Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Novo projeto: Bolsa Família com pagamentos em dobro é enviado ao Governo

O Manifesto Convergência Brasil, grupo de empresário, entregou ao Governo Federal e também aos parlamentares, um novo projeto de lei (PL) a fim de dobrar o orçamento destinado ao Bolsa Família. A informação foi divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com o texto, a proposta prevê que 30% dos recursos provenientes da reforma administrativa e de privatizações sejam destinados ao novo programa de distribuição de renda, o Renda Cidadã.

Veja alguns membros do movimento:

  • Elvaristo do Amaral, ex-executivo do setor financeiro;
  • Frederico e Luiza Trajano, da Magazine Luiza;
  • Fabio C. Barbosa, membro do Conselho da Fundação das Nações Unidas;
  • Helena Nader, presidente de honra da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC);
  • Hélio Magalhães, presidente do Conselho de Administração do Banco do Brasil; e
  • Helio Mattar, diretor-presidente do Instituto Akatu.

Proposta

Veja a proposta, conforme o texto:

  • O dinheiro arrecadado seria destinado a um fundo, organizado por representantes da sociedade civil e do governo.
  • A cada ano, o percentual de 10% do patrimônio líquido do fundo, juntamente com os seus rendimentos, seriam transferidos ao Renda Brasil.
  • A administração seria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por meio do chamado “Fundo Convergência”.

Segundo os empresário, caso o projeto seja aprovado, seria possível arrecadar R$ 240 bilhões em dez anos para o programa.

Para fazer o cálculo, o grupo levou em consideração estimativas do próprio governo com a reforma administrativa e de diversos economistas em relação à expectativa com as privatizações, que segundo os especialistas, 30% de duas iniciativas gerariam, cada uma, R$ 400 bilhões em dez anos).

Sendo assim, com os valores arrecadados, o valor do Bolsa Família praticamente dobraria, se considerar também a rentabilidade do fundo de privatizações.

Renda Cidadã

No momento, o Governo procura encaixar o Renda Cidadã, programa que vai substituir o Bolsa Família, no Orçamento. O governo vem encontrando dificuldades em achar uma solução para adequar o novo programa de renda. Agora, cogita-se diminuir a estimativa de pessoas a serem atendidas no novo benefício.

No Congresso, líderes do Governo discutiam uma proposta que chegaria a 6 milhões de famílias a mais no programa. Atualmente, são mais de 14 milhões no Bolsa Família.

Os dados foram anunciados pelo senador Márcio Bittar (MDB-AC), relator do Orçamento de 2021 e das propostas do Pacto Federativo e Emergencial, criadas pelo governo a fim de cortar despesas.

“Estamos trabalhando para garantir renda para mais de 20 milhões de famílias”, escreveu.

Espera-se, no entanto, que o novo Renda Cidadã tenha aproximadamente metade da expansão anunciada. Dessa forma, o programa deverá ter mais 3 milhões de famílias cadastradas, e não mais 6 milhões.

O quantitativo considera uma média pouco superior a três pessoas por família. Isso levaria o público novo a quase 10 milhões de indivíduos. As discussões, agora, é elevar o valor médio de R$ 190 do Bolsa Família para R$ 240.

Para expandir o programa para mais 3 milhões, o Governo teria que desembolsar R$ 49,5 bilhões ao ano, ou R$ 17,5 bilhões acima do orçamento atual do programa.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
13 Comentários
  1. Ana Gleice da Cruz Santos Diz

    Bolsonaro boa tarde esse dinheiro do bolsa família nos ajuda muito sou uma mãe de 4 filhos estou desempregada faço bico de faxina então se o senhor der o décimo-terceiro já vai nos ajudar muito obrigado por tudo

  2. Edlene Diz

    Não entendi em nada essa colocação , se o bolsa família beneficia 6 milhões de famílias e o bolsa cidadã vai beneficiar apenas 3 milhões e como ficará as outras 3 milhões ? Vai ficar a mercê da sorte ? Governantes isso não é loteria não , estamos falando de seres humanos que já vivem em estado de miséria enquanto o poder público vive luxando as custas dessa minoria . O povo brasileiro precisa ser valorizado e não esquecido ou jogado a sua própria sorte .

    1. Osmarina Laurentina neves Diz

      Muita sacanagem, esse 13° do bolsa família deveria surgi, até pq eles dão é miséria pra quem é do bolsa família ,enquanto eles ganha nas custa do povo humilde,não sei pq eles gosta d fazer tanta merda, talvez d facilitar as coisas só ficam colocando dificuldade em tudo … Facilita pro povo vcs já tem a vida ganha …

  3. Sergio santos Alexandre Diz

    Recebo bolsa família de 90,00 estou desempregado a 3 anos , seria muito excelente o governo deixa os 300,00 ajudaria milhões de brasileiro ,pedimos ajudar aos nossos governantes

  4. Beatriz Gomes chescon Diz

    Estou desempregada a quatro anos vivendo de serviços não registrados recebo bolsa família q ajuda a complementar minha renda mais vejo q tem muitas pessoas q recebem o mesmo e gasta com drogas e outras porcarias isso sim deveria ser visto e outra coisa as pessoas q recebem deveria fazer algo na vida pq emprego tem o problema é q muitos inventam desculpas para não trabalhar

  5. Sueli de Fatima Silveira Santos Diz

    Eu só acho que o governo tinha que elaborar um cartão blusa família para ser usado só para comida gaz e remédios para que mães que usam este dinheiro para bebidas alcoólicas coisas pessoais. As crianças sempre ficam prejudicados e o que mas tem visto .Muito triste esta situação .O ser humano está cada dia mais egoísta e difícil de se conviver.

  6. Maria do Socorro da Silva Diz

    O bolsa família ajuda muitas pessoas por isso eu quero agradecer eu sou uma beneficiada pelo bolsa família espero que os deputados senadores e o presidente Jair Bolsonaro também de o direito de nós que precisa não seja cortado, será que vamos ganhar o décimo terceiro do bolsa família?

  7. Rosely Pereira Lima Diz

    O meu bolsa família e De 147
    Mesmo pouco se me tirarem não sei como fazer

  8. Julia Diz

    Estranho pagar em dobro o bolsa família ,e não ter dinheiro pra pagar mais 2 parcelas do seguro desemprego. Ficamos sem o emprego,sem o seguro desemprego e não podemos receber o auxílio. Assim como eu e milhares de trabalhadores não recebemos Bolsa Família.

  9. Francinalva Barreto da silva Diz

    Moro no MA aqui agente ñ tem renda alguma muitas família vive do bolsa família pra comprar praticamente tudo então esse programa é uma ajuda muito importante pra nós

  10. Elizabete feliz Diz

    Pra mim o bolsa família está sendo ótimo porque eu não posso trabalhar por motivo de há doença que está me deixando possibilitada de fazer qualquer coisa que eu queira fazer eu dependo das pessoas pra mim seria orivel se o bolsa família acabase eu dependo do bolsa família para me alimentar

  11. Katiene rodrigues da silva Diz

    Esse dinheoro do bolsa familia e uma ajuda muito grande pra mim vivo com tres filhos numa casa sedida e vivo de frangos e coisas que mesmo preparo do campo pra vender tiro apenas uns 500 reais ao mês e ganho muita ajuda…

  12. Maria Luiza Barreto Dorneles Diz

    Aumento do mínimo???? Não cobre a inflação real…. não há aumento, mas uma corrosão deste valor mínimo!!!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.