Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

PROTOCOLADA nova extensão do auxílio emergencial 2021 com valor de R$1.000

Um novo Projeto de Lei 5009/20 prevê a criação de um novo auxílio emergencial no valor de R$1.000 por mês. De acordo com o texto da proposta, o benefício será pago pelo período de 12 meses.

A nova proposta, já em trâmite na Câmara dos Deputados, vai beneficiar indígenas, quilombolas, ribeirinhos, pescadores artesanais, membros de outras comunidades tradicionais e assentados do programa de reforma agrária. Em resumo, visa beneficiar moradores do bioma Pantanal que tiveram a área onde vivem atingida por incêndios.

De acordo com a justificativa do texto, apresentada pelos autores da proposta, deputada Professora Rosa Neide (PT-MT) e outros 12 deputados, ressalta dificuldades, dores e prejuízos psicológicos e socioeconômicos decorrentes da tragédia provocada pelos incêndios no Pantanal. “Busca-se um socorro imediato, de emergência, aos que mais necessitam”, informa o texto.

Segundo dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), 92% das pequenas propriedades do Pantanal tiveram mais de 80% da área devastada pelo fogo.

O novo projeto estabelece que:

  • o auxílio emergencial não será pago a quem possuir outra fonte de renda, igual ou superior a R$ 500 por membro da família; e
  • aos que constem como dependente de declarante do Imposto de Renda.

No que se refere a número absolutos, significa que um total de 10.483 “minifúndios” e 4.887 “pequenas propriedades” tiveram mais de 80% da área atingida pelos incêndios.  O grupo é composto por:

  • cônjuge;
  • companheiro com o qual o contribuinte tenha filho ou com o qual conviva há mais de cinco anos; ou
  • filho ou enteado em duas hipóteses.

O texto faz uso de alguns dispositivos legais relacionados ao auxílio emergencial pago em decorrência da pandemia de Covid-19. O texto, por exemplo, autoriza os pagamentos por meio de conta do tipo poupança social digital. Além disso, proíbe a instituição financeira responsável pelo pagamento de efetuar descontos ou compensações.

Autoria

Confira quem são os treze deputados que assinam o Projeto de Lei 5009/20:

  • Professora Rosa Neide (PT-MT);
  • Alencar Santana Braga (PT-SP);
  • Nilto Tatto (PT-SP);
  • Célio Moura (PT-TO);
  • Camilo Capiberide (PSB-AP);
  • Professor Israel Batista (PV-DF);
  • Vander Loubet (PT-SP);
  • Alexandre Padilha (PT-SP);
  • Rodrigo Agostinho (PSB-SP);
  • Marcelo Freixo (PSOL-RJ);
  • Paulo Teixeira (PT-SP);
  • Merlog Solano (PT-PI);
  • Túlio Gadêlha (PDT-PE).

Proposta de prorrogação do auxílio de R$300 também foi protocolada

A incerteza sobre os pagamentos do auxílio emergencial em 2021 só aumenta com a chegada do fim de dezembro. Por conta disso, um novo projeto de lei (PL) que propõe a extensão do auxílio emergencial e a prorrogação do estado de calamidade pública até 31 de março de 2021. A ideia é do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE).

O projeto foi protocolado nesta semana. De acordo com o senador, já existem conversas com outros parlamentares sobre a iniciativa, mas ainda não há previsão para sua inclusão na pauta da Casa.

O auxílio emergencial e estado de calamidade pública estão previstos para terminar, juntos, em 31 de dezembro de 2020. O projeto apresentado pelo Senador Vieira propõe que esse prazo seja prorrogado até março de 2021 por conta dos impactos econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus. Sobretudo, ainda, que a pandemia continua e que a vacinação levará um tempo ainda indefinido para ser concluída.

“O fato é que, por conta da inércia do governo federal, simplesmente não teremos um programa nacional de vacinação em execução antes de março. É preciso fazer essa ponte para manter o mínimo de estabilidade social até lá”, disse o senador.

Os parlamentares tentarão votar na quarta-feira, 16 de dezembro, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) diretamente em plenário em sessão do Congresso. Após isso, os congressistas devem voltar às suas bases para as festas de fim de ano.

O auxílio emergencial, aprovado em março no Congresso, foi pago inicialmente por 3 meses com o valor de R$600 aos chamados vulneráveis. Após isso, o benefício foi estendido por mais 2 meses, com o mesmo valor. Por fim, em setembro, o benefício foi estendido em mais 4 parcelas até dezembro de 2020.

O Governo Federal chegou e estipular a criação de um novo programa de renda permanente, com valores maiores que os pagos pelo Bolsa Família, mas até o momento não foi possível incorporar o tema.

Veja também: Auxílio de R$300 tem 1ª, 2ª, 3ª e 4ª parcelas liberadas em lote final; veja qual receber

33 Comentários
  1. Marilza maltas neves pagini Diz

    Eu nao tenho trabalho tomo medicamentos de depressao eu nao tenho como comprar..moro zona rural…n ao tem calmo plantar..e n ao tenho como fazer uma consulta digna e nem fazer teatamento cm psicólogo e psiquiatra nao da pra pagar e nao tenho como conseguir pelo sua…demora muito tempo ate pra fazer exames…

  2. Josué Vicente Irmão Diz

    Muitos votaram no Bolsonaro e agora o mesmo trata esses com desprezo. Em 17 de março de 2020, início da pandemia do novo Coronavírus e de calamidade pública, Bolsonaro e seus aliados milicianos só queriam dar R$ 200,00 de auxílio emergencial. Mas os deputados federais e senadores da posição e partidos coligados aprovaram auxílio emergencial no valor de R$ 600,00 para solteiros sem filhos, pessoas desempregadas e vulneráveis sem nenhuma renda familiar e para mães solteiras auxílio emergencial no valor de R$ 1.200,00. Porém, esses valores foram pagos até julho de 2020 e de agosto até dezembro de 2020, Bolsonaro e seus aliados baixaram os valores – pagando somente R$ 300,00 e R$ 600,00. Portanto, sem vacina, sem controle da pandemia do novo Coronavírus e nova onda de COVID19, em 2021 vai ser necessário a continuidade do auxílio emergencial para as famílias desempregadas e vulneráveis sem nenhum meio de sobrevivência. Brasil é um país rico e existe muita gente rica sem impostos pagar. Uma Lei foi aprovada no Congresso da Argentina para taxar os bilionários argentinos e a mesma foi sancionada pelo presidente da Argentina. Sendo assim, o Congresso Nacional Brasileira deveria seguir o exemplo da Argentina e fazer o mesmo. Ou melhor: Aprovar uma Lei para taxar os bilionários brasileiros. Só fazem reformas políticas para tirar os direitos dos mais pobres e trabalhadores brasileiros. Os maiores sonegadores de impostos no Brasil, são os banqueiros, as grandes empresas e os bilionários. Segundo o sociólogo e Dr em sociologia Jessé Souza, anualmente 520 bilhões de dólares deixam de entrar nos cofres da Receita Federal Brasileira e os sonegadores de impostos são os banqueiros e as grandes empresas. A crise do Brasil não é crise econômica, mas crise de valores. Como afirmou Rui Veloso: “Se não houvesse crise de valores, não haveria crime econômica”. Em outras palavras, o Brasil precisa ter vergonha na cara. Não vem com essa história dizer que a culpa é de um só partido, mas de todos os partidos. Quase todos são da mesma panela. Até porque, o Brasil Oficial sempre foi corrompido, capitalista, ganancioso e dominante. O germe da corrupção é inerente à natureza humana e no Brasil o germe da corrupção política se alojou no período colonial até os dias atuais. Como pode um país tão rico, mas tão desigual? Todos nós não somos iguais perante a lei? Seria justo e direitos constitucionais dividir o que é nosso em termos iguais. Mas uns são privilegiados e protegidos e outros não? E mais, eles são acostumados dar esmolas para os trabalhadores brasileiros e para os desempregados e vulneráveis como o Brasil fosse pobre e não tivesse dinheiro. Brasil é tão rico que pode muito bem dar um auxílio emergencial no valor de R$ 1.045,00 aos desempregados e famílias vulneráveis até 31 de dezembro de 2021 ou até mesmo quanto durar a pandemia do novo Coronavírus e ser totalmente a população brasileira vacinada e pandemia controlada. Até quando vamos ter que aguentar isso é viver assim? Lembrem – se, a maior arma que podemos ter para lutar contra esses bandidos é o nosso voto. Assim, em 2022 aperte a tecla da urna eletrônica eleitoral do politicamente honesto e dos trabalhadores. Existem políticos honestos, seja de esquerda ou direita ou de centro. No entanto, o lugar de políticos, empresários e empresários religiosos charlatães bandidos e canalhas é a cadeia ou hospício penitenciário ou em uma jaula cheio de leões devorando os corpos de corrupção e criminosos desses desgraçados.

  3. Sissi Diz

    Nossa esse povo só q precisa? Vcs deputados são um bando de sarados,qtas mães q por causa dessa maldita pandemia estão desempregada,não ninguém está contratando ninguém tá uma vergonha e vcs corta o auxílio do povo, o negócio é invadir os supermercados p garantir o alimento doa filhos ne …..Seus ladrões diminuem seus salários seus chupansas

  4. Ponayna santos Diz

    Eu sou uma q era beneficiária pelo alxilio emergênciale nao tenho trabalho a minha última parcela foi agora dia 19 de dezembro eu sou mãe solteiro tenho 2 filhos pequenos que ainda se alimenta de leite toda noite vocês já param pra pensar nas crianças dos pais desempregados
    As escolas estão fechadas o Brasil pede socorro só queremos q os alimentos estejam com um valor mais baixo
    Antes da pamdemia era tudo muito difícil pra nois durante então nem se fala hoje eu tenho 1 pacote de fraldas pra minha bebê e 2 caixas de leite para meus filhos guando acabar mais sei oq vou fazer para alimentar minhas crianças só pesso piedade a DEUS porque está tudo muito difícil para nois de classe baixa

  5. Jailton Diz

    UM DEPUTADO FEDERAL OU ESTADUAL RECEBER EM MÉDIA PÔR MÊS SEM ATRASO CERCA DE $:33,378,00 ISSO SEM CONTA ÀS REGALIAS SOCIAIS QUE ELES TEM, MESMO DIANTE DE UMA PANDEMIA MUNDIAL E NO PAÍS OS DEPUTADOS, SENADORES, GOVERNADORES E PRESIDENTE DA REPÚBLICA TIVERAM SEUS SALÁRIO EM DIAS E PRA , PAGAR UMA MISÉRIA DE $300,00 FIZERAM DE TUDO PRA NÃO AMPLIAR ATÉ MARÇO SENDO QUE SÉRIA, MÁS 90,00 REAIS PRA UMA FAMÍLIA SOBREVIVER MAIS 90 DIAS, ISSO IRIA COLOCAR O BRASIL NA FALÊNCIA, TOMAR VERGONHA NA CARÁ REBANHO DE FILA DA PUTAS, PRA O POVO NÃO PODE MAIS PRA VCS TEM. BRASIL SÓ TEM CORRUPTO TODOS LADRÕES E MENTIROSOS

  6. Rogéria Costa de Paula Diz

    Ninguém pensa nos idosos que estão também sofrendo. Precos de comida dispararam . Misericordia. Nada foi dado aos idosos. Adiantaram o 13.o e chegou o Natal e os idosos ficaram sem dinheiro algum.

  7. Ilane Queiroz Santos Diz

    Sou mãe solteira, desempregada devido a pademia, o auxílio era o que estava pondo pão na minha mesa. Não sei o que fazer agora, ninguém está empregando, estou desesperada.

  8. Márcia Aparecida Cardoso Diz

    Eu mesmo to desempregada e não tenho outra renda

  9. Lismarcristinadecampos da silva Diz

    Bom o presidente e os políticos não estão nem aí pra Nois brasileiro de baixa renda eles querem mas q Nois se dane.isso é uma vergonha sem comentário. Até qdo vamos sofrer nas mãos desses políticos.

  10. Vivi Diz

    Penso que se um tem direitos todos tem que ter….1.000 reais deveria ser pra todos,pois todos somos brasileiros…..Trezentos reais ñ paga água luz aluguel.Infelizmente temos que aprender a sobreviver dia após dia….aposentados do LOAS Ñ tem décimo terceiro e aposentados e pensionistas do INSS querendo 14°salário…..enfim,desigualdade total!

  11. Silvio Batisteli Diz

    Querem acabar mesmo com o país

  12. Miriam aparecida de Melo Diz

    Eu recebi apenas a 3 parcela

  13. Rodrigo Pimenta Araujo Diz

    Rodrigo Pimenta Araujo
    CPF 034.389.502-19
    NAO Recebir auxilio nem um, porque Deputados vcs que a provao leis em Brasilia?
    Tenho todos os documents,
    Nao estou em cadastro unico.
    E nao tenho nem um tipo renda..eu echo que esse auxilio e pra alguns brasileiros selecionados, alguem sabe me responde o motivo de EU nao ter recebido,?

  14. Lucila m Freitas de souza Diz

    Injusto com os aposentados e pencionista deixar a todos sem condições de de fazer uma simples ceia de natal ,para estender auxílio emergencial, eu acho que quem merece uma ajuda agora são quem dependia do décimo terceiro e que ficou sem nenhum centavos no final do ano,

  15. Rodrigo Pimenta Araujo Diz

    Nao recebir meu auxilio emergencial , por que EU nao recebir, minha pergunta para a camara de Brasilia, falem ai Deputados ,vcs que aprovao as leis?
    . Tenho todos os documents necessario….
    .nao estou em cadastro unico…
    . Nao tenho nem uma renda..
    Meu cpf 034.389.502-19
    Rodrigo Pimenta Araujo
    Sera que so pra alguns Brasileiro, nao entendo o motivo de nao ter said.. mas mesmo assim ficou Olhando no diario oficial com um esperaça de receber..com os novos a provados….etc..

  16. DANIELA WIRTH CIPRIANI Diz

    E pros aposentados nada neh….

  17. Maria Aparecida Francisco Diz

    Queria saber se eh o mesmo valor a partir d janeiro 2021 ….nossa o governo sim deve fazer isto para o povo brasileiro porque …o povo brasileiro Necessita da ajudar pois sou Pernambucana e sim serviu e muito esse auxílio porque Tenho dois filhos e só não passei por aperto porque esse auxílio veio no momento certo na hora certa

  18. JULIANO DOS SANTOS CORREA Diz

    Graças a Deus o auxílio está me ajudando muito! Agradeço de coração o governo federal”Deus acima de tudo e o Brasil para todos “muita esperança para todos e muita fé em Deus,Deus nos abençoe em 2021.

  19. Valéria Aparecida Diz

    Com certeza não dá, com o valor do custo de vida se realmente fosse mais ajudaria muito, não estou trabalhando tenho duas meninas comigo desde que começou a pandemia, uma de 2 e uma de 6 , hoje 7 e 3 são meus amores. Mais tem muitas famílias estão passando aperto muito grande,sem poder pagar as contas principalmente alimentação, estamos sempre pagando impostos em tudo. Poderia ser pensado com mais humanidade ajudando mais as pessoas. Deus abençoe em nome de Jesus!

  20. Amanda Diz

    Com a fome vem a violência, com a violência vem o medo .
    Daqui a pouco veremos cidadão sendo preso por roubar comida, governo sem estrutura ,sem saúde, a única coisa que fez foi o auxílio. Obrigado até.
    E o povo aí ficando a ver navios ,morrendo como gado.

  21. Givanil+Araujo+dos+Santos Diz

    É de extrema importância que o governo entenda que o Brasil ainda está em estado de calamidade publica, ainda tem brasileiros passando fome, sem emprego é impossível levar o pão de cada dia para casa. Os governantes do Brasil tem que dar uma resposta já para a sociedade para amenizar o tombo financeiro que a população sofre todos os dias. Eles nunca vivenciaram as necessidades da população brasileira, os brasileiros passa fome por falta de respeito e responsabilidade dos dirigentes governamentais brasileiro, só querem que a população brasileira se comprometa com votos para que eles consigam chegar ao um status de vida. E deixam os brasileiros esquecidos, e ainda prometem mosquinhas e não cumpre.

  22. Robson Rodrigues Diz

    A verdade o que interessa a eles do governo federal e defender o deles.e as migalhas vai para o Povo..esse mesmo povo que elegem eles.porque eles não vão para o exterior fazer uma reciclagem ..para vê co ser administra um país.hoje a pandemia e pior do que antes.e nem hospitais o povo consequem ter.muitos morrendo por falta de atendimento .pois as verbas foram sumidas . esse STF tinha que ser destruído e o povo tinha que nunca mais ninguém votar pois somos um país democrático.

  23. Valdir Diz

    É inacreditável que partidos propõem recursos para uma parcela da população que nada contribuíram para a economia do Brasil, e mais uma vez, esquece dos aposentados que contribuíram com mais de 30 anos.
    Os políticos, em sua maioria, incompetentes pensam apenas em fazer politicagem e aumentar seus próprios salário pago por nós.

  24. Evandro silveira Diz

    Kkkkkkkkk Todo dua tem protocolo de extensão desse auxílio,, mas que não vai da em NADA…..CABÔ.

  25. JOSINALDO DO NASCIMENTO SILVA Diz

    Eu Josinaldo feirante recebi o auxílio emergencial devido o surto do COVIDE e em decorrência do surto fiquei parado sem dinheiro para investimento nas minhas mercadorias,portanto eu acredito ser muito necessário que o o auxílio se extensa para ,minha maior necessidade que é o alimento moro de favor na casa de uma amiga antiga e fico até com.vergonha de não colaborar em nada se 300 r$ não dá pra nada de acordo com os preços altíssimo imagina sem os 300 00R$ É essa moça que me deu moradia trabalha fazendo unha em casa poxa não sei mas oque faço estou desnorteado.

  26. Marcos Diz

    Interessante Paulo Guedes e o Bolsonaro que nunca querem aliviar as dores dos mais pobres.
    Concerteza nunca passaram fome.

  27. Ana Cristina Diz

    Bando de sem vergonha dinheiro pra aumentar salario de prefeito,vice prefeito e companhia tem ,agora pra dar uma miséria de 300 reais é um xororó corja de bandidos malditos essas pragas quando morrer nem o capeta vai querer…dinheiro pra corrupção tem pra guarda na cueca tem pra lavar dinheiro tem pra pagar escola particular de 3 mil reais para os filhinhos tem e pobre que f….

  28. Rr.. Diz

    Bom a verdade e uma só,sabemos sim q o auxílio ajuda algumas pessoas no caso as mães solteira. O pior a saber q muita gente q nem pagou ou trabalhou pegar um dinheiro q não acho justo até msm pq,muitos pais de família foram mandado embora e hj não te ajuda nenhuma.Nao tem auxílio ate pq não pode mais cadastrar,não tem parcelas extras do seguro,pq eles gastaram dinheiro desfavorecendo os trabalhadores,não podemos procurar algum tipo de emprego temporário, pois o governador após as eleições está fechando tudo. E aí me diz e nós como ficamos,qual tipo de ajuda ou auxilio vamos ou podemos ter. Pq batalhamos até hj,pagamos nossos impostos,e contribuição para morrer na praia.Pq até o momento não ouvi de verdade q iriam ajudar o desempregado. Cogitaram mas não o fizeram

  29. Renan Pereira Diz

    Mais está em Recesso a câmera de deputados…como podem protocolar essa lei.

  30. Márcia Diz

    Gente quem sobrevive com auxílio de 300 reais nessa crise com o valor de alimento disparado o Brasil é uma vergonha teria que ser no mínimo um salário para cada família que necessita nesse momento terrível que estamos passando.O nosso país está afundando cada vez mais . Enquanto outros países estão ajudando sua nação a superar essa pandemia o nosso país está afundando a nossa.

    1. Letícia Diz

      Sou professora contratada e tem sido muito difícil esse período, pois as aulas não tem previsão de voltar e nós todos contratados da educação no município onde moro tiveram seus contratos suspensos. Desde Março nessa situação. Somente Deus por nós mesmo😔

    2. joao Diz

      concordo Márcia é uma vergonha! em quanto isso o estados unidos vai pagar o auxílio à partir de janeiro de 2000 dólares.

      1. Josué Vicente Irmão Diz

        Muitos votaram no Bolsonaro e agora o mesmo trata esses com desprezo. Em 17 de março de 2020, início da pandemia do novo Coronavírus e de calamidade pública, Bolsonaro e seus aliados milicianos só queriam dar R$ 200,00 de auxílio emergencial. Mas os deputados federais e senadores da posição e partidos coligados aprovaram auxílio emergencial no valor de R$ 600,00 para solteiros sem filhos, pessoas desempregadas e vulneráveis sem nenhuma renda familiar e para mães solteiras auxílio emergencial no valor de R$ 1.200,00. Porém, esses valores foram pagos até julho de 2020 e de agosto até dezembro de 2020, Bolsonaro e seus aliados baixaram os valores – pagando somente R$ 300,00 e R$ 600,00. Portanto, sem vacina, sem controle da pandemia do novo Coronavírus e nova onda de COVID19, em 2021 vai ser necessário a continuidade do auxílio emergencial para as famílias desempregadas e vulneráveis sem nenhum meio de sobrevivência. Brasil é um país rico e existe muita gente rica sem impostos pagar. Uma Lei foi aprovada no Congresso da Argentina para taxar os bilionários argentinos e a mesma foi sancionada pelo presidente da Argentina. Sendo assim, o Congresso Nacional Brasileira deveria seguir o exemplo da Argentina e fazer o mesmo. Ou melhor: Aprovar uma Lei para taxar os bilionários brasileiros. Só fazem reformas políticas para tirar os direitos dos mais pobres e trabalhadores brasileiros. Os maiores sonegadores de impostos no Brasil, são os banqueiros, as grandes empresas e os bilionários. Segundo o sociólogo e Dr em sociologia Jessé Souza, anualmente 520 bilhões de dólares deixam de entrar nos cofres da Receita Federal Brasileira e os sonegadores de impostos são os banqueiros e as grandes empresas. A crise do Brasil não é crise econômica, mas crise de valores. Como afirmou Rui Veloso: “Se não houvesse crise de valores, não haveria crime econômica”. Em outras palavras, o Brasil precisa ter vergonha na cara. Não vem com essa história dizer que a culpa é de um só partido, mas de todos os partidos. Quase todos são da mesma panela. Até porque, o Brasil Oficial sempre foi corrompido, capitalista, ganancioso e dominante. O germe da corrupção é inerente à natureza humana e no Brasil o germe da corrupção política se alojou no período colonial até os dias atuais. Como pode um país tão rico, mas tão desigual? Todos nós não somos iguais perante a lei? Seria justo e direitos constitucionais dividir o que é nosso em termos iguais. Mas uns são privilegiados e protegidos e outros não? E mais, eles são acostumados dar esmolas para os trabalhadores brasileiros e para os desempregados e vulneráveis como o Brasil fosse pobre e não tivesse dinheiro. Brasil é tão rico que pode muito bem dar um auxílio emergencial aos desempregados e famílias vulneráveis até 31 de dezembro de 2021 ou até mesmo quanto durar a pandemia do novo Coronavírus e ser totalmente a população brasileira vacina e pandemia controlada. Até quando vamos ter que aguentar isso é viver assim? Lembrem – se, a maior arma que podemos ter para lutar contra esses bandidos é o nosso voto. Assim, em 2022 aperte a teclado da urna eletrônica eleitoral do politicamente honesto e dos trabalhadores. Existem políticos honestos, seja de esquerda ou direita ou de centro. No entanto, o lugar de políticos, empresários e empresários religiosos charlatães bandidos e canalhas é a cadeia ou hospício penitenciário ou em uma jaula cheio de leões devorando os corpos de corrupção e criminosos desses desgraçados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.