Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

MCTI: financiamento para a CPLP e o Acordo de Paris

O financiamento para os países que integram a CPLP será decisivo para implementar o Acordo de Paris. Saiba mais informações do MCTI!

O financiamento para os países que integram a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) será decisivo para implementar o Acordo de Paris. Saiba mais informações do MCTI!

MCTI: financiamento para a CPLP e o Acordo de Paris

Conforme destaca o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) através de recente divulgação oficial, os representantes da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) reuniram-se em Cabo Verde para debater, entre outros assuntos, alternativas que viabilizem a transição para o novo marco de transparência, a instância deve criar um Observatório do Clima.

Observatório do Clima

Segundo informações do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), representantes das nações que integram a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) reuniram-se de 11 a 14 de julho em Praia, capital de Cabo Verde, para o Terceiro Seminário Presencial do Núcleo Lusófono da Parceria sobre Transparência no Acordo de Paris (PATPA).  

PATPA

A reunião propiciou o compartilhamento de impressões sobre o relato e a revisão do relatório de adaptação, perdas e danos, apoio mobilizado e recebido, Artigo 6 do Acordo de Paris, pagamento por resultados como REDD+, e demais desafios no processo de elaboração dos inventários de gases de efeito estufa (GEE), de acordo com recente divulgação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

De acordo com a plataforma oficial, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento representaram o Brasil. Também participaram Guiné Equatorial, Guiné Bissau, Timor Leste, Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Portugal.

BURs e BRs

Segundo informa o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), os representantes do Brasil e de Portugal fizeram um balanço das lições aprendidas sobre os processos de análise internacional dos Relatórios Bienais (BURs e BRs) e das Comunicações Nacionais à Convenção do Clima. 

Análise minuciosa dos relatórios apresentados

Em decorrência das análises dos relatórios submetidos, apresentaram reflexões sobre os processos pelos quais passaram, as principais questões apresentadas pelos revisores, procedimentos e melhorias realizadas a partir de cada relatório analisado e das recomendações recebidas, destaca o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

Iniciativas sustentáveis 

A coordenação da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) explanou sobre algumas iniciativas em curso dentro dessa instância internacional. Entre elas a futura criação de um Observatório do Clima. 

Novos indicadores sugeridos

Os representantes do Núcleo Lusófono se posicionaram no sentido de poderem analisar criticamente e contribuir com o processo de validação dos indicadores a serem internalizados no respectivo Observatório.

De acordo com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), busca-se alinhar posicionamento por parte do grupo para alcançar benefícios tanto em adaptação como mitigação.

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.