O que é rotativo do cartão de crédito?

Os cartões de crédito oferecem comodidade aos consumidores como instrumento de pagamento e fonte de crédito de curto prazo. No entanto, após receber suas contas, eles ficam menos incríveis algumas semanas depois e muitos caem na armadilha do crédito rotativo.

Se você está se perguntando o que é crédito rotativo, provavelmente está mais familiarizado com ele do que pensa. Isso porque fornece uma maneira conveniente de financiar grandes despesas, mas a um custo especificado.

O que é o crédito rotativo?

O crédito rotativo é muito parecido com o que parece: é uma linha de crédito aberta e contínua, que se renova automaticamente à medida que a dívida é paga.

Em outras palavras, o crédito rotativo permite que o consumidor realize o pagamento da fatura do cartão de crédito entre a quantia mínima e a intermediária da fatura.

Em tese, pode parecer uma boa solução não pagar o valor total da fatura em meses onde o consumidor encontra-se mais “apertado”. Contudo, o crédito rotativo traz alguns perigos. Entre eles, os altos de mercado, que em 2022 alcançaram 428%, conforme relatório do Banco Central.

Como funciona o crédito rotativo?

Vamos entender como funciona o crédito rotativo com o exemplo a seguir:

Valor total da fatura = R$ 1 mil
Mês = janeiro
Pagamento mínimo indicado na fatura = R$ 100

Suponha que em janeiro o cliente não pague integralmente. Assim, ele paga um valor de R$ 300, valor superior ao mínimo, mas inferior ao valor total da fatura. Portanto, seu pagamento fica assim:

  • Valor total da fatura = R$ 1 mil
  • Pagamento realizado no dia do vencimento = R$ 300
  • Saldo devedor (que vai para o crédito rotativo) = R$ 700

Assim, o saldo devedor acrescido dos juros do crédito rotativo será adicionado ao pagamento mínimo da fatura de fevereiro.

  • Valor da fatura = R$ 1 mil
  • Mês = fevereiro
  • Saldo devedor de janeiro = R$ 700
  • Taxa de juros rotativos = 12,53%
  • Saldo devedor com correção de juros= R$ 787,71
  1. Pagamento mínimo indicado na própria fatura = R$ 1067,15 (R$ 300 + R$ 787,71)
  2. Valor final da fatura: R$ 1.787,71.

Quando uma pessoa recebe a fatura de cartão de crédito, geralmente há três valores que são possíveis pagar: o valor mínimo devido, o saldo da fatura e o saldo atual. O pagamento mínimo é o valor mínimo pago a cada mês para manter sua conta em situação regular.

O saldo do extrato é o saldo total da conta para esse ciclo de cobrança. Já o saldo atual refere-se ao total da fatura mais recente mais quaisquer cobranças recentes.

Cuidados com o rotativo do cartão de crédito

Pelo exposto, fica claro que esse tipo de crédito deve ser evitado. Portanto, caso esteja enfrentando dificuldades em pagar o cartão integralmente regularmente, isso pode ser um sinal de um problema maior.

Portanto, verifique seu fluxo de caixa e hábitos de consumo para ver se há espaço para cortar custos. Além disso, é possível alterar a data de vencimento da fatura para uma data mais conveniente, que esteja em consonância com a data de pagamento.

Em suma, é fácil gastar dinheiro, mas é mais fácil ficar para trás em suas finanças. Depois que o cliente começa a usar o crédito rotativo, fica difícil sair dele. À medida que os clientes continuam a usar, seus saldos aumentam e os juros se acumulam.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.