SAIU edital para o Observatório Nacional: ganhos acima de R$ 6 mil; veja como se inscrever

Ao todo, o Observatório Nacional oferece 22 vagas para contratação imediata, além de vagas para formação de cadastro reserva.

Observatório Nacional divulgou dois novos editais com vagas para pesquisadores e tecnologista.

Saiu nesta quarta-feira, 29, os dois novos editais de concursos públicos destinados para o Observatório Nacional, da Unidade de Pesquisa pertencente à estrutura do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (ON – MCTI).

Para concorrer a uma das vagas, os candidatos devem ter nível superior completo para os cargos de pesquisador e tecnologista.

Confira mais informações.

Quais são as vagas?

Ao todo, o Observatório Nacional oferece 22 vagas para contratação imediata, além de vagas para formação de cadastro reserva.

Confira a disponibilidade de cargos e vagas por edital a seguir:

Edital nº 01

  • Pesquisador com título de Doutor – 13 vagas.

Edital nº 02

  • Tecnologista – 9 vagas.

Os salários oferecidos pelo ON – MCTI variam entre R$ 5.913,57 a R$ 6.710,29 dependendo do cargo para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

SAIU edital para o Observatório Nacional: ganhos acima de R$ 6 mil; veja como se inscrever
Ao todo, o Observatório Nacional oferece 22 vagas para contratação imediata, além de vagas para formação de cadastro reserva. Imagem: Wikipédia

Quem pode se candidatar?

Para concorrer a uma das vagas, o candidato deve comprovar os seguintes requisitos:

  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa com direitos e obrigações políticas e civis reconhecidos no País;
  • Ter, no mínimo, 18 anos completos até a data da contratação;
  • Ter cumprido as obrigações e encargos militares previstos em lei, se do sexo masculino;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • Possuir os requisitos mínimos de ingresso exigidos para o desempenho da função;
  • Não receber Proventos de Aposentadoria decorrente do Artigo 40 ou dos Artigos 42 e 142, com proibição prevista no §10 do Artigo 37, da Constituição Federal;
  • Não exercer Cargo, Emprego ou Função Pública remunerada em qualquer dos Órgãos da Administração Direta, Indireta e Fundacional do Governo Federal, Estadual ou Municipal, Autarquias, Empresas Públicas, Sociedades de Economia Mista, suas subsidiárias e sociedade controladas, direta ou indiretamente, pelo poder público, ou em qualquer um dos Poderes, senão naqueles casos previstos nas alíneas “a”, “b” e “c”, do inciso XVI, do artigo 37 da Constituição Federal;
  • Não ter sofrido no exercício de função pública penalidade de demissão;
  • Não estar condenado por sentença criminal transitada em julgado e não cumprida;
  • Não participar de gerência ou administração de empresa privada, de sociedade civil ou exercer o comércio, exceto na qualidade de acionista, cotista ou comanditário.

Como se inscrever?

Os interessados em participar dos concursos do ON – MCTI têm entre os dias 18 de dezembro de 2023 a 8 de março de 2024 para realizar a inscrição nos certames.

O preenchimento da ficha de inscrição deve ser feito diretamente pelo site.

O valor da taxa de inscrição varia entre R$ 125,00 a R$ 150,00 dependendo do cargo pretendido pelo candidato.

Os candidatos que estão desempregados ou que estão inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico podem solicitar a isenção da taxa de inscrição.

A entidade responsável pelo certame verificará perante o órgão gestor do CadÚnico a veracidade das informações prestadas pelo candidato para fins de confirmação do pedido de isenção.

Os dados constantes da ficha de inscrição são de inteira responsabilidade do candidato, inclusive quanto aos erros, omissões ou incorreções.

Em caso de falsa declaração o candidato estará sujeito às sanções previstas em lei, aplicando-se, ainda, o disposto no parágrafo único do artigo 1.º do Decreto Federal n.° 83.936, de 06 de setembro de 1979.

Quais as etapas de seleção?

Os concursos públicos para o ON – MCTI contarão com as seguintes etapas:

  • Prova escrita de caráter eliminatório e classificatório.
  • Prova de títulos de caráter classificatório.
  • Arguição oral de caráter eliminatório e classificatório.
  • Defesa pública de memorial de caráter eliminatório e classificatório.

As aplicações das provas escritas estão previstas para os dias 29 de abril ao dia 24 de maio de 2024.

Clique aqui para acessar os editais na íntegra e conferir maiores informações como o cronograma completo, o conteúdo programático das provas e as atribuições de cada cargo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.