Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Novo saque do FGTS deve ser de R$ 1.045 durante pandemia do coronavírus

O governo continua estudando como será a operação da nova rodada de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O governo continua estudando como será a operação da nova rodada de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O valor pago deverá ser de até R$ 1.045 por contas, sendo elas ativas e inativas.

Cerca de 60 milhões de contas serão abrangidas pela nova medida. Também está prevista a injeção de R$ 35 bilhões na economia. Este valor considera os R$ 21,5 bilhões repassados do Pis/Pasep para reforçar a contabilidade do FGTS. Em setembro de 2019 o governo liberou pagamentos de até um salário mínimo para contas ativas e inativas do FGTS. Porém, mais de R$ 14 bilhões ainda não foram retirados.

A princípio, a medida provisória que libera os saques autorizou o resgate de até R$ 500 nas contas ativas e inativas, com o objetivo de estimular a economia. Logo depois, o texto aprovado pelo Congresso Nacional elevou o valor para R$ 998.

Nova rodada de saques

Segundo os técnicos da equipe econômica, outros cenários também estão sendo avaliados. No entanto, a decisão final da operacionalização e abrangência da assistência será do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Até então não há uma data para o texto integral e detalhado da proposta ser apresentado, mas sabe-se que a nova rodada de saques entrará em vigência através de uma medida provisória.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

A princípio, a previsão era de que a nova rodada fosse autorizada após o fim do pagamento do Fundo do Pis/Pasep, em 30 de junho. Contudo, diante o agravamento da crise da pandemia, a ordem é para que os trabalhadores sejam acelerados. Além disso, a medida integra parte das ações do governo para amenizar os efeitos do novo coronavírus na renda dos trabalhadores, e na economia do país.

Saque-aniversário começou hoje

Segundo dados oficiais da Caixa Econômica Federal (responsável pelos pagamentos), mais de 2 milhões de trabalhadores aderiram à modalidade de aniversário. Mas quem pode participar da nova modalidade de saques do benefício?

Podem aderir ao saque de aniversário os trabalhadores que tiverem quantias no FGTS e desejam realizar saques todos os anos de acordo com o calendário disponível. Mas nem todo mundo tem certeza se quer fazer isso.

Apesar de simples, muitas pessoas ficam com dúvida se devem aderir ou não à modalidade, especialmente, porque desistir dela é um pouco complicado.

Para quem tem dúvida, seria bom acessar o site da Caixa e simular o quanto receberia caso pudesse sacar hoje mesmo o dinheiro através do saque aniversário.  Confira agora algumas perguntas e respostas que podem te ajudar a decidir:

Confira abaixo o calendário de saques de aniversário:

  • Nascidos em janeiro e fevereiro – saques de abril a junho de 2020;
  • Nascidos em março e abril – saques de maio a julho de 2020;
  • Nascidos em maio e junho – saques de junho a agosto de 2020;
  • Nascidos em julho – saques de julho a setembro de 2020;
  • Nascidos em agostos – saques de agosto a outubro de 2020;
  • Nascidos em setembro – saques de setembro a novembro de 2020;
  • Nascidos em outubro – saques de outubro a dezembro de 2020;
  • Nascidos em novembro – saques de novembro de 2020 a janeiro de 2021;
  • Nascidos em dezembro – saques dezembro de 2020 a fevereiro de 2021.

Tendo início em abril de 2020, o cronograma de liberação do dinheiro sucede o fim do prazo de retiradas do saque imediato, com término no dia 31 de março.

Segundo o governo, o cidadão poderá sacar uma parcela de 5% a 50% do que tem na conta do FGTS, mais um valor fixo todo ano, a depender do saldo. Veja abaixo:

Limites das faixas de saldoAlíquotaParcela adicional
até R$50050%
de R$500,01 até R$1.00040%R$50
de R$1.000,01 até R$5.00030%R$150
de R$5.000,01 até R$10.00020%R$650
de R$10.000,01 até R$15.00015%R$1.150
de R$15.000,01 até R$20.00010%R$1.900
acima de R$20.000,015%R$2.900

 

Por exemplo, se um trabalhador tem R$ 1.450 em todas as contas de FGTS, será possível retirar 30% do total, mais uma parcela de R$ 150. Ou seja, o saque será de R$ 585.

Através do site oficial da Caixa e pelo aplicativo do FGTS (disponível na App Store, Google Play ou Windows Store) é possível simular o valor que receberia e aderir ao saque-aniversário. A consulta pode ser feita após fazer um cadastro e criar uma senha.

De acordo com informações do governo, o trabalhador pode optar por receber as parcelas por ano diretamente em uma conta de sua titularidade na Caixa ou em outra instituição.

Veja também: Saque PIS/Pasep 2020 entra na reta final; Saiba como receber até R$ 1.045

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?