Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

O que NÃO fazer na redação do ENEM: confira!

Confira aquilo que NÃO deve ser feito!

A redação do ENEM é uma das partes mais importantes de todo o exame. Isso porque, o seu desempenho na redação será decisivo para a sua nota final, uma vez que ela possui um peso muito grande dentro do total de pontos. 

Assim, é fundamental que você se saia bem na sua redação. Para te ajudar, o artigo de hoje trouxe uma lista com algumas coisas que NÃO devem ser feitas na prova de redação do ENEM, uma vez que essas atitudes irão comprometer a sua nota. 

Aquilo que NÃO deve ser feito: Uso da primeira pessoa

A redação do ENEM deve ser um texto dissertativo-argumentativo. Dessa forma, você deve expor a sua tese, seus argumentos e o seu ponto de vista de maneira impessoal, sem o uso da primeira pessoa do singular (eu). 

Assim, é fundamental que você evite expressões como: “eu acho”, “eu acredito”, “eu defendo”, entre outras. 

Aquilo que NÃO deve ser feito: Copiar os textos da coletânea

Todas as edições da prova de redação do ENEM trazem uma coletânea: cerca de 3 textos ou 2 textos e 1 gráfico que têm como função fornecer apoio ao candidato. 

Esses textos podem, é claro, ser utilizados para influenciar as suas ideias. Porém, você não deve copiar integralmente nenhuma parte destes, uma vez que isso fará com que você perca muitos pontos.

Aquilo que NÃO deve ser feito: Generalizar

Evite utilizar palavras generalizadoras, uma vez que parte significativa das situações possui uma exceção que não se encaixa na regra geral. Assim, não utilize palavras como “nunca”, “ninguém”, “sempre”, “todos” ou “jamais”.

Aquilo que NÃO deve ser feito: Fugir do tema

Um dos principais motivos que fazem com que muitos estudantes percam uma grande quantidade de pontos todos os anos é a fuga do tema. O tema da redação do ENEM deve ser estritamente seguido. 

Assim, se o seu tema é “Democratização do acesso ao cinema no Brasil” você não deve, por exemplo, falar sobre o acesso aos shoppings ou o acesso aos bares. 

Uma boa dica para evitar a fuga do tema é sublinhar as palavras-chaves da sua linha temática. Dessa maneira, você consegue destacar as principais características da mesma e, ao mesmo tempo, consegue evitar  a inserção de argumentos que não se relacionam com o tema no seu texto.

Aquilo que NÃO deve ser feito: Usar gírias 

Evite o uso de gírias na sua redação. Lembre-se de que esse tipo de expressão faz parte da linguagem coloquial/informal e que o uso dessa deve ser evitado. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.