Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Saiba o que fazer e o que não fazer no seu perfil no LinkedIn

A relevância de um bom perfil no LinkedIn

Um bom perfil no LinkedIn é importante para o candidato conquistar novas oportunidades profissionais. Visto que a interação nessa rede social é elevada, e abrange líderes, recrutadores e profissionais.

Além disso, o perfil no LinkedIn é uma forma de promover a sua imagem, alcançar várias empresas e receber propostas diversas, ainda que esteja trabalhando. Por isso, é mais do que um currículo, é uma fonte de oportunidades.

O LinkedIn tem mais de 690 milhões de usuários

Conforme informações da Microsoft, o LinkedIn tem mais de 690 milhões de usuários. Por isso, é importante que o perfil do candidato seja elaborado de forma dinâmica e atrativa, gerando novas oportunidades.

Além disso, 72% dos recrutadores usam o LinkedIn como a principal fonte de recrutamento, outra boa razão para fazer uso dessa plataforma. 

Atualizações dinâmicas e troca de informações 

Bem como, através dessa plataforma, é possível trocar experiências com outros profissionais da sua área e acompanhar tendências do mercado. Sendo assim, o LinkedIn é uma fonte de atualizações dinâmicas.

As empresas checam o perfil dos candidatos no LinkedIn

Além disso, mesmo as empresas que usam outros canais para divulgar suas vagas costumam usar o LinkedIn para checar o perfil dos candidatos.

Sendo assim, é importante que ao criar um perfil no LinkedIn é importante se atentar a alguns pontos para que tenha um perfil resolutivo.

O que devo evitar no LinkedIn?

Por exemplo, evite os seguintes pontos:

  • Foto de baixa qualidade ou muito casual;
  • Erros de português;
  • Deixar campo importantes em aberto como “Sobre e Competências”;
  • Deixar a URL sem seu nome (URL personalizada);
  • Não informar as experiências;
  • Não informar objetivo;
  • Ausência de interações;
  • Incluir informações incompletas;
  • Dentre outros pontos.

Sendo assim, é importante que se atente ao que você deve fazer para ter um perfil dinâmico no LinkedIn.

O que devo fazer no meu perfil do LinkedIn?
  • Inclua uma foto profissional no seu perfil;
  • Coloque um título na sua apresentação (algo além do seu cargo);
  • No campo “Sobre” resuma a sua trajetória e coloque seus propósitos;
  • Inclua competências (elas são buscadas no filtro da ferramenta);
  • Faça uso do campo “Adicionar seção do perfil”, pois poderá incluir:
  • Trabalhos voluntários;
  • Licenças e certificados;
  • Competências;
  • Publicações;
  • Patentes;
  • Cursos realizados;
  • Projetos relevantes;
  • Reconhecimentos e prêmios;
  • Notas de provas;
  • Idiomas que você realmente domina;
  • Organizações e comunidades com as quais você se envolveu, por qualquer assunto.

Certamente esses pontos farão o seu perfil no LinkedIn ser um sucesso e você aumentará as suas chances de alcançar seus objetivos profissionais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.