Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

PRODAM (AM) abre concurso com 50 vagas

Inscrições abrem no dia 03 de agosto, indo até o dia 29 do mesmo mês.

Em 21 de julho, a PRODAM (Processamento de Dados do Amazonas) publicou edital para seu novo concurso público.

Assim, a seleção contará com um total de 50 vagas imediatas, além de formação de cadastro de reserva. Desse modo, os candidatos aprovados poderão ingressar no órgão durante o período de vigência do concurso. Isto é, conforme houver a necessidade pela PRODAM.

Serão, portanto, vagas para cargos de níveis de escolaridade diferentes, indo do ensino fundamental até o superior.

Desse modo, aqueles que desejarem concorrer a estas oportunidades poderão se inscrever a partir de 03 de agosto até o dia 29 do mesmo mês.

Veja também: Amapá tem concurso aberto para auditores e fiscais com salário de R$ 22 mil

Entenda melhor como será o certame, abaixo.

Quais serão os cargos do certame?

A PRODAM está ofertando um total de 50 vagas para diferentes carreiras do órgão.

Todas estas terão lotação em Manaus, Amazonas. No entanto, no quesito de remuneração, os valores variam de acordo com o cargo. Já a carga horária será, por via de regra, de 8 horas por dia. Contudo, há exceções para cargas de 6 horas diárias.

Nesse sentido, a função que exige nível fundamental é a de:

  • Auxiliar/motorista, com 1 vaga de ampla concorrência.

Este cargo, então, contará com uma remuneração de R$ 2.077,59, além de outros benefícios.

Ademais, os cargos que exigem nível Médio poderão receber entre R$ R$ 2.018,86 e R$ 4.635,64, mais benefícios. Estas funções são as de:

  • Assistente, com 3 vagas.
  • Assistente de Suporte, apenas para cadastro de reserva.
  • Desenvolvedor, com 7 vagas.
  • Programador de Suporte, com 1 vaga.
  • Desenvolvedor de Web Design, com 2 vagas.
  • Técnico de Suporte, com cadastro de reserva para carga de 6 horas e 3 vagas para carga diária de 8 horas.

Além disso, a seleção também se destina a cargos de nível superior. Estes, portanto, receberão entre R$ 4.016,56 e R$ R$ 7.273,43, além de benefícios.

Primeiramente, o cargo de Analista se divide nas seguintes áreas:

  • Contabilidade, para apenas cadastro de reserva.
  • Recursos Humanos, com 1 vaga imediata.
  • Técnico-Administrativo, com 1 vaga.
  • Desenvolvimento de Sistemas, com 25 de vagas.
  • Negócios, 2 vagas.
  • Suporte, com 3 vagas.
  • Telecomunicações, com 1 vaga.

Por fim, exigindo nível superior também estão os cargos de:

  • Assistente Social, com 1 vaga imediata.
  • Comunicador Social/Publicidade e Propaganda, para cadastro de reserva.
  • Comunicador Social/Relações Públicas, para cadastro de reserva.
  • Designer Gráfico, para cadastro de reserva.

O edital, ainda, delimita critérios específicos de cada caso. Por exemplo, em alguns cargos, é necessário ter curso sobre a área ou tempo de experiência. Portanto, é importante que o candidato confira se preenche estes requisitos.

Como será a prova do concurso para PRODAM?

Os candidatos que desejam concorrer a estas oportunidades deverão passar por uma Prova Objetiva.

É importante lembrar, então, que, para cada tipo de cargo, o conteúdo do exame será distinto. Nesse sentido, a prova terá um total de 55 questões de múltipla escolha para todos os cargos. Contudo, o valor total desta será de 90 pontos, de acordo com o peso de cada questão.

Assim, estas abordarão:

  • Conhecimentos Gerais, que podem envolver Língua Portuguesa, Atualidades, Matemática, Noções de Informática, Raciocínio Lógico, Inglês Técnico.
  • Conhecimentos Específicos, que dizem respeito à área da própria carreira.

Para entender melhor a composição da prova de cada uma das funções, é importante que o candidato estude o edital, consultando também o conteúdo programático para a vaga que deseja.

A fim de obter a aprovação, portanto, é necessário uma pontuação mínima de 45 pontos.

Até o momento, a data da Prova Objetiva está marcada para o dia 16 de outubro, com duração de 3 horas e 30 minutos, em Manaus.

Como se inscrever?

A banca examinadora do concurso da PRODAM é o Instituto Quadrix. Portanto, este é o responsável por recolher as inscrições, aplicar as provas e avaliar os candidatos, dentre outras funções.

Veja também: PRODAM-AM define banca examinadora de concurso

Assim, a fim de se inscrever no certame, o candidato deverá acessar o site da banca, dentro do período de inscrições.

Estando na plataforma, então, é importante que:

  • Primeiramente, o candidato leia atentamente o edital. Assim, é possível conferir se cumpre com todos os critérios do cargo que deseja, além de estar ciente das regras do concurso.
  • Em seguida, o candidato deve clicar em “Faça sua inscrição”, assim que a opção estiver habilitada. Isto é, entre 03 e 29 de agosto.
  • Desse modo, será possível preencher o formulário com todas as suas informações e opção de cargo.
  • Por fim, é necessário que o candidato pague a taxa de inscrição a fim de efetivá-la. O pagamento poderá ocorrer de forma online ou em instituições físicas. Contudo, este deverá ser feito até 30 de agosto.

O valor desta taxa é de:

  • R$ 40 para o cargo de nível fundamental;
  • R$ 55 para os cargos de nível médio
  • E de R$ 65 para os cargos de nível superior.

Contudo, é possível solicitar a isenção deste valor para candidatos que são:

  • Trabalhadores em geral com renda mensal inferior a três salários mínimos, ou seja, de até R$ 3.606.
  • Cidadãos que estejam desempregados.
  • Doadores de sangue.
  • Eleitores convocados e nomeados para servirem à Justiça Eleitoral do Amazonas.
  • Doadoras de leite materno.

Nestes casos, então, é possível pedir a isenção entre 03 e 05 de agosto.

Como funciona a PRODAM AM?

Para entender melhor o funcionamento da PRODAM, é importante lembrar que esta se trata de uma sociedade de economia mista, de capital fechado, com controle acionário do Governo do Estado.

Além disso, a PRODAM é vinculada de forma administrativa à Secretaria de Administração e Gestão (SEAD) do estado. Portanto, os candidatos que tiverem aprovação deverão ter contato direto com a Secretaria.

Assim, a criação da PRODAM se deu através da Lei número 941, de 10 de julho de 1970, com início de suas operações em setembro de 1972.

De acordo com a mesma, ainda, esta possui a finalidade de realizar:

  • Prestação de serviços com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação aos órgãos integrantes da Administração Pública Estadual.
  • Ademais, também é possível que esta também atenda, de forma complementar, órgãos federais, instituições privadas, administrações municipais e outras administrações estaduais.

Veja também: AFEAM recebe inscrições para concurso público com salários até R$ 6,5 mil

Portanto, o candidato que obtiver a aprovação no concurso da PRODAM irá exercer sua função dentro desta área.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.