ÓTIMA NOTÍCIA: GOVERNO começa estudos para uso de banda larga 5G em escolas

A revolução tecnológica está trazendo mudanças significativas para diversos setores, e a educação não está ficando para trás. Uma parceria inovadora entre o Conselho Gestor do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust), presidido pelo Ministério das Comunicações (MCom) juntamente com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), está abrindo caminho para explorar o uso da banda larga fixa 5G (5G FWA) nas escolas públicas do Brasil.

Este projeto promissor tem como objetivo avaliar a viabilidade e os benefícios da tecnologia 5G FWA para aprimorar a conectividade nas escolas e abrir novas possibilidades de aprendizado. Entenda como o 5G FWA pode revolucionar a educação, trazendo qualidade comparável à fibra óptica a um custo mais acessível.

Potencial do 5G FWA nas escolas

No contexto do 5G FWA, a internet é distribuída por meio de um roteador que se conecta à rede 5G e distribui o sinal localmente por Wi-Fi. Em suma, a grande vantagem dessa abordagem é que ela oferece uma qualidade de conexão comparável à fibra óptica, porém com uma infraestrutura mais flexível e custos de instalação mais baixos.

Isso significa que as escolas públicas poderiam desfrutar de uma conectividade mais rápida e estável, permitindo uma experiência educacional enriquecedora, repleta de recursos online, videoaulas de alta qualidade e colaboração em tempo real.

Projeto-piloto e avaliação financeira

O Ministério das Comunicações, juntamente com a ABDI e o BNDES, está liderando um projeto-piloto ambicioso para testar o uso do 5G FWA nas escolas públicas. Desse modo, o projeto tem como objetivo não apenas avaliar a eficácia da tecnologia em termos de conectividade, mas também investigar a viabilidade financeira de sua implementação.

Isso significa analisar como o modelo de negócios do 5G FWA pode funcionar para atender às necessidades das escolas, além de explorar suas aplicações potenciais para consumidores residenciais e empresariais.

Maximiliano Martinhão, secretário de Telecomunicações do MCom, destaca a importância do teste não apenas para a conectividade em escolas, mas também para o panorama geral da transformação digital no Brasil.

Inovação e transformação digital

A relevância da inovação no setor de telecomunicações não pode ser subestimada. A parceria entre diversas entidades governamentais e o setor privado exemplifica o compromisso do Brasil em abraçar a transformação digital.

No recente Digital Transformation Summit Brasil, Maximiliano Martinhão ressaltou a importância da inovação brasileira no setor e como isso é fundamental para permitir que o país desfrute plenamente dos benefícios da revolução digital em andamento. Além disso, a discussão no evento abordou uma série de tópicos, incluindo inteligência artificial, cidades inteligentes e, é claro, o papel essencial do 5G.

Governo objetiva transformar a educação com o potencial do 5G em escolas
Governo objetiva transformar a educação com o potencial do 5G em escolas. Imagem: Canva

Um passo adiante na inovação

Além do 5G FWA, a parceria entre o MCom, ABDI e o Parque Tecnológico Itaipu (PTI) trouxe outro exemplo impressionante de inovação tecnológica. Em suma, a introdução do primeiro cão-robô a operar no Brasil, na Itaipu Binacional, demonstra como a conectividade 5G está impulsionando avanços em várias indústrias.

Desse modo, o cão-robô, conhecido como Spot, produzido pela Boston Dynamics, oferece inspeção industrial precisa, reduzindo custos e eliminando riscos à vida humana em ambientes perigosos. Certamente, o projeto de utilização da banda larga fixa 5G (5G FWA) em escolas públicas representa um passo importante para a transformação da educação no Brasil, visto que com uma qualidade de conexão comparável à fibra óptica e custos de implementação mais acessíveis, essa tecnologia pode revolucionar a maneira como os alunos acessam o conhecimento e colaboram online.

Além disso, a parceria entre várias entidades governamentais e o setor privado destaca o compromisso do país com a inovação e a transformação digital, pavimentando o caminho para um futuro mais conectado e eficiente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.