Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Rio paga segunda parcela de Auxílio estadual para 53 mil

De acordo com informações do Governo do estado, cerca de 53 mil pessoas receberam a segunda parcela do Auxílio local nesta quarta (30)

Cerca de 53 mil pessoas receberam nesta sexta-feira (30) a segunda parcela do Auxílio Emergencial do estado do Rio de Janeiro. O programa em questão é conhecido como Supera RJ. Neste momento, apenas os usuários que receberam a primeira rodada de pagamentos é que podem receber o dinheiro deste segundo ciclo.

De acordo com as informações do Governo local, essa segunda parcela chegou para este público por meio de uma recarga automática. Vale lembrar que esses cidadãos que estão recebendo esse benefício estão com um cartão oficial do programa. Esta foi uma das maneiras que o Governo encontrou para tentar evitar fraudes no sistema.

Segundo as informações oficiais, o programa tem como foco as pessoas que vivem em situação de pobreza e de extrema pobreza no estado do Rio de Janeiro. Em tese, elas não precisam fazer nada para receber esse dinheiro da segunda parcela. É que o próprio Governo faz a recarga de forma automática. 

Vale lembrar que no início desta semana o Governo do estado do Rio de Janeiro inseriu no programa mais 22 mil pessoas por meio do Cadúnico. Além disso, eles também adicionaram outros 33 mil cidadãos que estavam em situação de desemprego. Esse grupo de novos beneficiários não recebeu esse dinheiro da segunda parcela ainda.

E na verdade essas pessoas não receberam nem o primeiro montante. É que como eles entraram no projeto só agora, então precisarão esperar mais algum tempo pelo cartão do benefício. De acordo com o Governo do estado, eles pegarão esse material até, no máximo, o próximo dia 10 de julho. Os utensílios estarão com a recarga ativa, ou seja, com o dinheiro liberado. Pelo menos essa é a promessa.

Auxílio no Rio de Janeiro

De acordo com as informações oficiais do Governo do Rio de Janeiro, esse programa paga uma base de R$ 200 para famílias que estão em situação de carência neste momento da pandemia do novo coronavírus. Esse valor, no entanto, não é uma regra.

É que cada família ganha um adicional de R$ 50 para cada filho menor de idade que mora na mesma casa, desde que se respeite o limite de R$ 300 nos pagamentos. Então uma família com uma criança ganha R$ 250.

Se uma casa tem duas crianças menores de idade, então a liberação será de R$ 300. E se o mesmo lar registrar três filhos ou mais com menos de 18 anos, eles também recebem R$ 300. Isso porque esse é o valor máximo dos repasses do Governo do estado.

Estados

Desde o início do ano, vários governadores de estados decidiram começar a fazer pagamentos de auxílios para a população mais humilde. A ideia é ajudar as pessoas neste momento de fechamentos de atividades nesta pandemia.

Alguns locais estão preferindo realizar os repasses com base apenas no critério social. Eles estão pagando esses benefícios para pessoas que estão em situação de pobreza e de extrema pobreza. Esse, por exemplo, é o caso do Rio de Janeiro.

Em outros locais, no entanto, esses repasses estão acontecendo com base nas classes trabalhistas. É que esses governos entendem que pessoas que trabalham em algumas áreas específicas estão sofrendo mais do que outros empregados neste momento.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.