdadeira preciosidade que fascina todos aqueles que têm a oportunidade de conhecê-la de perto.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.