Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Paraná: Documento falso com protocolo para retorno das aulas circula pelas redes. Secretaria alerta

O material tem deixado pais e responsável de alunos bem confusos

De acordo com a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte do Paraná (SEED), está circulando pela internet um documento falso com protocolos para o retorno das aulas no estado.

Trata-se de um relatório não oficial que contem medidas que não foram determinadas para quando as escolas reabrirem para as aulas presenciais.

O material tem deixado pais e responsável de alunos bem confusos, pois encontram nela diversos critérios que não constam no documento original.

Já o termo original que estabelece as regras verdadeiras para o retorno não expõe alunos, professores e as famílias de modo algum diante do novo coronavírus, segundo a Secretaria. Também não repassa a responsabilidade do envio do aluno à família.

No documento real da secretaria de Educação do Paraná há os seguintes tópicos principais:

I. Orientações Pedagógicas

II. Distanciamento físico

III. Limitação do acesso à instituição de ensino

IV. Eventos públicos

V. Escalonamento de entrada

VI. Intervalo/Recreio e Merenda escolar

VII. Aulas especiais

VIII. Transporte escolar

IX. Bebedouro e garrafa de água

X. Higienização do ambiente e de superfícies

XI. Higienização das mãos e uso do álcool em gel

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

XII. Triagem de temperatura corporal

XIII. Casos de contaminação

XIV. Grupo de risco

A versão correta está no site da SEED e pode ser consultada neste link aqui.

Além do Paraná, estado do Acre prepara protocolo de volta às aulas

A Secretaria de Educação, Cultura e Esporte do Acre (SEE) tenta montar um protocolo para o retorno das aulas presenciais em setembro. Para isso, a pasta divulgou enquetes para ouvir os pais e responsáveis pelos alunos e os professores.

A SEE planeja voltar com as aulas presenciais no dia 8 de setembro, mas destacou que esse retorno depende da evolução dos casos de coronavírus e da reclassificação de fase do estado pelo Pacto Acre Sem Covid.

O pacto avalia a situação das cidades diante da doença por fases. Essas fases são definidas por bandeiras: a vermelha é de emergência e as demais fases do planejamento são: alerta, simbolizada pela cor laranja; atenção, pela cor amarela e cuidado na cor verde.

Todas as regionais do Acre se encontram atualmente na fase de alerta, representada pela cor laranja. Com isso, as cidades retornaram gradativamente com as atividades comerciais e outros serviços não essenciais.

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?