Saiba mais a previsão do tempo no Brasil com chuvas e ventos intensos

Confira quais serão as regiões atingidas no país nessa semana

Quer saber se sua cidade será atingida com chuvas e ventos intensos nessa semana? Nesse período do ano, com o verão elevando as temperaturas, essas tempestades são constantes. Diante disso, veja agora a questão das chuvas e ventos intensos que atingem enorme parte do Brasil nessa semana.

Saiba mais sobre os climas do Brasil

Por ser um país extenso, com mais de 8.500.00 Km² de área, o Brasil se encontra sendo o maior país da América Latina e um dos maiores do mundo. Com essa grandeza, os elementos físicos tem maior expressividade, como biomas diversificados, desde a Amazônia até o Cerrado. Mas, sobretudo, os múltiplos climas são extremamente singulares, sendo isso uma das causas para as chuvas e ventos intensos em enorme parte do Brasil.

O Brasil apresenta diversos tipos de climas, sendo os principais: o semiárido, o equatorial, o subtropical, o tropical de altitude e o tropical atlântico.

O clima não é delimitado pelas regiões do Brasil, como Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste ou Sul. Na verdade, dá para ver sua atuação em determinadas áreas, sendo notado um padrão nesses locais.

Diante disso, o clima equatorial ocorre em grande parte da região norte do Brasil. Enquanto, o tropical de altitude atinge os planaltos elevados na região sudeste. Já, o semiárido em uma parte menos litorânea do nordeste e o subtropical ocorre principalmente na região sul do Brasil. Por fim, o clima tropical atlântico atinge toda a região litorânea do país.

Mas de qualquer modo, as chuvas e ventos intensos que atingem enorme parte do Brasil são explicados através de uma análise de trópicos e da latitude.

Como o verão implica nas chuvas e ventos intensos no Brasil

O verão é a estação mais quente e consequentemente a que mais chove. Isso se deve ao fato de que, o ar fica mais quente e com maior capacidade de armazenamento de vapor. Logo, o que após o grande acúmulo, precipita gerando as chuvas e ventos intensos que atingem enorme parte do Brasil.

Tal umidade armazenada, vem da constância dos raios solares e das temperaturas elevadas que fazem com que as águas dos mares, rios, lagos, florestas e até mesmo do nosso corpo (em forma de suor), evapore com muita facilidade.

Devido a essas inúmeras fontes de vapor, as nuvens ficam assim carregadas e geram chuvas e ventos intensos em enorme parte do Brasil. Entretanto, essas tempestades não costumam demorar muito. Mas, como a todo tempo a temperatura está alta, a recorrência dessas precipitações persiste.

Por isso, confira agora as cidades com maiores riscos de chuvas e ventos intensos em enorme parte do Brasil.

Confira as áreas com a previsão de chuvas e ventos intensos no Brasil

Agora confira a lista de áreas com previsão de chuvas e ventos intensos que atingem enorme parte do Brasil. São elas:

Então, começando pelo norte e nordeste do Brasil, essas são as regiões atingidas: Nordeste Paraense, Sul cearense, Sudeste Paraense, Oeste Maranhense, Norte Cearense, Noroeste Cearense, Sudeste Piauiense, Sertões Cearenses, Oeste Potiguar, Central Potiguar, Leste Maranhense, São Francisco Pernambucano, Centro-Norte Piauiense, Sertão Paraibano, Ocidental Tocantins, Baixo Amazonas.

Além dessas áreas, ainda há: Sudoeste Paraense, Jaguaribe, Centro Amazonense, Sudoeste Piauiense, Norte Maranhense, Centro-Sul Cearense, Norte Mato-grossense, Sul Amazonense, Metropolitana de Fortaleza, Centro Maranhense, Sertão Pernambucano, Marajó, Sul Maranhense, Norte Amazonense, Norte Piauiense, Sul de Roraima, Vale São-Francisco da Bahia, Leste Potiguar, Sudoeste Amazonense, Agreste Potiguar e Sul do Amapá.

Os benefícios das chuvas intensas

Agora que já viu a previsão do tempo e as chuvas e ventos intensos que atingem enorme parte do Brasil, aqui estão alguns benefícios para te tranquilizar caso a sua área esteja na trajetória dessa chuva intensa.

De fato, os temporais podem causar muitas tragédias. No entanto, também são importantíssimos para três pontos fundamentais: abaixar a temperatura, encher reservatórios de água e aumentar a produção de energia.

Abaixar a temperatura é um clássico, mas também muito necessário. Pois, o verão tem o calor mais expressivo nas zonas equatoriais e tropicais, que são mais de 60% da área do Brasil. Então, para dar aquela refrescada, essas chuvas são essenciais.

Com base nas informações acima, as chuvas e ventos intensos são a melhor opção no verão para suprir as demandas de água da população. Pois na estação mais quente, se usa mais água. Desse modo, diminui os riscos da falta de água.

Por fim, também cresce a produção de energia hidrelétrica. Pois com o aumento do volume de água nos rios que com represas, a produção evolui de forma natural. Consequentemente, evitando aumento de contas de luz e possíveis “blackouts” durante o verão.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.