Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Saiba o que foi a REVOLUÇÃO DE 1930!

A Revolução de 1930: sua importância

Você sabe o que foi a Revolução de 1930?

Esse evento é extremamente importante para a história do Brasil já que ele representa o início da Era Vargas.

Com essa revolução, Getúlio Vargas derrubou o último presidente da República Velha e iniciou um novo tipo de governo.

É importante notar que esse evento é principalmente cobrado em vestibulares paulistas, como aqueles da Vunesp e da Fuvest.

O artigo de hoje vai, então, trazer um resumo sobre tudo o que você precisa saber sobre esse assunto.

A Revolução de 30: Definição

A Revolução de 1930, também conhecida simplesmente como Revolução de 30, foi um golpe de Estado que colocou fim ao período conhecido como República Velha, depondo o presidente Washington Luís.

O movimento envolveu uma série de estados brasileiros. Porém, os estados de  Minas Gerais, Paraíba e Rio Grande do Sul tiveram principal participação no movimento.

Além disso, a revolução impediu a posse do presidente eleito Júlio Prestes, sob alegação de fraude eleitoral e devido à crise econômica que assolava o país desde 1929.

A Revolução de 30: antecedentes históricos

Até o dia da Revolução, a política brasileira era controlada pelas oligarquias de Minas Gerais e de São Paulo. Justamente por isso é que o período também é chamado de República Oligárquica.

Porém, a Crise de 1929 atingiu profundamente a economia brasileira, provocando o desemprego e a inflação. Esses dois fatores contribuíram para o crescimento da insatisfação popular com o governo federal e estadual.

Além disso, os oficiais de baixa patente do Exército estavam descontentes com as inúmeras desigualdades que enfrentavam. Vale lembrar que esses grupos já haviam se manifestado em anos anteriores.

Revolução de 30: as eleições de 1930

Em 1929, Washington Luís nomeou o paulista Júlio Prestes como seu sucessor. Porém, essa indicação rompia com a alternância de poderes entre Minas Gerais e São Paulo.

Assim, alguns estados passaram a apoiar Getúlio Vargas, governador do Rio Grande do Sul, como uma forte oposição.

Porém, Prestes foi eleito em 1930. Os estados da oposição alegaram fraude e tudo piorou quando o vice de Vargas foi assassinado.

Assim, Vargas e os militares que o apoiaram foram para o Rio de Janeiro, capital do país, forçar Washington Luís a se retirar do poder.

Dessa forma, em 1930 Vargas se tornou presidente do Governo Provisório, revogando a Constituição de 1891 e governando por decretos.

 

 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.