Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Para aumentar vendas online, C&A expande tecnologia RFID em todo Brasil

Adoção da tecnologia é um dos pilares do projeto de digitalização da varejista para implementar estratégia omnicanal

Após a conclusão bem-sucedida do projeto piloto responsável pela implantação da tecnologia identificação por radiofrequência (RFID) em 10 lojas, a C&A estabeleceu um plano ambicioso de implementar a tecnologia em unidades espalhadas por 125 cidades do Brasil. 

A intenção da varejista de roupas é utilizar a solução para melhorar a gestão de estoque. A C&A espera reduzir perdas e aumentar ganhos, seja por diminuir as remarcações de preços ou incrementar a venda online – uma vez que é possível expor todo o estoque, até à última unidade, na loja digital.

LEIA MAIS: Classe C brasileira começa a transformar jornada de compras com WhatsApp

Atualmente, 100 lojas da rede já operam com o novo recurso, número que deverá dobrar até o final de 2021. De acordo com a C&A, que deu início ao projeto na unidade do Shopping Tamboré, em Barueri (SP), e, posteriormente, seguiu com outras nove lojas da rede – sendo quatro no Rio de Janeiro e mais cinco na cidade de São Paulo – o principal objetivo do piloto foi atingido com sucesso. 

“Nossa meta era aumentar a acurácia de nossos estoques para um patamar acima de 95%, a fim de impulsionar as vendas de nossa plataforma e-commerce”, afirma Alan Yarschel, diretor de Supply Chain. “Conseguimos praticamente dobrar o sortimento de peças que oferecemos aos nossos clientes”, pontua. A decisão faz parte do processo de digitalização da rede, que enxerga o uso do RFID como um importante pilar para uma estratégia omnicanal de sucesso e aumentar vendas online. 

Como tudo começou

O projeto piloto começou em junho de 2020 na loja da C&A no Shopping Tamboré, em São Paulo. Por meio de uma etiqueta eletrônica, acessível por ondas eletromagnéticas, cada item passou a ter uma identidade única, possibilitando a identificação constante de discrepâncias em quantidades de cada produto e, assim, permitir à C&A uma gestão mais eficiente de todo o seu estoque. É possível contabilizar, por exemplo, cerca de 250 peças por minuto. 

Quem ajudou a varejista foi a Sensormatic Solutions, que forneceu o RFID. Segundo ela, com a tecnologia, os consumidores têm acesso à quantidade real de mercadoria disponível, o que diminui as chances de cancelamento da compra online por causa de inconsistência na visibilidade do estoque, além de oferecer uma melhor experiência no e-commerce. 

A jornada do consumidor na loja física também é impactada positivamente pela integração entre os canais. Isso é importante porque o e-commerce da C&A, canal com crescimento exponencial da varejista, apoia fortemente a operação na loja física: cerca de 80% dos consumidores que visitam as unidades da rede dizem ter feito uma pesquisa prévia na loja digital. Com a inovação, a C&A pode reduzir em até 50% a perda de vendas online por desistência, além aumentar a acurácia de seus estoques em até 95%. 

A Sensormatic Solutions forneceu, além do software da tecnologia, também as etiquetas, uma série de serviços que incluem consultoria, instalação, treinamento, gestão e acompanhamento do projeto. 

O desafio do projeto

Além de fortalecer a acurácia dos estoques, impulsionando as vendas em sua plataforma digital, a rede estuda expandir os casos de uso da tecnologia RFID, melhorando ainda mais a experiência do cliente. Os recursos incluem, por exemplo, a redução do tempo de fila, aumento do controle junto aos fornecedores e mais eficiência no abastecimento. 

Para encarar o desafio de implantar o RFID em 200 lojas em tempo recorde, a Sensormatic Solutions, que possui mais de três milhões de clientes em todo o mundo, contou, principalmente, com o conhecimento e a experiência global. “A Sensormatic Solutions é pioneira na implantação da solução RFID para o varejo, com mais 10 mil lojas utilizando nossa solução”, explica Maya Sumiya, diretora comercial da Sensormatic Solutions no Brasil.  

A empresa é responsável pela implementação de projetos de inteligência de estoque em empresas pioneiras, como Zara, Macy’s, Sears e Lululemon, entre outras, que relatam um aumento médio de 10% nas vendas após a introdução de soluções baseadas em RFID. 

“Em nossa visão, um fator chave para os bons resultados alcançados foi o reconhecimento da C&A sobre a complexidade do projeto, o comprometimento da diretoria e um time de alta performance dedicado à nossa parceria”, finaliza. 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.