Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

PIS/Pasep: Bolsonaro libera dois lotes de R$1.045 para quem trabalhou em 2018 e 2019

Para quem trabalhou no ano passado, os saques vão começar a partir de julho, seguindo um calendário, conforme nascimento. Quem trabalhou em 2018 poderá sacar até o dia 29 de maio

Os trabalhadores seguem com possibilidade de saques do PIS/PASEP. O Governo do Presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) liberou novos lotes de pagamentos.

O prazo para saques do PIS referente aos meses trabalhados em 2018 termina no dia 29 maio para quem tem direito e ainda não sacou. Para quem trabalhou em 2019, os saques vão começar a partir de julho, seguindo um calendário, conforme o nascimento do trabalhador. São dois lotes de R$1.045, que, juntos, totalizam o valor de R$ 2.090,00.

Em qualquer uma das duas situações, o valor a ser pago no abono salarial do PIS/PASEP aos trabalhadores poderá chegar a até R$ 1.045, seguindo o valor do salário mínimo. O benefício que acaba em é destinado para quem trabalhou, de modo formal, por pelo menos 30 dias no ano de 2018. Já o benefício que será pago a partir de julho, será pago para quem trabalhou por pelo menos 30 dias em 2019.

Para ter direito, o trabalhador deve seguir os seguintes requisitos

  • o trabalhador que exerceu profissão com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2018 ou 2019;
  • o trabalhador que ganhou, no máximo, dois salários mínimos, em média, por mês;
  • quem está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; e
  • a empresa onde trabalhava tenha informado os dados corretamente no sistema do governo.

Como sei que tenho direito?

Para saber se tem direito ao abono salarial, será necessário fazer a consulta das seguintes maneiras:

PIS (trabalhador de empresa privada):

  • no Aplicativo Caixa Trabalhador
  • no site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS), clique em “Consultar pagamento”
  • pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207

Pasep (servidor público):

  • pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas);
  • 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Quanto eu vou receber?

O valor pago pode chegar a até um salário mínimo (R$ 1.045, em 2020) e varia conforme o tempo de trabalho. Se a pessoa trabalhou o ano todo, recebe um salário mínimo. Se trabalhou um mês, ganha proporcionalmente: 1/12 do mínimo, a aproximadamente R$ 88.

  • 1 mês: R$ 88,00
  • 2 meses: R$ 175,00
  • 3 meses: R$ 262,00
  • 4 meses: R$ 349,00
  • 5 meses: R$ 436,00
  • 6 meses: R$ 523,00
  • 7 meses: R$ 610,00
  • 8 meses: R$ 697,00
  • 9 meses: R$ 784,00
  • 10 meses: R$ 871,00
  • 11 meses: R$ 958,00
  • 12 meses: R$ 1.045,00.

Calendário para quem trabalhou em 2019

Para quem trabalha em empresa privada

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

  • Nascidos em julho: recebem a partir de 16 de julho de 2020
  • Nascidos em agosto: recebem a partir de 18 de agosto de 2020
  • Nascidos em setembro: recebem a partir de 15 de setembro de 2020
  • Nascidos em outubro: recebem a partir de 14 de outubro de 2020
  • Nascidos em novembro: recebem a partir de 17 de novembro de 2020
  • Nascidos em dezembro: recebem a partir de 15 de dezembro de 2020
  • Nascidos em janeiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2020
  • Nascidos em fevereiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021
  • Nascidos em março: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021
  • Nascidos em abril: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021
  • Nascidos em maio: recebem a partir de 17 de março de 2021
  • Nascidos em junho: recebem a partir de 17 de março de 2021.

Para quem trabalha em setor público

  • Final da inscrição 0: recebem a partir de 16 de julho de 2020
  • Final da inscrição 1: recebem a partir de 18 de agosto de 2020
  • Final da inscrição 2: recebem a partir de 15 de setembro de 2020
  • Final da inscrição 3: recebem a partir de 14 de outubro de 2020
  • Final da inscrição 4:recebem a partir de 17 de novembro de 2020
  • Final da inscrição 5: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021
  • Final da inscrição 6 e 7: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021
  • Final da inscrição 8 e 9: recebem a partir de 17 de março de 2021.

Atenção: o prazo final para o saque é 30 de junho de 2021 em todos os casos.

Saiba onde fazer o saque

  • Funcionários de empresa privada, com Cartão Cidadão e senha cadastrada: o saque pode ser feito em caixas eletrônicos da Caixa ou em lotéricas;
  • Não tem o Cartão Cidadão? O saque é feito em uma agência da Caixa, com documento de identificação
  • É correntista individual da Caixa? O abono é depositado diretamente na conta, caso haja saldo acima de R$ 1 e movimentação
  • É servidor público? O saque é feito nas agências do Banco do Brasil, com documento de identificação. Servidores correntistas do banco recebem o dinheiro diretamente na conta. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone do BB: 0800 729 0001.

Veja também: Auxílio de até R$1.200: Saiba quem pode sacar o dinheiro liberado a partir de hoje

Leia Também:

brasil 123  
6 Comentários
  1. Jaqueline Rezende Diz

    Povo ta precisando de dinheiro..muito fácil vocês políticos falarem disso..salário de vocês estão em dia..tenho certeza se reduzir salário de vocês Brasil estava cenário totalmente diferente, porquê fácil empresário que tem condições falar pra ficar em casa, e povo pobre que precisa trabalhar pra se manter no país desse que pura robalheira..Povo só vota mesmo porquê obrigado..ta na hora de rever as coisas..e esse negócio de auxílio que fica em análise por toda vida se pessoa tiver precisando lasco passa fome..ridículo vocês..

  2. Jaqueline Rezende Diz

    Povo ta precisando de dinheiro..muito fácil vocês políticos falarem disso..salário de vocês estão em dia..tenho certeza se reduzir salário de vocês Brasil estava cenário totalmente diferente, porquê fácil empresário que tem condições falar pra ficar em casa, e povo pobre que precisa trabalhar pra se manter no país desse que pura robalheira..Povo só vota mesmo porquê obrigado..ta na hora de rever as coisas..e esse negócio de auxílio que fica em análise por toda vida se pessoa tiver precisando lasco passa fome..ridículo vocês..

  3. Margo Diz

    Não mudou nada…ta o mesmo calendário!!

  4. paulo rogerio spina lucas Diz

    Omo rqço pra não receber mais esse post, ta enchendo o saco

    1. José Ladislau Martins Diz

      Gado!!!!

    2. Jaqueline Rezende Diz

      Povo ta precisando de dinheiro..muito fácil vocês políticos falarem disso..salário de vocês estão em dia..tenho certeza se reduzir salário de vocês Brasil estava cenário totalmente diferente, porquê fácil empresário que tem condições falar pra ficar em casa, e povo pobre que precisa trabalhar pra se manter no país desse que pura robalheira..Povo só vota mesmo porquê obrigado..ta na hora de rever as coisas..e esse negócio de auxílio que fica em análise por toda vida se pessoa tiver precisando lasco passa fome..ridículo vocês..

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?