Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Projeto para novo auxílio de R$ 600 avança; veja quem poderá receber

De acordo com as informações oficiais, o projeto de Auxílio municipal passou por uma primeira aprovação em uma comissão da Câmara

Mais um passo na direção da criação de um novo auxílio. De acordo com as informações oficiais, os vereadores da cidade aprovaram o projeto em uma comissão da casa e agora o texto vai avançar.

Segundo as informações oficiais, esse é um programa que está andando a pedido do próprio Prefeito Alexandre Kalil (PSD). Por isso, é de se imaginar que ele não vá demorar muito para passar por uma aprovação. Isso porque se entende que logo depois do aval da Câmara, o gestor assine a ideia.

No entanto, analistas afirmam que é preciso ter calma. Acontece que essa primeira aprovação aconteceu ainda em uma comissão. Pelas regras do regimento interno da Câmara de vereadores de Belo Horizonte, o texto ainda vai passar por mais duas comissões até chegar de fato nas mãos do Prefeito.

De acordo com as informações oficiais, o projeto em questão quer pagar um auxílio no patamar de R$ 600. No entanto, o pagamento não aconteceria de uma só vez, mas sim de forma escalonada. Seriam portanto seis parcelas no valor de R$ 100 cada uma. Não há um prazo para o início destes repasses.

O texto em questão diz ainda que a ideia é ajudar as pessoas que estão em situação de extrema pobreza. São portanto aqueles cidadãos que estão tendo que sobreviver com apenas R$ 89, no máximo, por mês, de maneira per capita. É preciso também ter um cadastro ativo no Cadúnico do Governo Federal.

Inscrições

A Prefeitura de Belo Horizonte ainda não deu mais detalhes sobre a questão das inscrições neste programa. Mesmo porque o projeto ainda está em tramitação na Câmara dos vereadores da capital mineira até este momento.

O mais provável, no entanto, é que a Prefeitura opte por um benefício sem inscrições. Para isso, eles só precisam analisar os dados dos cidadãos no próprio Cadúnico. A partir daí eles poderiam definir quem recebe e quem não recebe o dinheiro do programa.

Até aqui, no entanto, isso ainda se trata de uma informação de bastidor. Oficialmente falando a Prefeitura de Belo Horizonte está seguindo sem dar maiores detalhes do projeto. As pessoas estão esperando por respostas.

Auxílio do Governo Federal

Recentemente o Governo Federal anunciou oficialmente a prorrogação do Auxílio Emergencial por mais três meses. Com isso, o projeto do Planalto deverá seguir até, pelo menos, até o próximo mês de outubro.

O anúncio da prorrogação do projeto do Planalto está fazendo com que várias pessoas cobrem a mesma atitude dos governadores. Esses indivíduos alegam que a pandemia do coronavírus no Brasil ainda não acabou no Brasil.

No caso do Auxílio do Governo Federal, os pagamentos variam entre R$ 150 e R$ 375 a depender da pessoa que está recebendo o montante. De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de 37 milhões de brasileiros estão recebendo esse benefício.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
5 Comentários
  1. Devanil Gonçalves Diz

    Esses palamentar preçisa sentir na pele viver com $150 é tiraçao malditos

  2. Meire alves vieira Diz

    Sou divorciada e moro de aluguel, trabalho com faxina, nunca recebi o q tenho direito,diz q tenho direito de 1.200 reais e nunca recebi ,recebi 600 e agora 300 como faço ??eu preciso

  3. Mucio da Silva nobre Diz

    Vou completar 62 anos .
    Estou desempregado.
    Não tenho renda nenhuma.
    150 reais só dar comprar o gás
    Como viver assim??

  4. Isisleyde De Assis Moreira Diz

    Esse auxílio deveria ser até o fim do ano,por que a pandemia ainda não acabou

  5. Venesia muniz dos santos Diz

    Eu sou mâe Solteira e sustento minha familia.
    Mais o mês de junho e o mês de julho não recebi o auxílio emergencial

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.