Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

2.8/5 - (13 votes)

Usuários do Auxílio Emergencial não terão nenhum programa social este ano

Governo confirmou que as pessoas que saíram do Auxílio Emergencial não poderão ser atendidas por nenhum outro programa este ano

O Governo Federal confirmou nesta semana que os usuários que faziam parte do Auxílio Emergencial não conseguirão entrar em nenhum outro programa social este ano. Pelo menos em nenhum benefício de autoria do poder executivo. Essa é uma notícia que está deixando muita gente chateada nas redes sociais.

Existia a expectativa de que esses órfãos do Auxílio Emergencial pudessem entrar no Bolsa Família turbinado do Governo Federal. Em entrevistas recentes, o próprio Ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a função do novo benefício era mesmo receber as pessoas do projeto que chegou ao fim.

Mas pelo menos em 2021, isso não vai poder mais acontecer. Acontece que o Governo Federal publicou uma Medida Provisória (MP) para pagar o Auxílio Brasil este ano. Esse texto até prevê uma elevação nos pagamentos. Mas não há espaço para se inserir mais pessoas, nem mesmo as que estavam no programa que chegou ao fim.

Uma outra opção poderia ser o vale-gás nacional. O próprio Presidente Jair Bolsonaro (PL) já promulgou o texto e publicou um decreto sobre os pagamentos do novo benefício. Se imaginou que esses repasses poderiam ser uma boa notícia para as pessoas que saíram do Auxílio Emergencial e ficaram sem nada.

Mas pelo menos em 2021, isso também não vai acontecer. É que de acordo com o decreto do Governo Federal, a preferência de recebimento do Vale-gás nacional vai ser das pessoas que já fazem parte do Auxílio Brasil. Eles é que deverão ficar com todas as 5 milhões de vagas distribuídas neste mês de dezembro.

Cerca de 25 milhões

Em entrevista recente, aliás, o Ministro da Cidadania, João Roma, confirmou que o fim do Auxílio Emergencial iria acabar deixando cerca de 25 milhões de pessoas sem nenhum tipo de ajuda financeira do Governo Federal.

Na ocasião, ele disse que o Palácio do Planalto estava elaborando uma espécie de projeto para ajudar essas pessoas. Alguns meses se passaram desde esta declaração, mas até agora, o Governo não apresentou nada para esse público.

E a prorrogação do Auxílio Emergencial?

Oficialmente o Governo Federal bateu o martelo e decidiu não prorrogar mais o Auxílio Emergencial. Vale lembrar que o projeto já passou por duas outras prorrogações desde 2020. Mas agora eles não querem mais fazer isso.

Na última semana, o Presidente Jair Bolsonaro enviou para o Congresso Nacional um Projeto de Lei (PL) para pedir a liberação de dinheiro para o Auxílio Emergencial. Mas isso tem relação com os pagamentos retroativos para pais solteiros e não com uma prorrogação do programa.

Expectativa para o ano de 2022

Para o ano de 2022, os usuários do extinto Auxílio Emergencial possuem algumas opções. A primeira delas é tentar uma vaga na própria nova versão do Bolsa Família. De acordo com o Governo Federal, a tendência natural é abrir mais vagas de entrada já em janeiro.

Outra possibilidade, aliás, é tentar algo no vale-gás nacional. O poder executivo também está indicando que pode inserir mais gente por lá. Mas as chances não são tão grandes e vale lembrar que o segundo repasse desse projeto só vai acontecer em fevereiro de 2022.

2.8/5 - (13 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

15 Comentários
  1. Roseth Chaves Diz

    Eu sou desempregada.
    Dependia desse auxílio pra sobreviver.
    Não me aceitam mais no trabalho.
    Tenho 54 anos.
    Agora lascou tudo.
    O pouco que eu ganhava me ajudava bastante.
    E agora nem presidente Bolsonaro.
    Que vai ser de nós.
    Sem trabalho, sem auxílio.
    Misericórdia com o povo.

  2. Elisangela Diz

    Sou mãe solteira nao trabalho ,tenho dois filhos estou desemprdgada desde essa pandemianao tenho beneficio de nada,esseauxiilio era uma ajuda pras maes q sistenta a casa ,faço bico e bico nao paga aluguel comida agua luz .nada mal dar pra comer

  3. Eliane regina Diz

    Uma vergonha eu recebia aux agora to desempregada doente depois da perda de um filho de menor pelo covid estou precisando do aux e nada muitos não tem bolsa família e ta pior de quem recebe e não precisa usa pra se drogar churrasco e bebidas enquanto muitos querem alimentos q vergonha governo nas urnas daremos a resposta

  4. Luis Diz

    volta nele um ano que vem já marquei todos eles

  5. Dalti Carvalho lizzi, não compro Diz

    Eu conheço um que usa só pra comprar drogas não compra nem um dente de alho pra comer, e ainda tira sarro do governo que não sabem investigar quem realmente precisa…

  6. Ana Socorro Guedes Chaves Diz

    Eu também queria que auxílio emergencial continuasse porque so uma pessoa que não tem trabalho pra mim aqui na minha cidade eles não tão mais aceitando a nossa idade de 53 anos porque agente não pode receber auxílio Brasil também muita gente estão passando por isso se previdente Posolnario não sabe disso

  7. JOSÉ MARCELO Diz

    e muito falta de respeito com os 25mil de pobre

  8. Jean Carlos Diz

    Um presidente q não tá nem aí pra população de baixa renda só Deus por nos oremos para q não falte nosso alimento fé em DEUS porque governo so dê Deus 🙏🙏🙏🙏🙏amém

  9. Marisa Diz

    Muitas que era bolsa familia ja bebiam, curtiam , imagine agora recebendo 400 reais para curtirem, enquanto muitos di auxilii precisando vao passar fome, falta de humanidade, agora que mulheradas vao curtir com o auxilio Bradil de 400, algumas. Absurdo isto, pandemia nao acabou

  10. Eder de Santana Silva Diz

    Um absurdo isso eu estava dependendo do auxílio emergêncial pra comer, agora nem isso mais estou desesperado, sem auxílio emergêncial vou passar o Natal sem nenhum centavo, a pandemia não acabou eles deveriam continuar com auxílio emergêncial! Muitos brasileiros ficaram sem ter o que comer nesse natal eu sou um deles! Lamentável 😢

  11. Maria Rita Diz

    Só tenho a dizer já que não vamos mas ter o auxílio emergencial meus pesamos nas urnas para 2022 para aqueles que deixou 24 milhões de pessoas com fome em pleno Natal

  12. Elaine Martins albino Diz

    Todos tem necessidades econômicas, fazer distinção de quem precisa de recursos para sobreviver e uma falta de respeito , estas pessoas que não terá mais o auxílio emergencial será o isento de pagamento de água luz, aluguel, impostos ????‽????‽

  13. José Felipe Diz

    É só cortar os salários milionários dos bandidos que sobra dinheiro pro auxílio,o bolso bosta não vale nada.

  14. Valdenice Oliveira Diz

    Queremos a prorrogação do auxílio emergêncial auxílio emergêncial auxílio emergêncial

  15. Antonio giison Diz

    Eita que beleza para o restante dos pobres. Vai ser um mata mata aplausos para os Para todos os politicos

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.