Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Sociologia: Entenda o que é a mudança social

O conceito pode ser abordado em muitas questões interpretativas do Enem e de vestibulares

A mudança social, basicamente, consiste na transformação da sociedade, assim como da sua organização. Em síntese, trata-se de atitudes relacionadas a hábitos e costumes quando passa a fazer parte do dia-a-dia das pessoas.

Só para exemplificar, alguns exemplos de mudança social que transformaram a sociedade:

  • Abolição da escravatura
  • Êxodo rural
  • Evolução dos meios de transportes
  • Direito de voto às mulheres

De acordo com o sociólogo canadense Guy Rocher (1924) a mudança social não é provisória, é constante e por isso afeta o desenvolvimento da sociedade.

O assunto é abordado recorrentemente em vestibulares do país inteiro, assim como no Enem. Desse modo, pode ser interessante conhecer melhor sobre ele.

Mudança Social – Conceito de diversos sociólogos

A mudança social é um assunto de muito relevância para o mundo da Sociologia. Diversos sociólogos apresentaram pontos de vistas variados sobre a dinâmica do tema, veja:

  • Augusto Comte: Segundo Comte, a relevância da mudança era importante desde que a ordem não fosse prejudicada, de modo que é contra a revolução.
  • Max Weber: Para Max Weber, a mudança da sociedade é derivada da origem do capitalismo, sobretudo através do resultado do progresso e urbanização.
  • Karl Marx: Segundo Karl Marx as condições econômicas, assim como, a luta entre as classes são sobretudo as causas da mudança social.
  • Émile Durkheim: O sociólogo associa a mudança social as relações de trabalho, descartando as necessidades de revolução.

Características da mudança social

Para determinar a importância da mudança social, pode-se utilizar a rapidez como fator. Visto que ela varia de acordo com o meio que está inserida. Por exemplo, ela ocorre mais rapidamente nos meios urbanos.

Como ela se espalha por diversos grupos, e muda significativamente a vida dos seres humanos, a coletividade é outro fator importantíssimo.

As mudanças podem ser eternas, mas de certo elas terão uma longa durabilidade. Desse modo, pode-se destacar a sua permanência.

Principais tipos

As mudanças sociais são diversas e constantes. Dessa maneira, por exemplo, os meios de transporte evoluíram, a moda, a música, na tecnologia, entre outros. Podemos citar também:

  • Direitos femininos: No ano de 1933 as mulheres conquistaram o direito a voto. Assim como, na Revolução Industrial começaram a trabalhar fora, um direito adquirido, em meio a uma sociedade patriarcal.
  • Modelos de família: Nos dias de hoje existe maior liberdade na relação entre pais e filhos, além disso, as famílias têm tido menos filhos.
  • Trabalho: Nos dias de hoje, tem-se longas jornadas de trabalho, entretanto o modelo de home-office (trabalho em casa) tornou-se uma realidade.
  • Cultural: Com o mundo cada vez mais globalizado em decorrência dos avanços tecnológicos. A integração de costumes de culturas proporcionou mudanças significativas em diversos aspectos.

Causa e Consequência

A tecnologia assumiu o papel principal da mudança social. É através dela que as pessoas conseguem se comunicar em tempo real de qualquer parte do mundo.

Além disso, proporcionou avanços em diversas áreas, como a medicina por exemplo. Porém, existem diversas formas dela se desenvolver, algumas vezes de forma involuntária.

Além disso, fatores geográficos, culturais, religiosos e econômicos, estão na lista de elementos que fazem parte da mudança social.

Não deixe de ler também – Sociologia no ENEM: O que pode cair e dicas para estudar

1 comentário
  1. Gabriel Silva Diz

    Estou utilizando o aplicativo espião no celular da minha filha para conseguir ver tudo que ela acessa ou com quem ela conversa. É muito bom fiquei impressionado como é simples e fácil de usar recomendo muito usarem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.