Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Serasa: Brasil possui cerca de 65,5 milhões de inadimplentes

Dados divulgados recentemente pelo Serasa, afirmam que o Brasil possui atualmente 65,5 milhões de inadimplentes. Apesar da porcentagem ser bastante alta, esse é o menor número em um ano. O valor médio das dívidas no país é de R$ 3.937,38 por pessoa.

Um levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) analisou que quase 80% dos consumidores brasileiros vivem no limite do orçamento e sem uma reserva de emergências.

Além disso, o superintendente de finanças do SPC, Flávio Borges, afirmou que as pessoas acabam se acomodando com o fato de estarem com o nome sujo.  “Então, entre limpar o nome e viver a simbologias e consumo, como a do Natal, que está associada ao presente, ela prefere manter o costume, e continua consumindo em vez de limpar o nome e quitar dívidas”, disse.

Com esse número bastante expressivo de inadimplentes no país, os nomes Serasa e SPC são muito comentados. Apesar disso, grande parte da população ainda confunde as funcionalidades e origem dessas empresas, portanto, abordaremos a finalidade de ambas.

Funcionalidades do Serasa

Diferente do que muitos pensam, o governo não é responsável pelo Serasa. Sendo assim, o Serasa é uma empresa privada que tem por objetivo a análise e o fornecimento de informações necessárias para o concedimento de crédito ao consumidor. Ademais, a empresa apresenta registros de ações judiciais, cheques sem fundo, protesto de títulos e outras informações encontradas em fontes públicas e oficiais.

Todas essas informações podem ser fornecidas às empresas que contratam os serviços do Serasa. Além disso, no banco de dados desse serviço de proteção ao crédito, é possível encontrar informações não só de pessoas físicas, como também jurídicas.

A empresa foi criada no ano de 1968 e faz parte do Grupo Experian desde 2007. Atualmente, é possível consultar a situação do CPF diretamente pelo site ou aplicativo. Para isso, basta selecionar a opção “consultar dívidas” e realizar o cadastro informando alguns dados, como CPF, data de nascimento, endereço de e-mail e nome completo.

Depois de realizado o cadastro, o usuário tem acesso ao seu Score, saldo da carteira digital e pendências em seu CPF. Por essa plataforma digital também é possível monitorar dívidas, realizar acordos, acompanhar protestos, entre outras funcionalidades.

Informações sobre o SPC

O SPC é o sistema de informações das Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDL), portanto, também se trata de uma empresa privada. Esse sistema funciona como um banco de dados com informações sobre a situação de crédito de pessoas físicas e jurídicas.

O sistema auxilia as empresas na hora de conceder ou não crédito aos clientes. Para consultar o sistema SPC, o consumidor precisa comparecer em alguma das entidades associadas ao SPC, podendo ser as câmaras de dirigentes lojistas ou associações comerciais.

Assim como a plataforma Serasa, também é possível consultar o sistema SPC por meio eletrônico. Para isso, basta acessar o site ou aplicativo do SPC Brasil e clicar em “consultar CPF”. Contudo, para realizar a consulta online é cobrada uma tarifa. Todos os planos disponibilizados pela empresa podem ser conferidos em seu site.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.