Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (4 votes)

Nova fase de consultas ao DINHEIRO ESQUECIDO é adiada! Confira

Devido à greve dos servidores do BC, data para nova fase de consultas ao dinheiro esquecido foi adiada mais uma vez

A greve dos servidores do Banco Central (BC) foi oficialmente suspensa no último dia 19 de abril. Entretanto, as consequências da paralisação ainda podem ser sentidas. Nesta quarta-feia (27), a instituição anunciou que adiou mais uma vez a nova fase de consultas ao chamado dinheiro esquecido. Neste momento, não há previsão de retorno.

A consulta ao Sistema de Valores a Receber (SVR) estava marcado para retornar no dia 2 de maio deste ano. No entanto, o Banco Central confirmou que a data já pode ser desconsiderada. Eles não informaram qual será a nova data. A expectativa é que novas informações sejam divulgadas oficialmente no decorrer desta semana.

O BC argumentou que a greve dos servidores que terminou ainda na última semana atrasou o cronograma de atividades. O objetivo inicial era fazer com que os trabalhadores pudessem aplicar as melhorias no sistema antes do início da segunda fase das consultas. Com a paralisação, isso não pôde acontecer de fato.

“A greve dos servidores do BC prejudicou o cronograma de desenvolvimento das melhorias do Sistema de Valores a Receber (SVR). O prazo de retorno do SVR, inicialmente previsto para 2 de maio, será adiado. A nova data será comunicada com a devida antecedência”, informou o BC em nota.

Embora não tenha confirmado uma nova data para o início do processo das consultas, o BC informou que os cidadãos não precisam se preocupar porque nenhum deles será prejudicado. Quem tem algum dinheiro esquecido não perderá o montante. Ele apenas terá que esperar um tempo maior para ter acesso ao saldo.

R$ 8 bilhões esquecidos

Mesmo com a greve e com o adiamento da segunda fase das consultas, o Banco Central afirma que os números gerais do Sistema de Valores a Receber seguem basicamente os mesmos anunciados na primeira rodada.

A instituição afirma existir pouco mais de R$ 8 bilhões em valores esquecidos neste exato momento. Na primeira fase, o BC liberou os primeiros R$ 4 bilhões para consulta e resgate por parte dos usuários.

No dia 16 de abril, o BC encerrou o processo de repescagem para os saques da primeira fase dos recursos esquecidos em bancos. Na ocasião, as pessoas que não sacaram o dinheiro nas datas previstas, puderam pegar a quantia.

Dinheiro esquecido

Segundo as informações oficiais, o Sistema de Valores a Receber foi lançado oficialmente pelo Governo Federal ainda no último mês de janeiro este ano. Entretanto, o Banco Central (BC) começou a executar o plano a partir de fevereiro.

Na ferramenta criada pela instituição, cidadãos e empresas podem consultar dados de valores que possam ter sido esquecidos por parte de cidadãos nas instituições de caráter financeiro em anos anteriores.

A primeira parte do sistema foi oficialmente encerrada no último mês de abril. Logo depois, o BC anunciou que aplicaria uma série de mudanças no site que abriga o sistema e voltaria com as consultas em 2 de maio. Foi justamente esta data que passou pelo adiamento.

5/5 - (4 votes)
1 comentário
  1. Karlene Pereira De aguiar Diz

    Com eu faze para ver que eu tem direito

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.