Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

O que avaliar antes de abrir uma franquia?

Confira o que é preciso saber antes de começar um negócio

Abrir uma franquia significa, muitas vezes, fazer um bom investimento. Mas, devemos ter cuidado para não sermos pegos de surpresa e entrar numa “furada”. Não faça nada por impulso, planeje com atenção. Por isso que hoje, nós vamos indicar o que avaliar antes de abrir uma franquia. Acompanhe!

O que avaliar antes de abrir uma franquia -- Reprodução Canva
O que avaliar antes de abrir uma franquia — Reprodução Canva

Todo empreendedor já sabe que precisa avaliar muitos fatores antes de adquirir um negócio. Isso não é diferente quando falamos de franquia. Apesar de se tratar de um negócio já testado e aprovado pelos consumidores e apresentar uma margem de lucro significativa, é preciso avaliar e perceber quais são os “problemas” de se investir em franquias.

O que avaliar antes de abrir uma franquia?

Eis a pergunta que não quer calar. Assim, na sequência iremos apresentar algumas questões para serem avaliadas antes de abrir uma franquia:

Avalie quais são as suas expectativas em relação à franquia 

O que você espera com a compra de uma franquia? Qual o seu real interesse? Essa avaliação é importante para que não ocorra a compra por impulso, ou por algo que você não se identifica.

Pense bem: É muito errado justificar que você quer uma franquia para trabalhar menos ou ter o seu próprio empreendimento somente. Assim, saiba que a franquia é um negócio que tem tudo para dar certo, mas, você, enquanto empreendedor, precisa fazer a sua parte.

Você precisa conhecer tudo sobre a empresa em questão, suas operações e maneira de gestão, marketing e propaganda. Sendo assim, é preciso estar presente e dedicar-se com muito afinco para fazer dar certo, afinal, nada cai do céu. Por exemplo, se você quer abrir uma franquia de hot-dog, é possível que já saiba fazer um bom lanche como esse, mas, para a sua franquia dar certo, precisa seguir as operações necessárias. Somente assim o seu cachorro-quente será feito exatamente como na unidade piloto.

Tenha conhecimento sobre o sistema de franquias e como ele funciona

Para conhecer o funcionamento do sistema de franquias, é preciso que você tenha conhecimento sobre a Lei de Franquias. Se informe bem sobre os seus direitos, deveres e tudo sobre as relações que são estabelecidas entre franqueadora e franqueado.

Identifique o segmento de mercado que pretende atuar

Acreditamos que esta é a decisão mais importante, pois existem inúmeras franquias existentes no mercado, mas a sua escolha deve ser no segmento que você gosta.

Imagina só você dedicar tempo integral para fazer algo que você não gosta! E isso é bem pessoal, veja: se você é introvertido, vai ser difícil você trabalhar com vendas físicas, sempre em contato direto com o público, além de convencer o cliente a comprar o seu produto.

Além disso, considere na sua avaliação o crescimento da economia e as possibilidades de ascensão no negócio. O mundo está em constante transformação e, por isso, é preciso que você esteja atualizado para atender a demanda nesta dinâmica.

Faça a avaliação do investimento que você fará e o retorno financeiro previsto

Depois de escolher o segmento, é preciso avaliar de quanto você dispõe para investir na franquia e em que prazo você possivelmente terá retorno do investimento realizado. Não esqueça de considerar o tempo que você vai se dedicar à franquia e se terá sócios, ou não.

O ideal é você elencar franquias que possuem aproximadamente o mesmo investimento inicial e, na sequência, realizar comparações quanto:

  • Tempo de atuação no mercado;
  • Qual é a rentabilidade da franquia e os lucros;
  • Quantas unidades franqueadas possui;
  • Suporte e apoio ao franqueado;
  • Tempo de contrato e se há possibilidade de renovação;
  • Espaço físico para implantar a unidade.

Entre outros fatores.

Mantenha um diálogo com a franqueadora e tire todas as suas dúvidas

Na sequência, determine algumas franquias e entre em contato para conhecer a empresa, o que ela exige, como o retorno financeiro é medido, qual a possibilidade de abertura de mais franquias, como a franquia faz a gestão da marca, qual é o suporte oferecido pela franqueadora e entre outras perguntas que poderão surgir.

Avalie também como a franquia se posiciona no mercado, se existem selos de reconhecimento da marca e se ela é associada à ABF (Associação brasileira de Franquias), pois esta organização é bem criteriosa com seus sócios.

Por fim, faça uma boa avaliação da franquia antes de fechar negócio, não tenha pressa e recolha o máximo de informações possíveis.

Lembre sempre que é o seu dinheiro que está em jogo, além, é claro, do seu trabalho, nome e também credibilidade. Fique atento, se informe e, assim, busque sempre o melhor para você.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.