Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio de R$600: Senado autoriza pagamentos por 3 meses aos trabalhadores

O projeto foi aprovado na Casa por 79 votos a zero. Os pagamentos serão realizados por três meses, com possibilidade de prorrogação. Texto segue para sanção

Nesta segunda-feira, 30 de março, o Senado Federal aprovou, através de sessão virtual, o projeto que prevê o repasse de nada menos que R$600 mensais aos trabalhadores informais. O projeto, aprovado na Casa por 79 votos a zero, foi motivado por conta da pandemia do novo coronavírus. Os pagamentos serão realizados por três meses, com possibilidade de prorrogação.

A proposta foi aprovada pela Câmara dos Deputados na semana passada. Agora, o texto segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro. A proposta garante até R$ 1.200 por família no prazo de três meses durante a crise do coronavírus, já que a quantia será limitada a duas pessoas da mesma família.

O projeto do governo federal previa, inicialmente, o valor de R$200 mensais. Antes da proposta chegar ao Congresso, o presidente Bolsonaro resolveu alterar o valor para R$600. De acordo com o presidente, o aumento foi negociado com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e com o deputado Vitor Hugo (PSL-GO), líder do governo na Câmara, onde o projeto é analisado.

“Conversei com o Paulo Guedes, o major (Vitor Hugo) também conversou, e o Paulo Guedes resolveu triplicar esse valor. A gente sabe que R$ 200 é pouco, R$ 600 dá uma ajuda pra quem perdeu o emprego, né… Os informais que perderam sua atividade. Então, dei o sinal verde”, disse Bolsonaro, durante live nas redes sociais.

Sobre o auxílio “coronavoucher”

De acordo com o texto, a trabalhadora informal que for mãe e chefe de família vai ter direito a duas cotas do auxílio emergencial, ou seja, vai receber R$1.200 mensais, durante três meses.

A proposta conta com uma série de requisitos para que o autônomo tenha direito ao auxílio, apelidado por alguns parlamentares de “coronavoucher”. Segundo a Instituição Fiscal Independente (IFI), ligada ao Senado, o auxílio emergencial vai custar R$59,8 bilhões aos cofres públicos.

O relator da proposta no Senado, Alessandro Vieira (do Partido Cidadania-SE), propôs algumas mudanças no texto do projeto que não forçam o reenvio do texto para a Câmara dos Deputados.

Uma das mudanças sugeridas por Vieira prevê que o valor seja pago em três prestações mensais, para garantir que a ajuda seja concedida ainda que haja atraso no cadastro dos beneficiários.

Requisitos

O projeto altera uma lei de 1993, que trata da organização da assistência social no país. De acordo com o texto, durante o período de três meses será concedido auxílio emergencial de R$ 600 ao trabalhador que cumpra, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • seja maior de 18 anos;
  • não tenha emprego formal;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;
  • a renda mensal per capita seja de até meio salário mínimos ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

O auxílio vai ser cortado caso aconteça o descumprimento dos requisitos acima. O texto também deixa claro que o trabalhador deve exercer atividade na condição de:

  • microempreendedor individual (MEI); ou
  • contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe por conta própria; ou
  • trabalhador informal, seja empregado ou autônomo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), até 20 de março de 2020, ou que se encaixe nos critérios de renda familiar mensal mencionados acima.

A proposta estabelece que apenas duas pessoas da mesma família poderão receber cumulativamente o auxílio emergencial e o benefício do Bolsa Família, podendo ser substituído temporariamente o benefício do Bolsa Família pelo auxílio emergencial, caso o valor da ajuda seja mais vantajosa para o beneficiário. A trabalhadora informa, chefe de família, vai receber R$1.200.

Pagamento na Caixa

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

A Caixa Econômica Federal vai lançar uma conta digital com o intuito de agilizar o repasse do auxílio de R$600, que tem o objetivo de ajudar os trabalhadores brasileiros mais vulneráveis a enfrentar as dificuldades que o coronavírus está trazendo.

A operacionalização do pagamento vai alcançar cerca de 24 milhões de pessoas, e a Caixa pretende pagar pelo menos 10 milhões de brasileiros através da tecnologia, com custo operacional menor.

Outro ponto interessante é que as lotéricas poderão ser utilizadas para atender os trabalhadores que podem receber o auxílio e possuem conta tanto na Caixa quanto em qualquer outra instituição financeira.

O lançamento da conta deve acontecer depois da medida emergencial ser aprovada pelo Congresso Nacional.

O “coronavoucher” vai ser disponibilizado aos trabalhadores informais e aqueles que aguardam na fila de espera do INSS para receber o BPC.

Veja também: Após pandemia, FGTS pode ter saques de até R$6 mil daqui a 3 meses

Leia Também:

brasil 123  
57 Comentários
  1. Rosenil aparecida Martins Costa Diz

    Bom dia eu tinha borsa família mas foi bloqueado eu tenho direito eu sou autônomo tenho dos filhos

  2. Vitor kadson Diz

    Como faço pra me cadastrar

  3. Marco Diz

    Oi boa noite. Sou solteiro, 27 anos e moro sozinho. Recebo 1200 ou 600 ???

    1. Camila Diz

      Teoricamente se você cumprir os requisitos, 600 reais.

      1. Joelma Costa Diz

        Quero saber !!! Eu quando surgiu essa pandemia ..eu ia receber a ultima parcela so seguro desemprego dia 25/03
        E ate agora n consegui receber o auxílio emergência.
        So diz q esta em análise …
        E não recebo bolsa -familia a mas de um ano..

        Como devo agir

  4. Josiane Alves Rodrigues Diz

    Olá me chamo Josiane tenho 47 anos a empresa que eu trabalho fechou mais minha carteira continua aberta e estou sem receber salário a cerca de um ano, tenho direito ao benefício?

  5. Patricia Diz

    Ótimas informações! Nesse momento precisamos de ideias e dicas com essa para superar a crise! Parabéns pelo conteúdo!

  6. Marília Diz

    Poderia liberar tbm para mãe E solteiras q não tem ajuda paterna e q recebe só 1 salário mínimo. Seria justo tbm

  7. Fátima Diz

    Não tenho conta em banco e nem tenho bolsa família como faço pra receber

    1. Maria juliana Diz

      Vá na casa lotérica leve seu CPF identidade e explique tudo,que vc ano tem bolça família e nem conta

      1. Simone Diz

        Fiz meu cadastro errado o que faço ??

    2. CLAUDIA REGINA DA SILVA Diz

      O site da caixa para cadastro di auxilio de 600,00 era pra ser lançado hoje e o não moto.Quando será???

  8. Fabiane Diz

    Como faço o cadastro ..qual site ??

    1. Helvia Jatobá Diz

      Eu tenho uma sobrinha que tomo conta ,como faço pra receber 1200.00

    2. Lucivania F. de oliveira de Albuquerque Diz

      Sou chefe de família meu marido é autónomo e agora tá desemprego e sou do cadastro único mais esta bloqueado nos recebemos este auxilio

  9. Renata Aparecida Rocha Diz

    Bom dia sou Renata ,faz mas de um ano meu auxílio doença foi cortado , tive 2 acidentes graves na firma onde trabalhei, pedi pra eles me mandarem embora mas não mandou ,por isso tô sem receber do INSS e da firma como faço pra receber esse auxílio de 600

  10. Maria Aparecida Passarini Diz

    Trabalho informal com artesanato direcionado para estas e eventos não tenho cadastro único e estou ja 30 dias sem nenhum trabalho não sou contribuinte INSS tenho direito a essa ajuda emergencial de 600,00

  11. Carlos Eduardo Hoppe Diz

    Estou desempregado

  12. Jeferson Diz

    Aos BRASILEIROS que dizem que ele é louco e querem a queda do PRESIDENTE JAIR BOLSONARO para que ele saia do GOVERNO não sejam cretinos não vão ao banco pegar os 600 ou 1200 reais que será liberado pelo seu GOVERNO.

    1. José Fernandes de Oliveira Diz

      Não sou cadastro no cadastro único, trabalho como ambulante na rua e tenho MEI, como faço pra receber?

      1. Camila direito Diz

        No portal da caixa.governo. br , vc fará seu cadastro e coloque ser MEU.
        CUIDADO COM SITE , TEM Q SER DO GOVERNO.

  13. Cesar Costa da Silva Diz

    Não sou inscrito em nenhum programa de auxílio do governo e sou autônomo, sou mecânico comissionado, não terei direito a esse auxílio?

    1. Josilene Diz

      Que site faço o cadastro???

    2. Rosimeire Fernandes goncalves Diz

      Trabalho como autônoma não sou registrada quero saber se tenho direito qual site me cadatros

  14. Ivaneide faustino dos santos Diz

    Nunca registrei carteira

  15. Edison mendes Diz

    Trabalho por conta,higienizando sofás,gostaria de saber como faço pra me cadastrar

    1. Thiago Reis Diz

      Sou autônomo tenho direito ao auxílio?

  16. Josy carvalho Diz

    A última vez que trabalhei. De carteira assinada foi em 2015. Agora trabalho como manicure. Quero saber como faço pra receber essa ajuda. Vou precisar. Muito. Sou mãe e pai de família

  17. Márcia Lúcia Romao Diz

    Com o faço pra receber esse auxílio de 1200 reais autorizado pelo governo

  18. Sonia martins Diz

    Olá gostaria de saber meu esposo tem mei como será feito pagamento pra ele?
    Tem conta poupança b.brasil cairá direto na conta é isso?
    Como saberemos as datas Pagamento e onde fazer p o cadastro dele?

    1. Francisco Erivelton silva Amaral assis Diz

      Como fasso para fazer meu cadastro

      1. Simone Diz

        Boa tarde como vou saber que tenho direito a receber este ouxilio pois não tenho carteira assinada trabalho por conta própria

  19. Gleyciane Diz

    Pra mim vai ser muito bom tenho 1 filho e estou grávida não estou empregada e nenhuma ajuda como fazer para cadastra sou mãe sozinha

    1. Erivelton Diz

      Êu preciso desse auxilio porque estou desempregado sou pai de Familia e tenho poblema nos pulmões sinto falta de ar então quero saber se êu tenho direito a esse auxilio

  20. Dinho Diz

    Como fazer esse cadastro o de faço e digital ? Pois o cadastro não tem como fazer por está fechado as repartições publi as ?

  21. José Eduardo de Barros Diz

    Estou desempregado há mais de 4 anos será que tenho direito

  22. Andréia Diz

    Como vou fazer para receber o benefício?

  23. Andréia Diz

    Olá, como faço para receber o bebeficio?

  24. Claudí Jose Viana da silva Diz

    Se eu tenho direito

  25. Nivea santos silva Diz

    Eu trabalho pra mim mesmo em casa mas com essa pandemia no momento não estou vendendo nada tenho direito .

  26. FABIO RODRIGUES DOS SANTOS Diz

    Me chamo Fábio Santos tenho 32 anos e estou desenpregado á mas de 9 anos no momento eu trabalho por conta própria e tenho uma filha de 2 anos com tudo isso que está acontecendo estou parado e gostaria de saber se eu faço parte desse benefício de 600 qual quer coisa só me chamar no meu email [email protected]

    1. Cleverson da Silva Oliveira Diz

      Eu só autonomo e não tenho Mei, como eu faço pra poder reseber esse benefício ?

  27. Marcos de A. Garcia Diz

    Pra mim vai ser ótimo sou motorista aplicativo, moro com minha mãe viúva, esse dinheiro, vai ser benvindo, vou direto para o mercadinho, obrigado,

  28. Luciana Diz

    Será uma boa ajuda ..pra quem esta com as contas tudo atrasada

    1. Viviane Diz

      Eu tenho cadastro único, eu recebia bolsa família, mas já tem um tempo que não recebo mais, como devo proceder

  29. Deysy Diz

    Minha dúvida é só em relação ao CadUnico. Quem não tem, não recebe? Mesmo estando dentro dos padrões com exceção desse.

  30. Fatima Diz

    Boa noite. Quem não está trabalhando, poderá receber esse auxílio?

  31. Dilva sousa santiago Diz

    Eu estou com 2 anos que nao recebo mais o meu bolsa familia eu preciso

  32. Reinaldo Diz

    Corretor de Imóveis, credenciado vai poder receber esse benefício?

    1. Valderi OB Diz

      A pessoa que recebe o bolsa família, como ela pode fazer para suspender temporariamente? E como ela pode fazer para se inscrever para ganhar o auxílio emergencial?

  33. Claudia Rodrigues Diz

    O dinheiro vai cair direto não conta de quem e mei

  34. RITA DE CASSIA VALENTE PINHEIRO Diz

    Boa noite!
    Por gentileza, gostaria de saber se para fazer jus ao auxílio da bolsa de R$ 600,00, tem data limite para ser cadastrado como MEI?Aguardo orientação, assim que possível.
    Agradeço à atenão dispensada.
    Cordialmente, Rita C. V. Pinheiro

    1. Eliana Diz

      Bom dia eu recebo uma pensão da crianças eu tenho direito de ganhar 600 reais

  35. Joseane Diz

    para quem tem bpc loas em analise tem direito

    1. Denise Cristina Santos Diz

      Eu gostaria de recebe eu sou mãe solteira

  36. Joseane Diz

    e para quem tem bpc loas em analise tem direito

  37. Rosana Diz

    Estou desempregada

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?