Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

UFRJ estabelece volta às atividades remotas devido à ômicron e influenza

Na última quinta-feira, dia 6 de janeiro, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) estabeleceu a retomada das atividades remotas devido ao aumento no número de casos de Ômicron e influenza na capital do estado.

A reitoria da UFRJ recomendou que as atividades administrativas, de ensino, pesquisa e extensão da universidade aconteçam remotamente até o dia 31 de janeiro. Apenas as atividades essenciais devem continuar presencialmente.

Nesse sentido, em nota, a reitoria explica:

“[…] considerando o aumento do número de casos de Influenza A registrados na cidade do Rio de Janeiro, desde dezembro de 2021, e de Covid-19, nesta primeira semana de janeiro de 2022, além do aumento expressivo de casos provavelmente em virtude da variante Ômicron”.

Desse modo, a universidade explica que a medida foi tomada com o objetivo de garantir  a segurança da comunidade acadêmica.

Além disso, a UFRJ afirmou que está monitorando os dados referentes à variante da covid-19. Assim que a situação epidêmica melhorar, a instituição deverá informar à comunidade acadêmica sobre a possibilidade de retorno das atividades presenciais.

A UFRJ recomendou ainda que a comunidade acadêmica tome alguns cuidados neste período, um deles é a testagem do CTD após três dias seguidos de sintomas respiratórios. Os testes podem ser feios no Polo de Biotecnologia.

A reitoria ainda reiterou a importância da imunização contra a covid-19, bem como do distanciamento interpessoal, do uso de máscara de proteção respiratória e da higienização frequente das mãos.

Veja a nota da UFRJ na íntegra.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Leia também UEMS aplica as provas do Vestibular 2022 na tarde deste sábado (8).

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.