Polícia Penal: quem pode se inscrever neste concurso com salários acima de R$ 5 MIL no PR?

Polícia Penal: quem pode se inscrever neste concurso com salários acima de R$ 5 MIL no PR?

Não deixe de se inscrever

Inscrições deste concurso polícia penal até 22 de março

Mais um concurso com inscrições abertas na polícia penal. Por isso, veja a seguir os requisitos e esclarecimentos sobre o certame.

Veja aqui mais detalhes.

Vagas para Policial Penal do Paraná

O Concurso Depen PR para o cargo de Policial Penal do Paraná está com edital publicado e oferecerá 7 vagas imediatas. Os interessados podem se inscrever de 22 de fevereiro a 23 de março no site da banca AOCP, mediante o pagamento de uma taxa de R$ 110,00.

Requisitos para Candidatura do polícia penal

Para se candidatar, é necessário ter Nível Médio completo e Carteira Nacional de Habilitação na categoria mínima “B”, regular e dentro do prazo de validade.

Além disso, é preciso ter no mínimo 18 anos, ser brasileiro ou naturalizado, estar em dia com as obrigações eleitorais e possuir Certificado de Reservista ou de dispensa de incorporação (no caso de sexo masculino).

É fundamental apresentar boa saúde, boa conduta e não possuir acúmulo de cargos na forma prevista na legislação.

Fases do concurso polícia penal

O Concurso DEPEN PR para o cargo de Policial Penal do Paraná envolve um processo seletivo rigoroso, composto por cinco etapas essenciais de avaliação.

1. Prova Objetiva

Na primeira etapa, os candidatos enfrentarão uma Prova Objetiva abrangendo 75 questões de múltipla escolha, distribuídas entre Conhecimentos Gerais e Específicos. Esta fase exige um conhecimento abrangente, abordando desde Língua Portuguesa e Raciocínio Lógico Matemático até temas específicos como Direito Penal e Legislação Extravagante.

2. Avaliação Psicológica

Os candidatos serão submetidos a uma Avaliação Psicológica, que visa analisar o perfil psicológico de cada um, avaliando aspectos como personalidade, capacidade de raciocínio e habilidades emocionais.

3. Investigação Social

Uma Investigação Social minuciosa será realizada para verificar os antecedentes dos candidatos, garantindo que possuam conduta compatível com o cargo almejado.

4. Curso de Formação

Os aprovados nas etapas anteriores passarão por um Curso de Formação intensivo, onde receberão treinamento específico para desempenhar as funções de Policial Penal do Paraná.

5. Avaliação Médica

Por fim, os candidatos serão submetidos a uma Avaliação Médica para garantir sua aptidão física e mental para o exercício da função.

 

Polícia Penal: quem pode se inscrever neste concurso com salários acima de R$ 5 MIL no PR?
Polícia Penal: quem pode se inscrever neste concurso com salários acima de R$ 5 MIL no PR? Imagem: Reprodução

Atribuições do cargo

Confira a seguir as funções do cargo deste certame:

As atribuições da Polícia Penal no estado do Paraná são definidas para garantir a segurança e a ordem nos estabelecimentos penais, bem como coordenar diversas atividades relacionadas ao sistema prisional. Abaixo estão algumas das principais responsabilidades atribuídas aos policiais penais:

  • Exercer o poder de polícia na apuração e aplicação de sanções disciplinares de acordo com a Lei nº 7.210/84 (Lei de Execução Penal).
  • Coordenar, dirigir e chefiar estabelecimentos penais, realizando atividades de gestão prisional e supervisionando setores ligados à administração do sistema prisional.
  • Participar, integrar ou assessorar órgãos, departamentos, conselhos, comissões ou grupos de trabalho relacionados ao sistema penitenciário.
  • Atuar na inteligência penitenciária, visando a prevenção e o combate a atividades ilícitas dentro dos estabelecimentos prisionais.
  • Classificar as pessoas privadas de liberdade (PPL) de acordo com critérios estabelecidos pelas normas pertinentes.
  • Gerenciar e controlar situações de crises que possam surgir nos estabelecimentos penais.
  • Transportar, conduzir, guardar e escoltar PPL em meio terrestre e aéreo, inclusive em ambientes externos aos estabelecimentos penais.
  • Conduzir veículos de emergência necessários para atividades penais, garantindo a segurança durante o transporte de PPL.
  • Coordenar e realizar atividades típicas de execução penal, como a custódia de presos provisórios, medidas cautelares diversas da prisão e tratamento penal, incluindo a emissão de documentos e pareceres necessários para o exercício do poder de polícia.
  • Garantir a segurança interna e externa dos estabelecimentos penais, escritórios sociais, monitoração eletrônica e outros setores relacionados à execução penal.
  • Realizar capturas de foragidos e procurados, contribuindo para a manutenção da ordem pública.
  • Garantir o cumprimento das normas regulamentares pelas Pessoas Privadas de Liberdade, servidores e funcionários, promovendo a disciplina e a segurança nos estabelecimentos penais.
  • Atuar em processos de cumprimento de pena ou medidas diversas da prisão, incluindo a monitoração eletrônica, quando necessário.
  • Exercer outras atividades que venham a ser designadas por dispositivos legais pertinentes ao cargo.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.