Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Resumo de Geografia: os Escudos Cristalinos

Confira um resumo sobre o assunto!

Escudos Cristalinos: o que você precisa saber

O termo “escudos cristalinos” é utilizado em referência a um tipo de formação geológica em que se encontram os minérios.

O assunto é muito cobrado em questões de geografia, principalmente aquelas do ENEM e dos vestibulares.

Assim, para que você se prepare de forma adequada, o artigo de hoje separou um resumo com as principais características dos escudos cristalinos. 

Escudos Cristalinos: definição 

Os escudos cristalinos, também chamados de maciços antigos, são formações rochosas da era Pré-Cambriana, e do início da era Paleozóica, que foram desenvolvidas nos primeiros milhões de anos da formação do planeta Terra: por volta de 570 milhões de anos a três bilhões de anos atrás. 

Ainda, podemos dizer que os escudos cristalinos são os responsáveis por abrigar as rochas mais antigas e resistentes da terra, que resistem à erosão e às intempéries da natureza.

Escudos Cristalinos: onde se encontram?

No Brasil, os escudos cristalinos ocupam cerca de 36% do território, sendo que alguns se destacam, como o Escudo das Guianas, no extremo norte do país, o escudo do Brasil Central, que está localizado na região Centro Norte e o Escudo Atlântico, encontrado na região centro-leste do Brasil.

Escudos Cristalinos: importância

Os escudos cristalinos abrigam grande quantidade de recursos minerais, principalmente os metálicos, como o cobre, o ouro e o ferro. 

É justamente devido à presença dos escudos que grandes recursos minerais são explorados em determinadas áreas do Brasil, como no estado de Minas Gerais e no Pará, na região de Carajás. A exploração, principalmente aquela de minério de ferro, faz do Brasil um dos maiores exportadores de minerais de todo o mundo, fator de grande importância para a economia brasileira.

Escudos Cristalinos: no ENEM

Além do que já foi citado, temos que notar que as áreas de escudos cristalinos possuem baixa incidência de abalos sísmicos. Assim sendo, elas não estão sujeitas a terremotos ou outras manifestações dessa natureza.

Ainda, minerais não metálicos também estão presentes nos escudos cristalinos e exemplos deles são o cloreto de sódio, o enxofre,, o carvão mineral, os nitratos, a areia, o petróleo, entre outros.

Por fim, devemos dizer que os escudos cristalinos abrigam rochas magmáticas e metamórficas. 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.