Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Projeto quer criar sistema de prevenção contra suicídio para profissionais do SUS

De acordo com proposta, ideia é que Governo crie ações para evitar que parte desses trabalhadores pense em suicídio por causa do emprego

Um projeto em tramitação no Senado Federal quer criar uma espécie de programa de qualidade de vida para profissionais de saúde. O foco seriam os empregados que estão trabalhando no Sistema Único de Saúde (SUS). Um dos temas da ideia é discutir a prevenção contra o suicídio no meio desses trabalhadores. 

O autor desse projeto em questão é o Senador Lasier Martins (Podemos-RS). Em sua justificativa, ele citou algumas pesquisas que indicam altos índices de níveis estresse e depressão nesse meio. Ele também falou sobre a questão dos picos de ansiedade que parte desses profissionais podem ter por causa do ritmo de trabalho. 

Na verdade, a ideia desse projeto é criar um dispositivo dentro da Lei que criou o próprio SUS. Então esse trecho iria acabar incluindo a ideia de que esse Sistema precisaria viabilizar ações de “atenção psicossocial e de saúde no trabalho dos profissionais de saúde”. Ele também quer que o projeto aumente a divulgação dessas informações.

É que de acordo com o parlamentar, pouco se sabe sobre as taxas de depressão e suicídio neste meio trabalhista. Segundo ele, esses números não devem ser baixos. No entanto, ele acredita que essa divulgação pode acabar fazendo com que o próprio estado crie políticas públicas para tentar amenizar ao máximo essa situação. 

“Tomados em conjunto, esses achados sugerem que as tendências de suicídio entre esses profissionais são maiores do que as da população em geral, e estão potencialmente aumentando no contexto da pandemia global”, disse o Senador Lasier Martins ainda nesta quarta-feira (30)  ao defender a aprovação do seu projeto.

Profissionais da saúde

Muito tem se falado sobre a situação dos profissionais da saúde no Brasil ultimamente. Está sendo assim no mundo inteiro muito em função da pandemia do novo coronavírus, que acabou revelando para muita gente a importância desses trabalhadores.

O Brasil, de fato, não costuma divulgar muitos dados detalhados sobre a situação psicológica dessas pessoas. E é justamente por isso que em tempos de pandemia a falta dessas informações pode ser um perigo em todos os sentidos.

Ainda não se sabe quando esse projeto vai passar por uma votação. Julgando pela série de eventos que o próprio Senado está realizando e até mesmo a própria CPI da Covid-19, é provável que a ideia acabe ficando para segundo plano pelo menos neste primeiro momento.

Pandemia no Brasil

De acordo com as informações oficiais de secretarias de saúde, o Brasil acabou de ultrapassar nesta terça-feira (29) a marca dos 516 mil mortos por causa da pandemia do novo coronavírus. Foram mais 1,8 mil vítimas fatais apenas nas últimas 24 horas.

Os números mostram que a situação por aqui ainda está passando por um momento crítico. E é justamente por isso que a preocupação com os profissionais de saúde tende a aumentar nos próximos meses no Brasil.

Além desses trabalhadores, parlamentares também estão aumentando os debates sobre empregados de outras áreas. Há também uma preocupação com os coveiros, com os motoristas de ônibus, com os professores e até mesmo com os atendentes de bancos. Tudo por causa da pandemia. 

O Governo Federal não deu opinião sobre este projeto.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.